Nova Parceria.

Boa tarde leitores, tudo bom?
É com muito orgulho que venho anunciar para vocês a nossa mais nova parceria, com a querida autora Shirlei Tonini, vamos saber um pouco mais da autora e dos seu livro?




Sou casada, mãe de dois filhos e tenho 38 anos de idade. Estudante universitária de Literatura e Teologia. Trabalhei por cinco anos na área da enfermagem, mas hoje não exerço mais a profissão. Dedico-me ao meu livro: Nuvem Negra e na sequência que desenvolvo com mais seis obras. Também estou trabalhando numa série de diários, que contam experiências fictícias de jovens e adolescentes e em dois contos que se passam em 1800 com autoras heterônomas. Possuo projetos também de outra sequência, chamada Desequilibrados, que conta as aventuras de uma psiquiatra forense, afastada de Deus e que aos poucos descobre como o ser humano pode se tornar mal longe do criador. Ao todo tenho 30 prólogos e ideias de livros para serem terminados. Mas no momento estou me dedicando mais a sequencia da série Nuvem Negra, o queridinho da vez. Espero que se divirtam.











"Os pesadelos duram pra sempre quando tentamos viver um amor infernalmente 
impossível" 
- Shirlei Di Tonini

Anne não conseguia encontrar sentido para a vida sem graça, que ainda suportava levar na cidadezinha de Blackville. Pesadelos de morte a atormentavam todas as noites. Sua família era seu único refúgio. Até ela se apaixonar pelo rapaz mais lindo do lugar... Mas quando confiamos plenamente nas pessoas e nos decepcionamos, voltamos novamente para o fundo do poço. Anne descobre segredos sórdidos sobre parte da população da cidade. Inclusive sobre seus pais cristãos e seu único amor, Franco.

Satanistas tem o objetivo de destruir a igreja local, recrutando jovens cristãos para uma seita secreta obscura.

Entre descobrir que seus pesadelos são na verdade, um dom dado por Deus e ter contato com criaturas sobrenaturais do céu e do inferno, Anne busca cumprir uma missão. A missão da sua vida. O sentido que procurava. Desmascarar os satanistas. Livrar os jovens da cidade de serem tragados pra dentro daquela seita. E a mais importante das missões: Salvar a si mesma. Descobrindo os segredos que contêm em sua infância.

Anjos. Demônios. Mortes. Tragédias. Paixão. Amor. Mistérios. E muitos outros segredos ainda... Terão que serem revelados.



Resumo da história: 

A autora conta a história de uma garota de dezesseis anos que detesta frequentar a igreja em que seus pais são missionários. Ela é atormentada por pesadelos de morte todas as noites. Vive uma vida de solidão interna entre crises de depressão, seguidas de desejos de suicídio. Tudo parece ganhar um sentido novo quando um rapaz belíssimo, seu antigo amor platônico de infância, parece se interessar por ela. Anne se agarra a ele, como uma tábua de salvação, para salvá-la de sua vida medíocre. Ela ganha novo ânimo e deseja viver de verdade. Só que a aproximação do rapaz, não passa de um plano arquitetado há muitos anos atrás. Ele tem a missão de induzi-la a fazer parte de uma seita de satanistas que se infiltraram em Blackville. Só que em meio a cumprir sua missão, Franco acaba se apaixonando por Anne. Daí em diante começa uma batalha espiritual entre anjos e demônios para separar o casal e tomar posse da alma de Anne. Mortes. Assassinatos. Demônios. E muitos segredos ainda serão revelados.

Para deixa-los com mais vontade de ler o livro, vou colocar aqui um pedaço do primeiro capitulo. 

Perfeição

... Sua perfeição beirava o irreal, era demasiada para o meu lento coração...

