PlayList Spotify - Para ler Livros "Descolados"

Oi gente, estou sempre procurando playlists no Spotify para combinar com alguns livros, e acabo encontrando coisas bem legais, queria dividir com vocês essa para ler livros "descolados" hahaha. Tem músicas bem legais, vem conferir!


Li no Kindle #2

Olá gente, tudo bom? Antes de ressurgir das cinzas, quero avisar a todos que ainda estão acompanhando as coisas por aqui. Estou tentando aos poucos escrever algumas coisas aqui. Então nada como escrever um pouquinho sobre algum conto que li no Kindle. Vamos conferir?

Vamos falar de um conto bem pequeno, de dez páginas... Chamado: Um chamado do Inferno - Lendas de Baldúria  do André Gordirro.

Zenibar, uma pérola negra em um mar escuro. Nas entranhas da Cordilheira dos Vizeus, a cidade dos svaltares — os elfos das profundezas — ocupava uma caverna colossal, uma mancha praticamente invisível no breu, que era rompido apenas ocasionalmente pela luz bruxuleante de braseiros e incensos, acesos por motivos místicos. Proteções, rituais, pactos — os svaltares invocavam poderes sobrenaturais para quase tudo no cotidiano de sua sociedade subterrânea. Mas o objetivo que levava Vragnar a entrar em sua câmara de conjuração não era nada mundano, como causar a morte de um desafeto ou reforçar a barreira mística de seus aposentos. Ele desejava entrar em contato com um demônio de outra dimensão.”
Um demônio em busca de vingança. Svaltares querendo conquistar o mundo. Neste spin-off de Os portões do inferno, conheça o lado mais perverso e temido dos seres que habitam Zândia e anseiam pelas trevas eternas. O nascimento da conspiração que fez surgir seis improváveis herois, os protagonistas das Lendas de Baldúria.

Há um tempo atrás esse "conto" foi disponibilizado gratuitamente pela Amazon, Faça o download aqui. (Lembrando que não sei se ainda estará grátis quando você visualizar este post).
Como eu estava dizendo, o conto se passa em um mesmo universo que o novo livro do autor, acredito que não passa de um marketing para atrair leitores para seu livro, como um prólogo. Apesar de ter bastante potencial, foi pouco desenvolvido (acredito que pelo motivo acima). E não chegou a me fazer ficar interessada em ler o livro em si. Mas se a sinopse te deixou curioso, recomendo que você baixe e leia as dez páginas, tire suas próprias conclusões e quem sabe não adquira o livro? Ou ler esse "conto" antes do livro te faça perder o interesse. De qualquer forma é uma dica de leitura rápida. 

CINQUENTA TONS DE CINZA!


POLEMICA, POLEMICA!!
Vamos falar de Cinquenta Tons de Cinza - De novo!!



Bom, primeiramente eu ainda não assisti o filme, vim aqui apenas comentar sobre os comentários que estão rolando em toda a internet a cerca do tal. - Ah Kéziah, por que tu não assistiu ainda? Bom, acho que todo mundo sabe que eu não gostei do livro, e não tenho pretensão de gastar meu rico dinheirinho no cinema para assistir um filme que provavelmente irei detestar. Mas ok! Isso é história pra outra hora.
Segundamente, eu quero que vocês saibam que o que irei falar agora é a MINHA opinião, ou seja, respeitem. Todos são livres para gostar e desgostar do que bem entenderem.

Bom, estava eu assistindo The Noite quando um comentário de uma senhorazinha me chamou bastante atenção, ao ser questionada sobre o que havia achado do filme, ela respondeu curta e grossa: "Este povo não sabe f*der." Outra pergunta lhe foi feita: "- Você leria este livro?" Ela respondeu ainda curta e grossa: "Só se fosse para meu neto dormir." HAHAHAHAHAHAHA *Gargalhadas eternas* Não consigo achar o vídeo pra mostrar pra vocês, mas todos precisavam ver isso.

Voltando, ouvi MUITA gente que é fã do livro dizer que não gostou do filme, pois faltou química entre os protagonistas, parei para pensar e lembrei que os protagonistas são Dakota e Jamie (Desculpa ae se você acha que os dois combinam), mas na minha humilde opinião eles dois formam o casal mais sem graça do século, talvez por esse motivo o filme ficou ruim (ou talvez seja porque a história é ruim.).

