Que Livro é Esse? #1


Adivinhe, a partir de trechos retirados de resenhas, qual o livro abaixo.
Carlos Rodrigo do blog Isso é Interessante: “A narrativa do autor é fabulosa, como ele mesmo disse em seu site; o livro está cheio de frases ‘inteligentes’, onde cada palavra é devidamente colocada no lugar certo, inadmitindo borrões [...] É realmente incrível como tudo passa tão rápido, o livro é tão pequenino e ao mesmo tempo tão grande.”

Luene Langhammer do blog Instituição Para Jovens Prodígios: “Acredito que se ele se dedicar cada vez mais poderá chegar aos pés de Machado de Assis e sua intrigante Capitu… Porque sei que ele é capaz. Seu livro me lembrou os velhos livros de literatura [...] O que diferencia esse livros dos clássicos é que amaremos cada página e cada linha lida.”

Marina Menezes do blog Ler, Imaginar e Criar: “A história foi muito bem desenvolvida, me surpreendi com o rumo que ela tomou, e o final não é nada clichê. Os personagens são ‘simpáticos’, impossível não gostar deles [...] Enfim, é um livro que prende do inicio ao fim, tem uma ótima história e a escrita do autor é admirável.”

Monique Portela do blog Ninhada Literária: “Ainda acho que mais valeu a luta e a derrota de Arivaldo do que a busca por essa pseudo-solução artificial – e é aí que se encontra uma das melhores partes do livro: a leitura não termina na última página, porque a história continua ecoando, pelo menos por algum tempo, na mente do leitor.”

Tifany Baesso do blog Amantes da Leitura: “É um livro que te prende do início ao fim, nos trazendo um final nada clichê e, o mais importante, fica ecoando na mente do leitor horas a fio depois de lê-lo [...] Livro mais que recomendado gente! Com certeza 5 estrelinhas… Por sua capacidade de conquistar o leitor em pouquíssimas páginas!”

Kezia Martins do blog Fulana Leitora: “Por que o livro merece 5 estrelas? A capa é linda, a diagramação é perfeita, sem erros gramaticais (as leitoras chatas agradecem), pela sua característica poética, sem muitos diálogos, mas repleto de floreios e pérolas linguísticas. Passando longe dos clichês, o livro veio para conquistar as amantes do bom uso das palavras.”

Irinia Zachello do blog Livros eu quero ler sempre: “Uma história envolvente e transparente, que nos leva por caminhos e questionamentos, que podemos encaixar em nosso dia a dia. E é uma lição até. Arivaldo ‘reinventa a correspondência de uma amor’, porém um amor que vale muito mais a pena sentir em nossa carne e coração de fato sem entrelinhas.”

Isabelle Brum do blog Attraverso le Pagine: “Reviravoltas e surpresas te esperam nessa futurística aventura com um toque de romance ‘impossível’. A escrita do autor é única, com um vocabulário mais formal mas que em momento algum te deixa perdido perdido no meio na trama.”

Pergunta: Qual o livro que vem recebendo todos esses elogios e outros mais?
  
———————————

Livros Vs E-books

Olá jovens, como estão?
Hoje vim trazer um assunto polêmico para discutir com vocês :)
Muita gente ainda tem preconceito com e-books, confesso que eu também tinha, mas tudo isso mudou depois que assisti ao vídeo abaixo, livros e e-books como tudo tem seus lados positivos e negativos
Hoje em dia só não leio muito em e-book pois sou pobre e não tenho um e-reader.
Mas quero saber de vocês, o que acham dos livros vs e-books? Abaixo do vídeo tem uma enquete, votem e me digam o que preferem, deixem seus comentários também.
Está mais do que na hora de deixarmos o preconceito de lado, afinal tudo é valido quando estamos falando de literatura.
O Vídeo que a intrínseca criou caiu como uma luva, para que nós passássemos a ver os e-books com outros olhos, afinal eles estão ai pra isso, super em alta.
Quero a opinião sincera de vocês.
O que acham sobre tudo isso?





Meme: Cinco capas bonitas da minha estante.


Olá seus lindos, como vocês estão? Hoje eu vim responder um Meme muito fofo que recebi da querida Gil do blog Ler e Pensar. Não costumo gostar muito de memes, mas esse em especial me agradou demais, pois se trata de capas *-* amo capas, e isso me lembra que tenho que continuar postando o "Maravilhoso Mundo das capas" quem é novo aqui e não sabe o que estou falando, digita na barra de pesquisa e verás.

Eu nem preciso dizer que foi super difícil responder esse meme, pois eu AMO todas as capas dos meus livros, mas tenho certeza que fiz boas escolhas (Pra mim) não me julgue.
Vamos ao que interessa, as cinco capas mais bonitas da minha estante.

Dicas do Fim de Semana #1 Titanic

Olá gente, tudo bom? Como eu sou uma grande admiradora de filmes resolvi criar essa coluna, onde vou falar sobre filmes de uma forma mais descontraída, não será uma resenha - resenhas quem faz é a Fran - vou falar sobre o quanto gastaram para produzir o filme, a trilha sonora, e minha opinião... Resolvi começar a falar sobre isso para não deixar o fim de semana sem post, então toda semana (Ou sábado ou domingo) vou postar um post sobre. Chamado: Sobre Filmes, e também vou postar o Sobre Músicas. Ainda estou pensando se vou postar um no sábado e outro no domingo, ou vou intercalar  Uma semana música, outra filme... Vamos ver.

E adivinhem só? Nada melhor do que começar com o meu filme favorito de todos os tempos: TITANIC.



Resenha: Estrela Píer - Kamila Denlescki


  • Autora: Kamila Denlescki 
  • Páginas: 231
  • Editora: Novo Século
  • Nota: 5/5

Lucia tem uma vida monótona e previsível até vencer o concurso mais cobiçado do momento.
Não apenas ganha uma viagem para Londres, como também um jantar com o ator inglês Richard Clevehouse.
O que era sorte, entretanto, muda de cor. Richard, o belo ator de olhar sombrio, guarda um segredo: a vida de Lucia corre perigo. E ele fará de tudo para protegê-la, mesmo que, em troca, tenha de sofrer muito mais do que espera.
Das certezas, apenas uma:
Não há para onde fugir!

Nova Parceria - Flavio P. Oliveira


Olá gente, como vocês estão? Vim aqui apresentar a vocês o mais novo parceiro do PL *-*
Vamos conhecer mais do Flávio e de suas obras.