Debaixo de uma nuvem de desespero. Dentro de um poço fundo. Onde tudo era sujo e imundo me encontrava. As roupas úmidas e manchadas de terra apegavam-se irritantemente ao meu corpo. Chorava irradiando uma compulsão muito dolorosa. Por vezes tentava sair daquele lugar. Porém não havia escadas, nenhum apoio para que me ajudasse a escapar. Agachei-me, enfiei minha cabeça entre os joelhos e me abracei forte. Sentia muito frio e uma solidão nauseante. Por vezes levantava um pouco a cabeça, tentando me acalmar. Procurando uma posição para respirar melhor. Sorvia o cheiro da terra molhada pelo sereno da noite passada. Acolhedor. Lembrei-me da minha família. Teria que ser forte por eles. Saudades... De um tempo... Saudades... De momentos. Mirei o céu, observava a lua, um breve luar se afiguraria na chegada daquela noite. Porém sua beleza foi ofuscada de uma só vez, por sua sinistra parceira, uma sombra estranha e obscura. O dia se tornou noite. A pequenina luz tornou-se densas trevas. Uma massa negra, espessa e

sombria tomou toda a extensão do firmamento. Observava terríveis pingos de chuva, arderem no meu rosto, anunciando uma tempestade de proporções gigantescas. Desesperei-me. E a água da torrente, se misturou às minhas lágrimas na primeira tentativa em despertar...

Não era do meu feitio, mas naquela manhã acordei cedo, por volta das sete horas. O despertador me ajudou na dura tarefa, pois mais uma vez não tinha dormido bem. Mas era raro mesmo ter uma boa noite de sono. Os pesadelos sempre me perseguiram. Desde a minha infância. Mas agora se tornavam cada vez mais constantes e intensos. Forçava-me a não pensar neles. Naquele dia acordara esperançosa e com desejo de encontrar razão para minha vida. Os questionamentos filosóficos, porém atormentavam-me: De onde viemos? Quem nós somos? Pra onde vamos? Não possuía as respostas. Mas obstinada como eu era, as buscaria com certeza. Necessitava fervorosamente ter objetivos, alvos e metas a serem cumpridas. Algo que me fizesse prosseguir, ir adiante, buscar e quem sabe conquistar. É eu sabia. Pensar assim aos dezesseis anos seria muito precoce. Mas “precoce” deveria ser o meu nome do meio.

O lugar onde vivia desde criança ficava no hemisfério norte, numa pequena cidade chamada Vila de Blackville, localizada no centro da Província de New Brunswick, Canadá. Lugar muito aconchegante com apenas 931 habitantes. A cidade considera a capital da pesca do salmão no Miramichi. O clima apesar de quase sempre muito frio, não ofuscava a beleza do local, nem mesmo o jeito hospitaleiro dos habitantes. Pelo contrário, otornava mais atrativo e charmoso. Sempre amei o Rio Miramichi. Repleto de peixes e de calmaria sossegadora. Apesar da água extremamente congelada, ele sempre foi meu refúgio preferido. Gostava de passear a beira do rio, solitária, absorvendo o vento frio rasgando na minha pele...

Chega! Eu ainda não li o livro, mas estou mega ansiosa, logo mais resenha para vocês. 

                     Kéziah Raiol

O Fabuloso Mundo das Capas #1

Olá meus queridos, tudo bom?
Vocês já devem ter visto por inúmeros blogs a coluna chamada ''Capas pelo Mundo''.
Resolvi adaptar a coluna para o meu jeito, o nome da coluna aqui no blog vai ser ''O Fabuloso Mundo das Capas'', irei posta-la quinzenalmente, onde poderei expressar o meu amor pelas capas.
Quem acompanha o blog sabe que eu sou apaixonada por capas, então achei essa coluna fabulosa, porém faltava um pouco de Kéziah nela! hahaha'
Por isso revolvi colocar o nome de O Fabuloso Mundo das Capas, e também irei mostrar capas aleatórias, não necessariamente vão ser capas dos países como a coluna normal. Irei mostrar as várias edições *-*.
E para começar a coluna com o pé direito, as capas que irei mostrar hoje serão do nosso queridíssimo: HARRY POTTER!! (Gritos estéricos)
Chega de blá blá blá, vamos ver as capas?