Outras pessoas mais polêmicas, ousaram falar que o livro e o filme não passam de apologia a violência contra a mulher, o que vocês acham a respeito disso? E mais, pergunto a vocês... Se tirar o terno e o dinheiro do Grey, o que sobra? Um maniaco, doente e sadomasoquista? Talvez o sucesso que ele teve, e a aceitação com a mulherada não seja apenas por causa do seu status "sou foda"? E tem mais, alguns amigos me disseram que o filme não vale o ingresso...

Quero saber a opinião de vocês, principalmente daqueles que já assistiram o filme, o que vocês acharam? Gostaram? 

Resenha: Manual do Mundo - Alfredo Luis Mateus e Iberê Thenório


Oie gente, tudo bom? Nossa!!! Depois de quase SEIS meses sem dar as caras, eu apareci \o/ estava com mil problemas que me fizeram não ter realmente condições de atualizar o blog. Mas desistir pra sempre? JAMAIS! Vamos seguindo, e para voltar com tudo eu já estou lançando a resenha desse super livro. Vamos conferir?
"Manual do Mundo - Diversão + educação. Essa foi a fórmula que o jornalista Iberê Thenório usou para criar um dos maiores canais de educação do YouTube. Com mais de 2 milhões de inscritos e 300 milhões de visualizações, o Manual do Mundo é uma série de mais de 600 vídeos que ensinam de tudo: desde dobrar uma camiseta em dois segundos até fazer um barco caseiro de papelão que leva quatro pessoas."

50 experimentos para fazer em casa.

É isso ai galera, no livro vamos conferir 50 incríveis experimentos para testarmos nosso lado "químico-físico"(?) em casa. E pra quem não sabe, esse livro foi baseado em um canal do youtube super famoso, que carrega o mesmo nome: Manual do Mundo - fundado pelo nosso querido e talentosíssimo Iberê. Lá no canal você encontra: Pegadinhas, mágicas, experimentos, brincadeiras e muito mais. O legal é que o Iberê posta BASTANTE coisa, as vezes, chega a ter três vídeos por semana, e só coisa boa, viu? Quem ainda não conhece e ficou curioso, dá uma passadinha e já se inscreve, vale muito a pena. Manual do Mundo. <<

Dá uma olhadinha no vídeo onde o Iberê ensina a fazer uma sacola ecológica a partir daquela sua blusa velha que está guardada no guarda-roupa. Imagina o bem que você não vai fazer ao meio ambiente ao usar essa sacolinha?


Voltando ao livro. Manual do Mundo é o tipico livro que envolve diversão com educação, pois além de te ensinar a fazer os experimentos, o Iberê ainda te explica o motivo de tal reação. Cheguei a fazer algumas em casa (As mais simples) e me amarrei, queria gravar um vídeo mostrando pra vocês, mas acabou que nem deu... (Quem sabe ainda saia?). Como o livro não está comigo, pode demorar um pouquinho para acontecer. Mas vamos esperar.

Visualmente o livro está de babar, tem bastante ilustrações e bastante explicações, o que faz com que você consiga entender certinho tudo que é proposto. São 240 páginas de pura diversão, é um ótimo presente para todas as idades.

Sou suspeita para falar, mas se você é do tipo que gosta de coisas diferentes, e se amarrava nas aulas de ciência em que tinha que  botar a mão na massa e fazer várias experiencias, então este é o livro perfeito pra você!!

Resenha: Nosferatu - Joe Hill




  • Editora: Arqueiro
  • Páginas: 624
  • Nota: 
  • SKOOB

Victoria McQueen tem um misterioso dom: por meio de uma ponte no bosque perto de sua casa, ela consegue chegar de bicicleta a qualquer lugar no mundo e encontrar coisas perdidas. Vic mantém segredo sobre essa sua estranha capacidade, pois sabe que ninguém acreditaria. Ela própria não entende muito bem.

Charles Talent Manx também tem um dom especial. Seu Rolls-Royce lhe permite levar crianças para passear por vias ocultas que conduzem a um tenebroso parque de diversões: a Terra do Natal. A viagem pela autoestrada da perversa imaginação de Charlie transforma seus preciosos passageiros, deixando-os tão aterrorizantes quanto seu aparente benfeitor.

E chega então o dia em que Vic sai atrás de encrenca... e acaba encontrando Charlie.

Mas isso faz muito tempo e Vic, a única criança que já conseguiu escapar, agora é uma adulta que tenta desesperadamente esquecer o que passou. Porém, Charlie Manx só vai descansar quando tiver conseguido se vingar. E ele está atrás de algo muito especial para Vic.