Flavio P. Oliveira (Flavio Pereira de Oliveira), nasceu em Nilópolis, Rio de Janeiro, em oito de dezembro. Apesar da formação em engenharia civil, trabalhou diretamente com arquitetura por muitos anos, fazendo projetos de diferentes tipos e sendo responsável por algumas obras. É ainda artista plástico, dedicado à pintura, com estilo próprio que mescla cubismo com pop arte e algo mais. Ainda, durante um período, trabalhou no desenvolvimento, gerenciamento e manutenção de algumas distribuições GNU/Linux, como GoblinX e ImagineOS.
Os primeiros livros foram escritos na adolescência, todavia começou a levar mais a sério a carreira com os romances ainda não publicados, mas registrados. “Duelo”, que conta a história de dois ex-competidores de esgrima, adversários, que se apaixonam pela mesma mulher. “Máscaras, seios e morte”, que conta a história de um detetive tentando resolver alguns crimes contra mulheres. Tornou-se editor registrado na agência do ISBN ano passado e passou a publicar contos em formato digital...
Lançou em 2012 os primeiros livros impressos, o livro de contos picantes “Três Amores Instantâneos” e o romance de ficção científica “AEcM12“. Este segundo foi lançado em outubro de 2012.

Resenha: Sussurro - Série Hush Hush


Título: Sussurro                              Autora: Becca Fitzpatrick
Editora: Intrínseca                          Núm. de páginas: 264 
Ano de lançamento: 2010               Estrelas: 4/5

“Nora é uma menina responsável. Aos 16 anos, ela tira boas notas e sempre avisa à mãe aonde vai e o que está fazendo. Nem mesmo garotos a fazem perder o foco nos estudos. Até porque, apesar das tentativas de sua melhor amiga, Vee, de lhe arrumar um pretendente, ela nunca se interessou por ninguém na escola. Pelo menos não até conhecer Patch, seu novo colega na aula de biologia. Ele parece estar em todos os lugares e saber tudo sobre ela. Seu jeito ao mesmo tempo sedutor e perigoso faz com que Nora fique imediatamente intrigada. E encantada.

É então que eventos estranhos começam a acontecer. Um homem usando uma máscara de esqui salta diante de seu carro, seu quarto é invadido e aparentemente alguém está tentando matá-la. Nora não sabe em quem confiar. Quando Vee conhece dois novos rapazes e tenta arranjar um encontro, as coisas só pioram. Nora está assustada a maior parte do tempo. Patch é o da máscara de esqui? Ou será Elliot, o novo garoto com quem Vee quer que ela saia? Em sua busca por respostas, Nora está prestes a se descobrir no centro de uma batalha ancestral entre seres imortais e anjos caídos – uma disputa que não se resolverá sem sacrifícios.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Gente que capa é essa? Vocês já viram ela? Viram o livro na livraria, com algum conhecido? Tocaram nele? Essa capa é tudo! Amei o estilo dela. Ok, parando um pouco com o entusiasmo exacerbado, deixa eu dar inicio a resenha...
Nora, como a maioria das protagonistas que vemos hoje em dia é: chata, toma decisões pouco louváveis e confia nas pessoas erradas. Além disso, possui aquela tão conhecida imagem negativa de si mesma.

No entanto o que me atraiu em Sussurro foi o universo novo que Becca nos apresentou. Era um livro sobre Anjos, não anjos bonzinhos e celestiais dos quais vemos nas Bíblias, porém anjos que erraram, erram e ainda irão cometer muitos erros. Podemos dizer que esses anjos são mais parecidos com humanos, do que com a imagem celestial que temos deles.
Sussurro foi o primeiro livro desse tema que eu li, e foi uma leitura adorável. Patch é um bad boy, muito do irônico, debochado e com aquele aspecto de cafajeste que eu amo. E claro, é um anjo caído. Isso deveria ser o suficiente para manter Nora longe dele, mas é claro...que ela faz justamente o contrário.

Logo no prólogo do livro, nós entendemos que esta não se trata de uma obra repleta de mocinhos bondosos e generosos. Há uma guerra acontecendo, oculta da humanidade e que pode explodir a qualquer instante.
De um lado há os anjos caídos e do outro há os nephilins, que nada mais são do que crias de anjos caídos com humanos.

Porém, Sussurro se mostrou um livro dinâmico e divertido de ler. A autora sabia colocar cada elemento novo no momento certo. A obra tem uma boa velocidade e se você se distrair, você já pode perder algo importante. Outro ponto positivo em Sussurro, é que ele é um livro imprevisível, você raramente sabe o que vai acontecer. Tanto pela inconstância de Nora, quanto pelo mistério que exala do enigmático Patch.

Há também a amiga de Nora, Vee. Uma garota que tinha tudo para ser divertida e a amiga que nós pedimos a Deus, se não fosse por um único motivo: Ela é muito crítica.

Na história também conhecemos outra personagem que aparecerá nos próximos livros: Marcie Millar. Ela é a típica patricinha rica e mimada do colégio e que tem um ódio sem cabimento por Nora e Vee. Marcie não perde uma oportunidade para fazer com que nossa protagonista se dê mal e em muitos momentos eu quis entrar no livro e socar a cara dela.

Sussurro, mesmo com todo o ar de mistério e suspense, é regado de tiradas engraçadas, muitas delas tendo como autor o lindo do Patch, aqui vão algumas para deixar vocês com gostinho de quero mais:

“ – Qual o seu maior sonho? – Estava orgulhosa dessa pergunta porque sabia que iria desafiá-lo; exigiria que ele pensasse.
- Beijar você.”
.
.
“ – Não saio com estranhos. – retruquei.
- Sorte sua que eu saio. Pego você às cinco.”
.
.
“Nora: Religião?
 Patch: Não é religião...É um culto.
 Nora: Você pertence a um culto?
 Patch: Acontece que eu preciso de uma fêmea saudável para sacrifício. Tinha planejado ganhar a confiança dela e atraí-la, mas como você já está por aqui...
 Nora: Você não está me impressionando.
 Patch: Ainda nem comecei.”
.
.
“ – Humm, você está cheirosa. – ele disse.
- Chama-se chuveiro. – Eu disse com o olhar fixo para frente. Como ele não respondeu, virei-me de lado. – Sabão. Xampu. Água quente...
- Nua. Sei como é.”
.
.
Ahá, viram só como o Patch é.....ARGH, sem palavras! Apaixonante! Suas frases cheias de duplo sentido deixam a gente louca e algo que eu não posso reclamar da Nora é que mesmo ela sendo uma chata e tapada em alguns momentos, ela é uma garota determinada e teimosa, e como vocês puderam perceber, responde sempre aos comentários sarcásticos de Patch.
Becca Fitzpatrick definitivamente tornou-se uma das escritoras mais notáveis para mim, seu modo de escrever é cativante e surpreendente.
E Patch entrou para o ranking dos meus personagens favoritos. Ele trouxe 90% da diversão do livro.
Essa foi uma leitura que eu concluí em 6 horas, apreciei muito e gostaria muitíssimo de recomendá-la a vocês.
Então é isso pessoal, espero que leiam o livro e se apaixonem por Patch tanto quanto eu me apaixonei.