As nossas lindas, queridas e conhecidas capas:



Encontrei também as capas Espanholas, fofas demais:




Varias outras versões:




São tantas versões que eu fiquei doida ao pesquisar para este post, queria todas para mim, já pensou? Que sonho uma estante todinha de HP.
Eu espero que vocês tenham gostado dessa primeira edição de O Fabuloso Mundo das Capas.
Se alguém tiver um dica de um livro ou uma série para o próximo, deixe seu comentário.
Obrigada! Beijos a todos ;*

Kéziah Raiol


Resenha: Apesar de parecer, ele não está só - Sérgio Chimatti

Editora: Vida & Consciência
Autor: Sérgio Chimatti
Nota: 11111
Após a trágica morte de seus pais, Toninho perde totalmente a fé e passa, a todo tempo, a desafiar o poder divino. Sua vida é repleta de reviravoltas, amores, tragédias, traições, arrependimento e perdão. Com uma profunda lição sobre os caminhos tortuosos do coração até a descoberta do poder da fé, Sérgio Chimatti lança o romance 'Apesar de parecer, ele não está só', ditado pelo espírito Anele e publicado pela Editora Vida & Consciência. Toninho é um homem desiludido, que não mais acredita em Deus. Muda-se do interior para capital, onde se casa com a jovem trabalhadora Nereide. Mas a vida do casal passa a sucumbir ao ciúme e à violência e nem o nascimento de Jéferson, filho do casal, faz com que as coisas melhorem. Toninho, muito mulherengo, busca no relacionamento com Josilene uma fuga para os problemas. Muito pobre e mãe de três filhos, a amante inicia um jogo perigoso e obsessivo pelo amor de Toninho. Certo dia, transtornado pela vida dupla e pelo estresse do trabalho, Toninho acaba se excedendo com Jéferson e provoca um acidente que deixa a criança com sequelas neurológicas. Desolado e com a provação de cuidar de um filho doente, Toninho se livra de Josilene e, arrependido, tenta viver melhor com a família. Mas já é tarde. Nereide, muito doente, acaba desencarnando. Revoltado, Toninho perde qualquer fé que ainda lhe resta. Apesar da ajuda e conselhos de Dona Camila, uma vizinha médium de espírito muito iluminado, ele abandona o pobre Jéferson na porta de uma clínica e volta para o interior. Toninho começa a trabalhar para o temido e vingativo coronel Celestino. Obrigado a fazer vista grossa aos assassinatos ocorridos na fazenda, ele se consagra como funcionário de confiança do coronel e, assim, honrado o suficiente para casar-se com espevitada Graziela, filha do patrão. Mas Toninho acaba se envolvendo com Zilda, mulher do policial no centro da cidadezinha. Sem perceber, Toninho recomeça o mesmo ciclo que lhe acometeu no passado, fazendo com que os espíritos que ele deixou para trás caminhem com ele, interferindo em sua vida tanto para o bem, quanto o mal. Agora, ele terá de superar os desafios que antes lhe fizeram fugir e buscar no poder da fé a força necessária para enfrentá-los.



Como de costume preciso falar da capa do livro, e não tenho o que reclamar desta, como falei no correio literário o trabalho da Editora Vida & Consciência é magnifico, a qualidade da impressão, a beleza da capa, o degrade na orelha, enfim, sou muito fã da estética do livro, claro que o conteúdo é mais importante, porém que atire a primeira pedra quem nunca se apaixonou por uma capa. 



Eu estou com medo de dar spoiler ao escrever esta resenha, pois a história é tão boa que eu queria poder contar todos os detalhes para vocês (Da mesma forma que fiz com a minha mãe, rs). 