Perturbador, fascinante e repleto de reviravoltas carregadas de emoção, a obra-prima fantasmagórica e cruelmente brincalhona de Hill é uma viagem alucinante ao mundo do terror.

Conheço muita gente que detestou esse livro, e aposto que você que está ai lendo e também não gostou deve estar se perguntando o que eu tenho na cabeça por ter dado CINCO estrelas ao livro. Bom, vamos aos fatos...

Primeiro: Eu amo a narrativa do Joe Hill, o conheci a bastante tempo atrás e simplesmente me viciei, não consigo ler um livro dele e não gostar. Existem aqueles que mais me agradam e os que pior agradam, mas nenhum deles chegou a se tornar “ruim pra mim”.

Levando em consideração que eu adoro sua narrativa, temos também o fato do terror/suspense sempre presente nos seus livros, e, diga-se de passagem, é um dos meus gêneros favoritos.

Não vamos nem mencionar o fato dele ser filho do meu grande amor, minha eterna paixão.

Ok, vamos agora falar da história, quem sabe assim vocês comecem a entender um pouco do meu amor pelo livro – e quiçá o meu amor pelo autor.

O que me deixou super feliz ao ler o livro, foram as citações e referencias contidas, Charles cita Craddock McDermott de "A Estrada da Noite" – quem já leu o livro vai adorar ler essa parte – fala também de Pennywise, de “It a coisa” – Ok, é uma referencia ao livro do seu pai, Stephen King, mas de qualquer forma é magnifico ler essas coisas, é como se diversos livros se conectassem, o que torna tudo muito mais real. Além dessas temos também referencias de a Chave de Lovecraft de "Locke and Key" entre outras diversas. Pense em um livro cheio de pequenas coisas que se unem a outras coisas maiores (oi?) É aquele tipo de livro que a mínima palavra pode significar tudo.

O livro conta a história de Victoria McQueen, que ainda criança descobriu que possuía um dom muito especial e bastante misterioso. Com o tal dom, Victoria consegue adentrar a lugares reais e imaginários (?). este dom pode ser encarado como algo bom, imagine você poder transitar entre aquilo que é real e aquilo que é imaginário, um pouco confuso talvez. 

Temos outro incrível personagem que também pode transitar entre duas realidades paralelas: Charles Manx, dono de um Rolls Royce Wraith 1938 (com a placa NOS4A2 - "Nosferatu" Inclusive isso é mais uma das referencias subliminares que o livro contém). Charles é um pouco mais peculiar, e sua grande obsessão pelo Natal, me deixou um pouco assustada. Charles criou um mundo paralelo onde é SEMPRE natal. Acontece que este mundo natalino tem um lado sombrio e extremo. O mundo que Charles criou evoluiu uma espécie de força maligna que sequestra crianças para sua “terra do nunca”, onde o natal nunca acaba. Todo bem tem o seu lado mal.

Existem diversas passagens extremamente medonhas, principalmente envolvendo as tais crianças.

Chegou aquele momento que você está se perguntando qual a ligação – além de ambos terem o mesmo “dom – entre Charles e Victoria? Bom, após Victoria entrar na fase adulta, eis que nosso querido e antigo amigo Charles resolve fazer uma visita, um tanto quanto inesperada. Charles volta em busca do filho de Victoria, como forma de vingança, pois a mesma foi a única criança que conseguiu sobreviver ao mundo assustadoramente “FELIZ” de Charles. Como explicar que seu filho foi raptado por um homem e levado a uma outra dimensão? Ai que encontra-se o ponto alvo do livro. O que Victoria vai fazer para resgatar seu filho, se é... Ainda há esperanças?

Fiquei completamente apaixonada pelos personagens, cada um com sua peculiaridade, encantador. Posso dizer que no quesito “enredo, narrativa e etc” o Joe se superou EXTREMAMENTE se formos comparar com seus outros livros, pode-se dizer que o filho do mestre está começando a acertar e demonstrar que a literatura de qualidade está no sangue. 

Voltei.

Oi gente, estou passando para avisar que eu ainda estou viva, que tive alguns problemas com saúde, internet, mudança, tempo... E acabei deixando aqui um pouco de lado. Mas aos poucos as coisas vão normalizando. Em breve trago novidades interessantes pra vocês. Quem sabe um sorteiio? hahah'

Harry Potter na meia-idade.

Olá gente, tudo bom? Que tal saber um pouco sobre o Harry na meia-idade, será que J.K ousaria escrever algum desses livros? Bom, por via das dúvidas a Some e-cards nos contemplou com essas capas divertidíssimas - um pouco bizarras - de Harry Potter. 