Beijos da Mah *muah*







Resenha de filme: It's kind of a funny story (Se enlouquecer, não se apaixone)

"It's kind of a funny story", lançado no Brasil como "Se enlouquecer, não se apaixone", é um filme baseado no livro de mesmo nome, do autor americano Ned Vizzini. O elenco conta com Keir Gilchrist no papel principal, como Craig, Emma Roberts e o grande comediante Zach Galifianakis (de Se beber, não case). Dirigido por Ryan Fleck e Anna Boden.



Resenha: Afinal, o que querem os homens? - Zoe Strimpel



  • Editora: Gente
  • Autora: Zoe Strimpel
  • Nota: 4/5

Livro feito a partir de pesquisas e vivências que busca tirar dúvidas femininas sobre o sexo oposto.


Afinal, o que querem os homens? 

Essa é uma pergunta muito discutida no universo feminino, a cada dia tentamos entender mais e mais a cabeça oca dos homens. O que achávamos ser uma tarefa muito difícil tornou-se algo fácil e prático. Com esse livro, conseguimos entender – o menos um pouco – como funciona a mente dos rapazes, baseadas em casos e relatos masculinos. 

Que tal aprender um pouquinho mais sobre os homens? Vamos começar. Vou repassar alguns ensinamentos a vocês, portanto peguem caneta e papel e anotem tudo. 

Por que ele a prende por três meses e, depois, a deixa? 

Ok, isso é um fato que acontece nas melhores famílias, sempre que estamos ligadas a um carinha, ele some. Porque isso acontece? 

Acredite: “Homens não são animais que agem puramente por impulso ou por imposição peniana. Eles são espertos e, contrariando a sabedoria popular, pode haver motivos complexos para seus comportamentos esquisitos”. 

Como animais espertos, os homens estão ligados a tudo que fazemos e consequentemente usam isso contra nós, um exemplo claro no livro – que me fez pensar – Sabe quando de repente o cara que você está ficando compra uma escova de dente para você? E diz que assim você não precisa trazer sempre a sua de sua casa? Isso é puro jogo deles para nos fazer acreditar que eles realmente querem algo a mais, afinal a escova de dente é um passo muito elevado em um relacionamento – somos dramáticas mesmo – assim eles acumulam pontos de romantismo com as mulheres. Estão entendendo onde quero chegar? Os homens não são bestas como imaginávamos. 

O livro está repleto de momentos do nosso cotidiano, onde aprendemos de maneira sutil e cômica o que os homens realmente estão pensando, o mais legal de tudo é que contamos com a visão masculina, ou seja, homens falando sobre seus comportamentos – não há nada mais comprometedor – não é fascinante? 

Cada capitulo temos um caso diferente, com vários pontos de vistas, e obvio a conclusão do assunto, trazendo a tona como você – mulher – deve reagir em determinados momentos. A cada página virada eram várias gargalhadas, a autora escreve de uma forma completamente contagiante e espontânea. 

O livro é dividido em oito partes, sendo elas respectivamente: Fobia de compromisso, Dividindo o espaço, Sinais confusos, Impasse físico, Três é demais, Coisificação, Ex-namoradas e Jogo rápido com questões essenciais sobre sexo. 

Saiba o que se passa na mente masculina e cultive relacionamentos verdadeiros, tudo isso com Afinal, o que querem os homens?


Gostou da resenha? Aproveita que esta rolando uma promoção valendo um exemplar, clique aqui para participar


Lançamentos: Editora Companhia das Letras


Olá gente, tudo bom? Vamos conferir os lançamentos da Cia das Letras? Estou necessitando urgentemente do livro: "Como ser babá do vovô" meu avô está dando trabalho hahaha'

Resenha: Legna - Alexandre Apolca


Olá gente, tudo bom? Essa vai ser a primeira resenha que vou escrever onde não postarei a sinopse. Pois a mesma contem spoilers.


  • Titulo: Legna
  • Autor: Alexandre Apolca
  • Nota: 5/5

A primeira coisa a dizer sobre esse livro é: NUNCA leiam à sinopse! Pois ela entrega grande parte da história, então nem coloquei a sinopse na resenha, portanto não façam isso. 

Surpreendente, intenso e arrebatador, são as três palavras que compõe perfeitamente a trama, conhecemos a vida de Legna, uma jovem que mora em Miami com seus tios, já que seus pais viajam demais, e isso sem dúvidas atrapalharia a formação escolar de Legna. Aparentemente Legna é uma garota normal, que sai, tem amigos, tem um trabalho, tem um namorado (que a propósito não ama), ela possui uma vida pacata. 

Tudo começa a tomar um rumo diferente quando o tio de Legna recebe uma proposta para ir trabalhar no Brasil, ela se vê entre a cruz e a espada, ou vem para o Brasil continuar morando com os tios, ou se muda para Paris com os pais. Achando que fosse melhor ela vai para Paris, chegando lá, ela acaba adaptando-se aquela vida, começa a fazer o curso que sempre quis, porém falta algo na sua vida, que nem mesmo ela consegue dizer o que é. 

Como o livro é cheio de reviravoltas, mais uma vez a sua vida dá uma enrolada quando ela conhece pela internet Sayed, um egípcio misterioso e lindo. Obvio que por ser um contato virtual, Legna fica com medo de Sayed ser um psicopata ou coisas do tipo, porém eles acabam se encontrando meio sem querer e uma paixão ardente nasce dos dois. 

Um amor tão incontrolável e arrebatador, como se o mundo dependesse apenas de Sayed, como se ele fosse à única coisa que a deixasse feliz, como se seu ar só fosse puro para respirar quando ele estivesse por perto. Isso assusta às vezes, pode existir um amor tão forte assim? 