Como vocês sabem este é livro de teor espirita que conta a história de Toninho, um homem que após a morte dos pais perdeu toda a esperança na vida, um homem descrente de tudo, ciumento, possessivo e que não mede esforços para conseguir o que deseja, sendo capaz de passar por cima de todos e de tudo. Esse personagem tem atitudes tão chulas no decorrer da história que até me deu nojo da cara dele. 



A história é extremamente emocionante, onde conhecemos a maldade do ser humano e também conhecemos um pouco mais do tão curioso mundo espiritual, que é algo muito presente, porém totalmente desconhecido por alguns de nós. Nós estamos na terra com um único proposito, nos redimir de erros de vidas passadas para podermos seguir em paz, no livro isso fica bem explicado, um prato cheio para quem gosta e tem curiosidade sobre o tema. 



O livro é tão intenso que nem sei formular uma ideia concreta sobre ele e nem expressar as sensações que tive ao lê-lo. É engraçado como a vida dá voltas, e no decorrer do livro quando os personagens iam se cruzando e se interligando pude perceber o quanto o universo é pequeno e conspira para que nosso destino seja traçado. 



Estamos cercados por forças, tanto malignas quando benignas e não sabemos disso, o universo não se resume ao físico, NUNCA estamos sozinhos, dependendo de nossas ações vão existir espíritos bons ou espíritos ruins ao nosso redor, se você cultiva bondade com certeza estará cercado de espíritos de luz, porém se você for como Toninho e só plantar amargura e sofrimento, com certeza estará cercado por espíritos do mal que se alimentam desses sentimentos. 



O final é excepcionalmente triste. Durante toda a leitura eu estava disposta a dar ao livro apenas quatro estrelas, pois não estava contente com as atitudes do personagem! 



Porém, é impossível dar apenas quatro estrelas após ler o final, ele foi tão perfeito, tão real, tão maravilhoso que decide na hora que o livro valia a nota máxima, as cinco estrelas. 



Se você gosta de espiritismo, por favor, leia!

                            Kéziah Raiol

Correio Literário #2

Boa noite meus queridos, tudo bom?
Depois que uma demora considerável, resolvi gravar o segundo vídeo aqui do blog, mostrando os livros que chegaram para mim.
Esse vídeo ficou bem curto, não tinha muita coisa pra mostrar! Mas acho legal gravar videos como forma de aproximação entre nós.
Ok, vamos assistir...


Livros Citados:
  • Apesar de parecer, ele não está só.
  • Guerreiros da Esperança. - Resenha
  • Tudo pode Mudar. - Resenha
  • Cruzando o Caminho do sol.
  • Presentes da vida.

Pessoas Citadas:

Sorteio Citado:



Kéziah Raiol

Resenha: Tudo pode mudar - Jonathan Tropper

Editora: Arqueiro
Autor: Jonathan Tropper
Páginas: 288
Nota: 11111

Zack é o mais velho dos três filhos da família King, despedaçada quando o pai, o excêntrico e irresponsável Norm, sumiu da vida de todos. Durante os anos seguintes, Zack moldou sua personalidade para que jamais se parecesse com ele. Assim, se tornou um homem pacato e conservador. Ele tinha consciência de que se acomodara a uma situação conveniente: morava de favor na casa de um amigo rico, tinha um emprego medíocre mas estável e estava noivo de uma mulher por quem não era apaixonado. Apesar disso, sentia-se relativamente feliz com sua vida. Certo dia, Zack encontra sangue em sua urina e, após realizar alguns exames, passa a suspeitar de que sofre de câncer. Atordoado com a possibilidade da morte iminente e assustado com o casamento que se aproxima, ele começa a questionar suas escolhas e a perceber a fragilidade daquela vida falsamente estruturada. Para complicar ainda mais a situação, sua relação com Tamara – viúva de seu melhor amigo – adquire uma proximidade perigosa. A atração entre os dois é irresistível e, ao mesmo tempo, proibida. Sua confusão emocional atinge o auge quando Norm reaparece, disposto a fazer qualquer loucura para conquistar o perdão da família. Enfrentando tantos problemas ao mesmo tempo, Zack perde o controle de suas emoções pela primeira vez. Ele precisa lidar com a possibilidade de ter uma doença fatal, o medo de magoar Hope, a paixão platônica por Tamara, a sensação de fracasso profissional e os sentimentos conflitantes em relação ao pai e a si mesmo. Com muito humor e sensibilidade, Jonathan Tropper conta uma história de amor, traição, perdão, recomeço e a chance de se criar uma vida nova em meio ao caos.