Tutorial: Adicionando seta para o TOPO da página.


Oi gente, tem MUITO tempo mesmo que eu não escrevo aqui com aqueles tutoriais mega básicos que eu fazia antes, tem alguns motivos: Eu não tinha o que ensinar, pois não tinha nada novo, além disso fazer tutoriais é bastante trabalhoso, pois tenho que testar em um blog de teste se os códigos estão ok, e etc. Não queremos problemas nos seus lays. Enfim, esse é um post que não vem ao ar sempre, mas sim quando tenho algo legal pra mostrar. Pra quem quiser dar uma olhadinha dos outros que já postei, é só clicar na aba "Tutoriais". O de hoje é com algo bem simples e que facilita MUITO a vida dos nossos leitores, que a famosa seta que basta um clique e ela volta pro topo da página. Vamos tentar?

Lembrando que você deve fazer um backup do seu template antes de começar a modificar o html, apenas por precaução. Para aqueles que não tem ideia de como fazer um backup, basta acessar a aba Modelo e bem no canto superior tem uma caixa escrito fazer backup/restaurar. Basta clicar e fazer download desse modelo completo.

Feito isso, vá em Modelo > Editar HTML > Expandir modelos de widgets, clique em CTRL+F e pesquise por 

(Sem o *). Após encontrar você vai copiar o código abaixo e colar antes de  .



Neste código tem uma parte que diz "URL da imagem da seta". Para funcionar você precisa colar ai o url da imagem da seta escolhida. Essa seta pode ser criada por você, ou você pode escolher alguma dessas aqui.

Visualize, se estiver tudo certo é só salvar. 

Parece dificil? Eu sei que esses códigos e nomes complicados nos deixam um pouco assustados, mas basta prestar um pouco de atenção pra ver que é tudo bem simples. Boa sorte! Qualquer dúvida deixem nos comentários ou enviem um e-mail pra keziahraiol@hotmail.com.

Li no Kindle #1

Oi gente, resolvi criar essa "coluna" sem dia certo para vir ao ar, é que eu costumo ler bastante contos no Kindle e fica por isso mesmo, não comento com ninguém e etc. E acontece que alguns deles são realmente bons, e merecem ser lidos por mais gente. Então, não vou fazer resenha nem nada disso, é um breve comentário - às vezes nem tão breve - ou simplesmente passo pra dizer que estou lendo e gostando. Vamos a dica de hoje?

Tem um tempinho que li esse conto - nem tão pequeno assim - e eu adorei. Primeiro que sou suspeita pra falar, pois eu adoro a Vanessa, então sou bem acostumada com sua narrativa, que diga-se de passagem tem evoluído muito.
Se seu vizinho lindo de morrer batesse em sua porta pedindo um copo de açúcar, o que faria? Abra a porta, e descubra o que Flora fez..." Um conto pra lá de açucarado... Um conto docemente sedutor!
Atualmente vocês podem adquiri-lo por R$:2,99 no site da Amazon. É ótimo para relaxar e passar o tempo. Para maiores de 18, ok? Sosseguem.   

Resenha: O Guerreiro Pagão - Bernard Cornwell


  • Editora: Grupo Editorial Record
  • Nota: 
  • Skoob

Após um incidente envolvendo um abade, Uhtred, um dos últimos senhores pagãos entre os saxões, se vê atacado pela Igreja e por seus seguidores. Sem suas terras e com poucos homens, tudo que lhe resta é colocar um ousado plano em prática: recuperar Bebbanburg, a fortaleza onde cresceu e que foi tomada por seu tio. Porém, o que Uhtred não sabe é que sua missão pessoal vai colocá-lo num ardil capaz de reacender o confronto entre saxões e dinamarqueses, que pode selar de uma vez por toda o destino da Britânia e de sua rivalidade com Cnut...




Vida longa ao Uhtred \o/

(Pode - vai - conter spoilers dos livros anteriores)

Leia por sua conta e risco.


Para os fãs de Bernard uma boa noticia: Uhtred está de volta. E com muito mais vigor do que antes. Quem ai estava esperando que esse livro fosse mais suave, já que o rei havia falecido no livro anterior, livrando então Uhtred da carga incansável de protegê-lo, está muito enganado.