Legna passa por altos e baixos durante o livro todo, descobrindo fatos importantes sobre sua existência, sobre seu amor por Sayed. Como o livro é escrito em primeira pessoa, sentimos tudo que a Legna sente, os seus bons e maus momentos, suas crises e desentendimentos. 

A cada página os detalhes me fascinavam mais, uma riqueza de cenários, a linda Paris vista de tão perto, é de se apaixonar. 

Uma história extremamente bem construída, com um enredo de matar, se você não ler a sinopse (Não seja Curioso), com certeza irá se surpreender com o andar da carruagem.

Resenha: O Caminho do Buscador - A Trilha do Bodhisattva - Patrícia Cândido



A busca da iluminação. Um objetivo perseguido por muitos, mas atingido por poucos. Em "A trilha do Bodhisattva", a autora entra em conexão com Kangyur, o espírito de um menino tibetano que incessantemente busca sua iluminação através de um caminho peregrino, em que o desapego, o medo e os relacionamentos são seus maiores desafios. A história se passa no século XIX, entre a Índia e o Tibet, em uma época em que ambos os países passavam por um período de grande efervescência espiritual. Neste romance recheado de histórias de aventuras e aprendizados espirituais através da orientação de mestres, yogues, gurus e seres iluminados, a autora permeia a espiritualidade do Oriente, que ditou os passos evolutivos da Nova Era em que vivemos. Entre histórias de sacerdotisas indianas, palácios, mahatmas e cultura oriental, embarque neste romance e descubra qual é "a Trilha do Bodhisattva".


“Nesse livro a autora entra em conexão com Kangyur, o espírito de um menino tibetano que incessantemente busca sua iluminação através de um caminho peregrino, em que o desapego, o medo e os relacionamentos são seus maiores desafios”.

Diferente de tudo que já li, o livro tem uma temática diferente e nos mostra o verdadeiro mundo de quem busca por iluminação. Kangyur é um típico menino oriental: Olhos puxados, orelhas com os lóbulos salientes, o que significava dentro da tradição budista, uma pessoa muito iluminada.

Do decorrer do livro, acompanhamos a jornada em busca de redenção (Se é que assim posso dizer) de Kangyur, e passamos a conhecer bastante sobre a cultura budista, e encontramos varias curiosidades. Um livro impecável no quesito de informação.

Kangyur era um típico Bodhisattva, um termo utilizado para designar alguém que esta em um caminho ruma à iluminação, aquele que larga tudo que for preciso para liberta-se dos desejos e fascinações da matéria. E apesar de ele ser um rapaz muito jovem, podemos perceber a grande maturidade que ele trás em si. E percebemos que desde seu nascimento ele está traçado a seguir o caminho de Buddha.

A jornada do garoto é interessante, e nos prende bastante. Porém apesar de ser um livro como havia dito, impecável em conhecimento, não é muito meu estilo de leitura, o lado religioso predominante às vezes se torna enfadonho. Porém trás bons ensinamentos que podemos usar no nosso dia a dia, contudo, não é uma leitura que flui com facilidade, podendo dificultar o entendimento do leitor.

Sorteio Hathor - Markus Thayer




E o prêmio será: 

- Um exemplar de Hathor - Markus Thayer


E para participar é só seguir as regras:

- Seguir o blog publicamente via google Friend Connect.
- Seguir o Markus Thayer no Twitter
- Compartilhar o Banner no facebook (Link do Banner aqui)
- Residir no Brasil.
- Preencher o formulário Rafflecopter abaixo.
- O prêmio será enviado ao ganhador em até 30 dias

O sorteio será realizado dia 16/02/2013.


a Rafflecopter giveaway


Nova Parceria: Blog Lua de Sangue


Olá gente, fiz parceria com a querida Thais Belarmina do blog Lua de Sangue *-*
Um ótimo blog, passem lá e conheçam essa querida.



Create your own banner at mybannermaker.com!


Editora Novo Conceito incentiva a leitura de eBooks com preços especiais




Com o objetivo de incentivar a leitura dos eBooks, a Editora Novo Conceito está colocando no mercado, a partir de hoje, 30% de seu catálogo de best-sellers a preços reduzidos.

Além dos grandes sucessos de vendas da editora, estão disponíveis lançamentos recentes nas áreas de romance, suspense, guias práticos e desenvolvimento pessoal, com opções para todos os públicos e gostos.

Quem ainda não teve acesso aos livros digitais, que foram a grande sensação de vendas no Natal, ou deseja aumentar seu acervo pessoal, pode acessar a página especial da Editora na Amazon www.amazon.com.br/novoconceito, onde encontrará a lista com os títulos contemplados e os preços promocionais.


Sorteio: Afinal, o que querem os Homens?






Olá meus queridos, estou trazendo mais uma promoção para vocês, quem tá afim de ganhar o livro: Afinal, o que querem os Homens?

Para participar é só seguir as regras:

- Seguir o blog publicamente via google Friend Connect.
- Curtir a Fan page da Editora Gente
- Compartilhar o Banner no facebook (Link do Banner aqui)
- Residir no Brasil.
- Preencher o formulário Rafflecopter abaixo.


 O prêmio será enviado ao ganhador em até 30 dias

O sorteio será realizado dia 16/02/2013.
Boa sorte a todos.



a Rafflecopter giveaway

Resenha de filme: Easy A (A mentira)

"Easy A", no Brasil conhecido como "A Mentira" é uma comédia de 2010, com Emma Stone no papel principal, Olive, Penn Badgley (o Dan de Gossip Girl) como Woodchuck Todd e Amanda Bynes como Marianne Bryant.

Resenha: Memórias da Lua Cheia - Andressa Andrião


  • Titulo: Memórias da Lua Cheia
  • Autora: Andressa Andrião
  • Páginas: 522
  • Nota: 5/5

Ela estava sem memória e sozinha, perdida em uma floresta durante uma noite de lua cheia, em que os lobos uivavam perigosamente. A única informação que tinha sobre si mesma estava em um bilhete borrado pela chuva que dizia que seu nome era Alissa. Quando jurara que se tornaria comida de lobos, ele aparece. Um rapaz que em seu primeiro momento parece ter vontade de matá-la, mas logo em seguida resolve misteriosamente salvar sua vida e cuidar dela até que alguém apareça em sua procura. Por mais que ela tivesse expectativas, ninguém nota seu desaparecimento, levando-a a ter que morar com aquele rapaz repleto de segredos, que ela conhece na floresta. Com o tempo um romance começa a surgir entre eles, mas ainda havia um mistério: um homem enigmático e atraente que desenvolve um interesse imediato por ela. Alissa então descobre que sua perda de memória não era exatamente o que ela imaginava e que o mundo era muito mais cheio de mistérios e magia do que ela acreditava ser.