Primeiramente devo dizer que a capa do livro me encantou completamente. Foi um dos motivos pelo qual solicitei o livro para resenha. Quando comecei a ler não consegui mais parar, este livro te proporciona mil sensações, é um livro sensual, engraçado, emocionante... Faz com que os leitores viagem na vida de Zack.

Bom, Zack é o personagem principal, que tem a vida perfeita, um bom emprego, uma noiva bonita, rica e apaixonada por ele, mora com seu melhor amigo, Jed o milionário que não está nem ai para nada. Até que um dia sua vida toda vira de cabeça para baixo, seu pai que o abandonou quando criança volta, ele descobre que está com suspeita de câncer na bexiga, e para piorar descobre que está apaixonado pela Tamara, viúva de seu melhor amigo Rael.

Com o casamento marcado Zack passa por muitas aventuras, biopsias, exames, e muita apreensão para descobrir realmente se ele está com câncer.

Confesso que não gostei nadinha de algumas atitudes do Zack, principalmente quando o assunto era Hope sua noiva.  Zack mostra-se muito confuso e indeciso com relação aos seus sentimentos, o que me dava uma raiva dele. Mas o humor sarcástico que prevalece no livro me ganhou.

Tem muitas cenas engraçadas, principalmente aquelas que envolviam o seu pai, Norm. Pensem em um velho tarado e maluco, viciado em viagra. Esse vício de Norm incomodava muito Zack, e fora o fato de que ele tem uma grande magoa por ter sido abandonado.

Zack tem dois irmãos, Matt e Pete. Pete nasceu com uma debilidade mental, porém ele demostrar ser um homem normal na sua medida, muito inteligente e metido a galanteador. Zack, também se envolve em alguns problemas para ajudar o irmão.

Ah e eu não posso esquecer-me de citar a fofa Sophie, filha de Tamara com Rael. Pense em uma garotinha linda, ela ama Zack afinal ele é a pessoa que mais se aproxima de uma figura paterna para ela. Achei tão fofo os diálogos em que ela aparece. Sempre falando com aquele jeitinho meigo de criança, adoro!

Enfim, o livro é maravilhoso, me apaixonei. Adorei conhecer a vida de um personagem tão digno que nem o Zack. Recomendo muito.

Kéziah Raiol

Promoção ''A Vida em Tons de Cinza''



Oi gente, tudo bom?
Então, como vocês sabem o blog tem parceria com a querida Arqueiro, certo?
Hoje venho anunciar uma nova promoção \o/
Ah e quero aproveitar para agradecer a Arqueiro e a Isabella, que tem sido super gentil e paciente com o blog.

Quer ganhar o livro ''A Vida em Tons de Cinza''? 

Então vamos as informações básicas.


- Seguir o Blog Publicamente.

- Residir no Brasil.
- O prazo para o envio do livro é de 30 dias e será feito pela própria editora.
- Preencher o formulário abaixo.
E para quem ainda não sabe usar o Rafflecopter, é só clicar aqui e olhar o tutorial, é fácil e prático tanto para vocês como para mim.