Augusto Cury já dizia: “Viver sem problemas é impossível. O sofrimento nos constrói ou nos destrói.” – lá vem mais frases. Acontece que, apesar de Uhtred não ter mais problemas relacionados à proteção do rei, os problemas vem por outro lado. Com a própria sinopse diz, Uhtred tem um desentendimento enorme com a igreja, e devido isso ele precisa largar seu lugar e partir a procura de algo melhor.

E quando Uhtred se vê sem nada, ele resolve recuperar seu lar, Bebbanburg. Lar que foi roubado pelo seu tio Aelfric há muitos anos atrás. 

Vamos recapitular um pouco da história para que você não fique tão perdido: Bebbanburg é uma terra a qual ninguém jamais conseguiu toma-la, o grande clímax das batalhas começou quando os dinamarqueses chegaram a Bebbanburg e acabaram assassinando o irmão de Uhtred. E vai e vem, batalhas vem e vão, quem acaba morrendo é o pai de Uhtred, e o mesmo é raptado por Ragnar, um poderosíssimo dinamarquês, que acaba criando Uhtred com os seus filhos... Sem “herdeiros” para comandar Bebbanburg, quem acaba ficando com tudo é Aelfric, o seu ganancioso tio. Mesmo crescendo como um dinamarquês, e sendo apresentado ao cristianismo, Uhtred sempre se identificou mais com o paganismo, politeísmo. – não adorando um único Deus, etc – a crença mais paganista era usada antigamente, e o cristianismo é algo mais atual também entre os saxões. Não é a toa a tal briga com a igreja, que pregava um cristianismo mega rígido.

Saxões e Dinamarqueses tem uma grande rixa, e está é posta a prova novamente, devido a vontade de Uhtred em recuperar seu lar. Sabe aquele tipo de livro, que qualquer acontecimento age como uma bola de neve que vem derrubando tudo pela frente? É exatamente assim, cada atitude tomada por nosso protagonista desencadeia uma serie de acontecimentos FABULOSOS, que nos deixam de cara no chão, malucos, querendo a próxima página.

O que posso dizer? Bernard é o máximo, é completamente talentoso, o livro te leva pra uma dimensão completamente diferente, você mergulha no sangue, sente o gosto das batalhas e anseia por mais. Uma lenda, uma obra de arte... Bernard nos brinda com um final tão bem construído, tão minunciosamente criado, que é impossível você não amar, e agradecer aos céus por ter tido a oportunidade de ler algo tão bem escrito como isso. O tipico que livro que queremos muito saber como termina, mas não queremos que termine nunca.

Se você ainda não começou a série, por favor, faça!




Sobre Séries: RuPaul's Drag Race

Oi gente, hoje eu vim falar sobre algo que estou viciada. Quem aqui conhece RuPaul's Drag Race? Então, quem não conhece, trata-se de uma especie de reality show de uma competição entre drag queens. Quer coisa mais glamourosa que isso? Além de muito glamour temos também os típicos barracos que só as drag's divas conseguem fazer. Parece fútil? Ok, mas durante o reality conhecemos cada drag, suas histórias, suas lutas, seus sonhos... O que torna tudo mais especial.

O show é apresentado pela DIVA MASTER RuPaul.


As drags passam por diversas provas para conquistar o prêmio máximo - cada temporada um prêmio novo - Juro que estou louca para citar uma das lindas vencedoras, mas isso seria um spoiler danado. Com essa série aprendemos tanto sobre a vida que elas levam, e é maravilhoso pegar as fabulosas dicas de maquiagem. hahaha.


Dá uma olhada nas competidoras, é realmente muito difcil escolher uma, o engraçado é que durante as temporadas eu me pegava reclamando com a TV, odiando umas drags e amando outras. É uma série bem excêntrica, mas igualmente fabulosa. RuPaul tem alguns bordões que usa durante os episódios, e você se pega repetindo com ela, o mais famoso - o que ela fala constantemente é: Don't fuck it up - Não estrague tudo. E eu adotei pra vida essa frase. E tem também a inconfundível: Lip sync for your life - duble pela sua vida. Todo final de episódio, as duas que estão na reta de eliminação tem que dublar para tentar convencer a RuPaul a ficar. Vou colocar aqui algumas das melhores dublagens pela vida (Assista apenas se quiser, pois pode conter spoilers). Quem quiser assistir aproveita e dá uma olhada no naipe das drags.


E quem tiver interesse pode assistir a série pelo NetFlix. Ou em qualquer outro lugar  hahaha.
Fonte: http://princesa-descolada-myla.blogspot.com/2013/03/paginacao-numerada.html#ixzz2j39CpByO