Tudo começa em uma floresta escura e sombria, uma jovem garota se vê perdida e sem memória, assustador? Talvez... Coisas estranhas começam a acontecer, e ela se vê sem saída, sem ao menos saber seu nome, um bilhete dentro do seu bolso revela alguma coisa, a única coisa sobre seu passado estava escrito no bilhete misterioso, agora ela sabe que seu nome é Alissa, ou ao menos ela pensa que seja. 

A floresta é tomada por lobos sedentos por comida, Alissa se vê a beira da morte, quando um homem lindo e misterioso a salva, Seth, um cara sedutor e misterioso (Até demais). Após algum tempo desaparecida, Alissa percebe que ninguém vai procurá-la tendo assim que viver com Seth, que passa a cuidar dela de maneira incansável. 

No decorrer do livro Alissa descobre que seu desaparecimento esta regado de mistérios que ela jamais imaginaria. Logo que chega ao pequeno vilarejo, Alissa chama a atenção de Scorpio, diga-se de passagem, me lembrava muito o Scorpion do Mortal Kombat, apenas pelo nome obvio. Toda vez que ele aparecia eu associava os personagens, coisas de mentes de leitores.

Scorpio também e sedutor e mil vezes mais enigmático que Seth, muito cobiçado pelas mulheres do vilarejo, mas Alissa é a única que lhe interessa. Talvez tenha um motivo para isso, quer saber? Então leia Memórias da Lua cheia. Apesar de Scorpio ser muito misterioso, ele é lindamente perfeito, portanto tomem cuidado para não se apaixonar por ele (Principalmente se você for como eu).

Com um enredo completamente envolvente e cheio de mistérios, a cada página você anseia por mais, e a cada pagina você se surpreende mais. A Andressa escreve de forma tão magnífica que me peguei várias vezes sentindo o que Alissa sentia, ela descreve de forma tão convincente que acabamos vivendo aquilo tudo, o clima do livro é bem sombrio, úmido, então por várias vezes eu fiquei com friozinho, só de ler, aquele boa sensação que somente um livro pode nos transmitir. Aquela sensação de sermos transportados para um universo completamente paralelo.


Tutorial: Listme para Iniciantes por Kamila Denlescki



Olá gente, tudo bom? Hoje trouxe para vocês um tutorial bem diferente, sobre o Listme. Vocês sabem o que é o Listme? Não? Então vocês precisam ler esse post e ficar por dentro dessa rede social tão legal.
Vamos conferir?

Saiba mais sobre os livros. (Curiosidade #4)


Olá meus queridos, tudo bom? Todos nós queremos saber mais sobre nossos amados livros, né? Então hoje trouxe para vocês um post bem legal com várias curiosidades. Vamos conferir?

Sabe aquele número que sempre vemos nos livros? o ISBN? Você sabe o que significa essa sigla? Não?

Resenha: Fiquei Com Seu Número - Sophie Kinsella


Uma resenha escrita por Maria Avila.


Título: Fiquei Com Seu Número 
Autora: Sophie Kinsella 
Editora: Record 
Núm. de páginas: 462 
Ano: 2012 
Classificação: 2/5



A jovem Poppy Wyatt está prestes a se casar com o homem perfeito e não podia estar mais feliz... Até que, numa bela tarde, ela não só perde o anel de noivado (que está na família do noivo há três gerações) como também seu celular. Mas ela acaba encontrando um telefone abandonado no hotel em que está hospedada. Perfeito!

Agora os funcionários podem ligar para ela quando encontrarem seu anel. Quem não gosta nada da história é o dono do celular, o executivo Sam Roxton, que não suporta a ideia de ter alguém bisbilhotando suas mensagens e sua vida pessoal.

Mas, depois de alguns torpedos, Poppy e Sam acabam ficando cada vez mais próximos e ela percebe que a maior surpresa da sua vida ainda está por vir.

Os livros da autora já venderam mais de 150 mil exemplares no Brasil. A bem-sucedida série sobre a irresistível consumista Becky Bloom é um dos maiores sucessos do gênero chick-lit em todo o mundo.
Palavras não descrevem direito o que eu senti pelo livro. E, infelizmente, isso não é um bom sinal. 

Vou começar falando da autora, porque Sophie Kinsella para mim é uma espécie de Diva! É Meg Cabot nos EUA e ela no Reino Unido! Essa mulher é imbatível em suas comédias românticas inteligentes, seu humor é ácido e dá pra se identificar com algumas situações e/ou pensamento dos personagens. Eu já li todos os livros da série Becky Bloom e recentemente li também o Menina de Vinte, e tenho muitos elogios a tecer sobre eles. 

Agora, posso dizer que Fiquei Com Seu Número me decepcionou. E muito. Essa foi a história mais sem pé e sem cabeça que eu li até agora. A começar pelo nome da personagem, Poppy, é, é nome e não apelido. Quem em nome de Deus coloca o nome da filha de Poppy? Nunca pensei que fosse gostar tanto do meu nome quanto gosto agora. 

Mas tudo bem, deixando o nome de lado, vamos para as outras características. É narrado em primeira pessoa e podemos acompanhar a linha de raciocínio da personagem, o que me fez gritar várias vezes, porque ela me deixava ultrajada! A cada três linhas me dava vontade de entrar no livro e dar uns tapas tipo: Acorda! ,Para a Poppy, porque ela é, no mínimo, insana! 

Antes de começar a falar mal, quero dizer que em algumas situações nós podemos até nos identificar, mas não em todas, e definitivamente fazer as coisas que ela fez! Queria poder dizer que a Poppy é divertida e bem animada, mas lá no fundo, ela esconde uma insegurança enorme que acaba por deixa-la reprimida. 

E sobre a família Tavish? Uns loucos! Mas uns loucos bem legais! No começo você acaba se perguntando: Qual é a deles? Porém, lá no final dá pra entender melhor que a maioria das situações era por causa do pensamento inferior que a Poppy tem de si mesma. 