Resenha: O Retrato de Dorian Gray - Oscar Wilde

Editora: Martin Claret
Autor: Oscar Wilde
Nota: 11111


Versão de Oscar Wilde para o mito faustiano da perda da alma em troca dos prazeres mundanos, "O retrato de Dorian Gray" é um relato de decadência moral e punição, exemplo do humor cáustico e refinado de seu autor.
Dorian Gray é um belo e ingênuo rapaz retratado pelo artista Basil Hallward em uma pintura. Mais do que um mero modelo, Dorian Gray torna-se inspiração a Basil em diversas outras obras. Devido ao fato de todo seu íntimo estar exposto em sua obra prima, Basil não divulga a pintura e decide presentear Dorian Gray com o quadro. Com a convivência junto a Lorde Henry Wotton, um cínico e hedonista aristocrata muito amigo de Basil, Dorian Gray é seduzido ao mundo da beleza e dos prazeres imediatos e irresponsáveis, espírito que foi intensificado após, finalmente, conferir seu retrato pronto e apaixonar-se por si mesmo. A partir de então, o aprendiz Dorian Gray supera seu mestre e cada vez mais se entrega à superficialidade e ao egoísmo. O belo rapaz, ao contrário da natureza humana, misteriosamente preserva seus sinais físicos de juventude enquanto os demais envelhecem e sofrem com as marcas da idade. 

Fascinante, eu já tinha assistido ao filme, mas o livro como sempre é bem mais detalhado e perfeito. Faz-nos pensar (Pelo menos, me fez pensar) em como seria se tivéssemos um retrato que envelhecesse por nós. Não seria fabuloso? Ou talvez Cabuloso.

Oscar Wilde é maravilhoso, consegue escrever da maneira mais sutil e mais fascinante do mundo, realmente encantador, um livro que nos prende do começo ao fim.

O Narcisismo é tão predominante que chega a ser magnifico, ao ser pintado por um pintor que o admira demais, Dorian se entristece ao saber que envelhecerá e que seu retrato continuará jovem e belo, sem guardar as marcas do tempo. O quão seria bom se o retrato envelhecesse por ele? Para que ele continue belo pela eternidade? Algo um tanto tentador, vocês não acham? Porém Dorian quebra barreiras e ultrapassa limites para conseguir o que quer, sim e ele quer viver belo. O que não imagina é que o retrato começa a mostrar como sua alma está manchada.

No decorrer do livro, muitas vezes tive nojo de algumas atitudes dele. É tudo tão intenso que nossa mente fica cheia de imagens sobre o retrato, sobre os lugares, sobre Dorian. Sua vaidade incontestável o levou a loucura, vivendo apenas em prol de seu prazer, de sua beleza.
No livro fica bem claro o quanto Dorian é arrogante (Confesso que às vezes dava raiva), infantil, influenciável, egocêntrico e megalomaníaco com GRANDES, digo GRANDES delírios de grandeza. Trocando sua alma por prazeres, sem se importar com as consequências, afinal quem realmente sofreria os baques seria o retrato, ao menos teoricamente.

Sabe o que é bem interessante? Apesar do livro sem antigo, a leitura é completamente maravilhosa, nada maçante, flui rapidamente e quanto mais você lê, mais você quer. 



Sorteio de Marcadores

Oi gente tudo bom?
Então, como estou querendo MUITO chegar os 500 seguidores, resolvi fazer outra promoção, dessa vez mais singela, porém legal! rs

Dessa vez vou sortear alguns marcadores, um folder, um postal autografado e um cd com 100 e-books.
Tá bem fácil de participar, basta seguir o blog publicamente, o resto são apenas chances extras. Ah e lembrando que todos que me seguirem no twitter eu seguirei de volta, ok?
Vou mostrar uma foto dos prêmios.




Vamos ao formulário de uma vez.

a Rafflecopter giveaway


O Resultado sai dia 11/08.
O Ganhador deverá responder meu e-mail em 48h.

É isso ai galera, boa sorte a todos.




Fonte: http://princesa-descolada-myla.blogspot.com/2013/03/paginacao-numerada.html#ixzz2j39CpByO