Vi que na maioria das resenhas desse livro, o pessoal deu como 5 estrelas, o que significa que eles entenderam o livro. Contudo, como eu não entendi ou melhor, como não absorvi o que a Sophie queria me passar com esse livro, dei apenas 2. 

E o pior é que esse livro me prendeu, eu comecei a lê-lo 23:00h e terminei as 6:00h, e eu acho que o motivo foi que eu ainda não estava acreditando no absurdo que estava lendo. Eu não estava conseguindo acreditar na burrada que a Poppy estava fazendo durante as 462 páginas. 

Eu quero deixar claro que uma das marcas registradas da Sophie é fazer com que as protagonistas se metam em um monte de confusões absurdas e resolvam tudo no final. Mas dessa vez ela se superou, e não foi no bom sentido. 

Na maioria dos livros que eu leio eu pego alguma raiva da protagonista, e esse não foi diferente. Poppy entrou no ranking das piores protagonistas que eu já li. Ela é impulsiva (para alguém tão esperta!), gostar de dar lição de moral nos outros, é intrometida (e muito!) e toma as piores decisões possíveis. E ela era tão, mas tão estúpida! Ela não conseguia enxergar o que estava bem na cara dela! 

Só pra constar, eu dei umas boas risadas com o livro e isso aconteceu porque, nesse caso, seria trágico se não fosse cômico. E eu to me segurando para não soltar um spoiler. 

Sobre os outros personagens...o que tenho a dizer? Magnus no começo do livro não fedia nem cheirava para mim, mas a medida que as coisas iam acontecendo e eu ia percebendo as situações, eu criei uma raiva enorme dele, mais até do que da Poppy. E eu acho que qualquer pessoa racional ou com um mínimo de bom senso teria raiva também. 

Sobre o Sam...ah Sam, ele não é o tipo de mocinho convencional, mas em minha opinião a Sophie devia ter se arriscado um pouco mais a escrevê-lo, porque mesmo não sendo convencional, eu não vi muita originalidade nele. Ele era agradável? Na maioria das vezes, mas eu sinto que não consegui me aprofundar – muito – em quem É o Sam. Os diálogos entre os dois eram...normais? Ou o mais próximo disso nesse livro e ficou logo na cara que eles iriam ter algo um pelo outro. 

Pois é, uma coisa que me deixou chateada com esse livro foi a previsibilidade. Eu já sabia as coisas que iriam acontecer, principalmente com as atitudes ridículas da Poppy. Pelo amor de Deus, ela tem mesmo 29 anos? 

Acho que, para tentarmos entender esse livro, seria necessário uma espécie de universo alternativo, onde as pessoas são totalmente diferente de nós, e aí tentaríamos encaixar alguma coisa. 

Para concluir, tenho que dizer que espero que a Sophie me surpreenda – de forma positiva – no próximo livro dela. 

E que se você quer apenas se entreter e se divertir então... é, nem para isso. Porque tem muitos melhores para se divertir e passar o tempo. Espero que alguém que já tenha lido o mesmo, tenha entendido alguma coisa. Porque eu terminei o livro de boca aberta e olhos arregalados, tentando entender o QUE a Sophie queria passar para a gente. 

Mas por favor, não desanimem! Leiam os outros livros da Sophie, que vocês irão gostar bastante!


By: Maria Avila


Nova Parceria: Camila Dornas - A Linhagem


  • Título: A Linhagem
  • Autora: Camila Dornas
  • Editora: Novo Século
  • ISBN: 978-85-7679-868-2
  • Páginas: 336
  • Data de lançamento: 17/01/2013

Olá pessoal, tudo bom? O Paixão Literária conseguiu uma nova parceira \o A linda Camila Dornas, autora do livro A Linhagem, vamos saber mais sobre ela?


 "Eterna amante dos Beatles e de boa música. Leitora fanática desde o momento em que entrei no mundo mágico que é uma biblioteca. Escritora por paixão. Ainda acredito no amor verdadeiro, do tipo que faz tudo valer a pena. Super hiperativa, compradora de livros compulsiva. Acho que na outra vida fui uma guerreira poderosa que dava a maior surra nos caras ruins haha. Tremo de terror a vista de uma barata. Sou um pouquinho de tudo, me apaixono por tudo que é intenso, odeio coisas mornas, se é pra ser, que seja 100 por cento. E não confio em pessoas que não comam chocolate ou resistam ao charme de um cachorro. Autora do livro 'A Linhagem'." - Camila Dornas.,


Adorei o que a Camila falou e concordo plenamente com o não confiar em pessoas que não comam chocolate e que não gostem de cachorro (Animais em si) *-*
Vamos saber mais sobre o livro? Só para deixa-los com vontade.


Sinopse: 
Londres do século XVIII. A capital da Inglaterra era um dos mais importantes centros do mundo.
Vestidos pomposos, elegância e boas maneiras. Um tempo onde as posses e a reputação regiam a sociedade.
A igreja possuía poder absoluto e condenava aqueles os quais pesava a suspeita de bruxaria – a arte oculta temida e repudiada pelo senso comum.
Nesse cenário intimidador, surge uma mulher especial, com dons inimagináveis. E um destino grandioso...





Resenha: Belo Desastre - Jamie Mcguire


Titulo: Belo Desastre
Autor Jamie Mcguire
Número de Paginas : 392
Nota: 10/5 (oi?)


Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura. E é então que eles se envolvem em uma relação intensa e conturbada, que pode acabar levando-os à loucura.

Surpreendentemente magnífico, um livro com uma trama tão envolvente que desde as primeiras páginas você se pega sorrindo para a história, como se de alguma forma o livro conseguisse atingir o seu interior, de uma força tão arrebatadora que você nem ao menos consegue parar de ler. Ok! Vocês entenderam o que eu quis dizer? Ou o livro mexeu tanto comigo que nem ao menos consigo expressar meus sentimentos?

Abby é o oposto de Travis, até certo ponto...
Ela é a típica garota inocente, que não bebe, não faz nada de errado e não foge dos padrões de normalidade. Entretanto, no decorrer do livro percebemos que a Abbs não passa de uma enrustida.

Travis Maddox, bom... Juro que as palavras somem quando penso no quão tentador e sedutor esse personagem é, vamos tentar, Travis é um bad boy que ganha a vida com suas lutas. É completamente “gostoso” e muito mulherengo, como eu disse, aparentemente eles são o oposto um do outro. Mas como dizem que os opostos se atraem, Travis acaba ficando intrigado com a forma que Abby o trata, já que ele está acostumado a ser bajulado por todas as garotas da faculdade, que por consequência disso, ele dorme com todas. Mas com ela é diferente, no começo o Travis não a interessa em nada, mas tudo muda com uma simples aposta, como vocês leram na sinopse. Como eu disse acima, tudo que nos achávamos que a Abbs era muda drasticamente quando ela conhece o Travis, então, por favor, não se guiem pela sinopse. Abby pode ser muito mais do que aparenta, cheia de segredos obscuros e histórias ainda não reveladas.

Claro, como ser humano que erra, Travis tem seus defeitos, que não são poucos, ele é ciumento ao extremo, possessivo e muitas vezes violento.

Abby é idiota, sem personalidade e muito fraca. Mas como personagens, confesso que eles evoluem muito.

Perdi as contas de quantas vezes enquanto lia queria poder bater na Abbs, para que ela se tocasse e seguisse em frente, em outro rumo, todavia muitas vezes eu queria abraçá-la e dizer: “Isso ai garota”.

É contraditório eu sei, mas os meus sentimentos por esse livro são tão intensos.

Quando comecei a leitura pensei que o livro não fosse tão bom como estavam falando, e eu estava errada, pois ele é um livro maravilhoso, envolvente, sexy, quente, ousado, descontraído, surpreendente... Vou parar por aqui, ou ficaremos nisso o dia todo.

Um dos motivos para eu achar que o livro não fosse tão bom, foi toda à proporção que ele tomou diante da blogosfera literária, e acreditem TODOS os livros que são mega recomendados por todos, eu tenho 90% de chances de não gostar.

Outro motivo foi à repercussão de que Belo Desastre era estilo Cinquenta Tons de Cinza, bom, todos sabem que Cinquenta tons não foi exatamente um livro bom para mim, não pelo fato de ser um livro adulto... Mas isso não vem ao caso, afinal estamos falando sobre Belo Desastre. Acho que o único ponto que realmente me lembrou Cinqüenta tons foi o simples fato de Travis Maddox querer ter um controle doentio em cima da Abby, querendo controlá-la em tudo.

O romance que assola o livro é extremamente inebriante, a escrita é viciante e apesar do livro ser recheados de cenas adultas, palavras de baixo calão, bebidas alcoólicas e algumas cenas de violência também, a autora conseguiu balancear tudo isso e escrever de maneira suave, sem se tornar pesada ou vulgar. Muito pelo contrario, talvez por essas coisas que a leitura se torne tão prazerosa e gostosa. A Jamie deixa bem explicito na narrativa que aquelas atitudes são erradas, em nenhum momento estimula os leitores a beber, falar palavrão ou até mesmo fazer sexo sem camisinha, como ocorre em determinados momentos. O que sabemos que é muito errado, portanto fiquem ligados.

Isso pra mim, sem dúvida alguma foi um ponto muito positivo sobre o livro.

O livro é um mix de sentimentos, onde você acaba criando uma atmosfera onde só existe você e o livro (Ou você e o Travis, vai de cada um). Sem dúvidas vai mexer com você, vai abalar seu interior, vai fazer você amar e odiar Travis Maddox em apenas um capitulo. Vai fazer você perder o sono sem conseguir parar de ler.

A música “Entre Tapas e Beijos” sem dúvidas caracteriza muito bem o romance da Abby e do Travis.

Se você gosta de um romance regado por muita emoção, contratempos e claro, uma paixão desenfreada? Então leia Belo Desastre.

A Aione do blog Minha Vida Literária também associou o romance da Abbs e do Trav com a música Beautiful Disaster da Kelly Clarkson, e quer saber? Tem tudo a ver!



He's beautiful...
Just a beautiful disaster...

Tutorial: Barra de Rolagem Colorida.




Olá queridos, tudo bom? Hoje trouxe um tutorial bem simples e fofinho para vocês. Sabe a barra de rolagem? Que tal da um toque todo especial nela? Vamos conferir.
Lembrando que você deve fazer um backup do seu template antes de começar a modificar o html, apenas por precaução.

Nova Parceria - Kamila Denlescki autora do livro Estrela Píer


Olá queridos, tudo bom? É com muito orgulho que venho contar-lhes a novidade, o Paixão Literária estabeleceu parceria com a querida Kamila Denlescki autora do livro Estrela Píer, quero agradecer a Kamila pela oportunidade, e também agradecer a Mel, por ter sido tão atenciosa comigo. Vamos conhecer mais da Kamila e do livro?



Lucia tem uma vida monótona e previsível até vencer o concurso mais cobiçado do momento.
Não apenas ganha uma viagem para Londres, como também um jantar com o ator inglês Richard Clevehouse.
O que era sorte, entretanto, muda de cor. Richard, o belo ator de olhar sombrio, guarda um segredo: a vida de Lucia corre perigo. E ele fará de tudo para protegê-la, mesmo que, em troca, tenha de sofrer muito mais do que espera.
Das certezas, apenas uma:
Não há para onde fugir!

Deu curiosidade? Sei que deu! Vamos saber mais sobre a Kamila.

Kamila Denlescki nasceu em Santo André, mas mora em São Paulo. Escreve desde os doze anos e não consegue passar um dia sem abrir um livro. Ama fotografia, filmes, música e sonha em conhecer Hollywood. Atualmente estuda na Escola de Comunicações e Artes (ECA/USP).


Música preferida: Endless Rain, do X Japan
Cantor: Toshi (X Japan)
Cantora: Diana damrau
Banda: Moi Dix Mois
Perfume: Moschino Cheap and Chic
Sorvete: Menta
Filme: Bangkok Love Story
Livro: Série Cirque Du Freak
Personagem preferido: Zsadist, da série Irmandade da Adaga Negra.


Redes Sociais da Autora:
 Listme: http://www.listme.com.br Twitter: @Denlescki Facebook: http://www.facebook.com/KamileDenlescki Blog: http://estrelapier.blogspot.com.br/

Editora Gente (Novidades de Fevereiro)


Olá pequenos leitores, como vocês estão?
Hoje trago para vocês as novidades da mais nova editora parceira aqui do PL *-* Vamos conferir?

Resenha: O Circulo de Pedra - Ricardo Costac






Editora: Novo Século
Autor: Ricardo Costac
Nota: 5/5


O que você faria se tivesse que guardar o maior segredo de todos os tempos e nunca... nunca pudesse revelá-lo a mais ninguém? E se tivesse que conviver com um segredo tão incrível que mudaria sua vida para sempre? Cinco jovens estudantes descobrem um segredo guardado por quatrocentos anos que os fará viver a maior aventura de suas vidas. Eles serão levados a descobrir coisas inacreditáveis nessa fantástica jornada, desafiando constantemente suas habilidades, inteligência e coragem. E quanto a você, seria capaz de guardar o maior segredo de todos os tempos?





Em o Circulo de pedra, temos cinco personagens principais: Rafael, Marc, Chester, e os irmãos Daniel e Margaret. E o mais curioso é que apenas um dos personagens principais é Brasileiro, Rafael. Mas isso não influencia em nada no decorrer da história.

Na ilha da Coroa, temos uma das escolas mais rígidas, a escola do internacional do Atlântico, para entrar nessa escola precisa ser muito inteligente, eles escolhem a dedo seus alunos. Ao entrarem nessa escola, os alunos percebem que ela não é bem aquilo que aparenta, e são envoltos por vários mistérios.

Completamente curiosos, os cinco alunos embarcam em uma grande aventura para desvendar os mistérios da ilha, e eles acabam descobrindo um mundo novo, diferente e perigoso.

A cada pagina uma nova descoberta, uma nova vontade de ler mais, um livro cheio de mistérios, questionamentos, coisas fascinantes que a cada página nos fazem querer saber mais da história. Envolvente, misterioso e magnífico, são três palavras que sem duvida caracterizam bem o quão maravilhoso é o livro,

Ricardo tem uma tirada de mestre, e conseguiu compor os personagens da melhor maneira possível, são cinco personalidades e etnias completamente opostas, e mesmo assim ele conseguiu junta-las de maneira harmônica.

De inicio podemos achar que a história é confusa, devido à quantidade de informações passadas, mas a partir do momento que as coisas começam a interligar-se tudo passa a fazer sentido, ai você pensa: “Caramba! Era isso”.

Com toda certeza foi um livro que me surpreendeu, posso dizer que do inicio ao fim, o final nos deixa com aquela vontade de mais, uma boa tirada para o segundo volume.

Você acha que já sabe suficiente do livro depois de ler sua sinopse? Errado!!! A quantidade de história por trás do livro, não é nem um pouco revelada na sinopse, e eu particularmente achei isso fascinante. Pois a cada página, uma nova emoção e uma grande surpresa. Apenas tome cuidado para não criar expectativas não correspondentes ao verdadeiro conteúdo do livro.

Lendas, mitos, mistérios, dúvidas, questionamentos, magia, segredos... Pronto para tudo isso? Então leia O Circulo de Pedra e descubra qual o maior segredo de todos os tempos.

Confira a resenha do Gabriel do blog Corações de Neve

Resenha: Entre dois Mundos - Lígia Miraglia

  • Autor: Lígia Gama Miraglia
  • Editora: NOVO SECULO
  • Nº de Páginas: 400
  • Nota: 5/5


Sinopse: Alicia Martelli nunca mais seria uma pessoa normal depois de ter fugido da morte. Sua vida que antes era calma e sem nenhum imprevisto, hoje mais parece com uma tragédia grega. Raul, o seu melhor amigo, está ao seu lado lhe confortando de todas as lembranças ruins que a perseguem, mas, ele não a livrará do descontrole e da beira da loucura, já que Alicia descobre um mundo paralelo para o qual deve algo. E Noah, o anjo da morte, faz de tudo para que ela não se esqueça dessa dívida.

Será que esse seria o seu fim? Estaria ela predestinada a ser uma maluca em mais um dos corredores dos hospitais psiquiátricos ou a ter seu nome estampado em uma lápide? 

Logo de inicio fiquei fascinada pela linda capa, apesar de simples, após ler a sinopse desejava veemente esse livro, quando comecei a ler pude perceber que ele era mais do que eu esperava.

A autora coloca a tona um assunto muito curioso que a maioria das pessoas gostaria de saber: O que acontece com uma pessoa ao sair do coma? Existem muitas histórias de pessoas que começaram a ter uma perspectiva de vida diferente após sair do coma, quero dizer, começaram a enxergar coisas que pessoas normais não conseguem, como por exemplo, fantasmas, vultos, anjos, demônios, são infinitas possibilidades. Acho que estou complicado a cabeça de vocês certo? Bom, após terminar o livro, fui procurar alguns textos relacionados ao tema, e o que encontrei? Vários relatos dessas pessoas, mas nenhuma explicação do porque isso ocorre. Em Entre dois mundos, temos várias explicações que vão interligando se, com relatos de pessoas que no decorrer da trama Alicia vai conhecendo.

Bom, Alicia é a personagem principal, e a garota que entra em coma após sofrer um acidente com seus pais, o mesmo acidente que tira a vida de seu irmão mais novo, Léo.

Após mais de um mês ela acorda e descobre que seu querido irmão havia falecido, ela fica espantada, afinal Léo havia ficado com ela durante o tempo que passara em coma. É quando ela passa a enxergar os “homens de preto”. Após algum tempo tentando viver uma vida normal, Alicia se incomodada demais com aqueles homens por todos os lados, dentre eles, um se destacava, esse era Noah, durante o livro, ela fala dos seus olhos assustadores de uma forma tão convincente que eu me arrepiava.

Depois de um tempo Noah começou a se comunicar com ela, e confesso que o achei fascinante, maduro, sedutor e absurdamente lindo, afinal ele é um digno bad boy, e todos sabem que eles me fascinam.

Alicia conta com suas queridas amigas: Karen e Nicole, e claro com seu querido amigo de infância Raul, mas essa amizade deles se transforma em algo mais forte e acaba brotando um belo amor, Raul fica sempre com ela ajudando-a superar os obstáculos que ela terá que enfrentar, e principalmente ajudando a descobrir quem eram esses homens de preto, ou melhor, o que eram. E claro, sempre que dorme, ela sonha com seu querido irmão, Léo sempre a conforta e lhe dá forças.

Raul é um personagem maravilhoso, digno de apaixonar-se. Lindo e romântico. 

Com relação a trama, mal tenho palavras para dizer o quanto magnífica é, escrita da melhor forma possível, com diálogos fáceis de ser entendidos, com uma história de matar, e com um final completamente digno, nos deixando com aquele gostinho de quero mais Noah.

Se o que você procura é um sobrenatural com aquele suspense e romance de arrebatar? Leia Entre dois Mundos.



Lançamentos (Fantasy - Casa da Palavra)


Olá lindinhos, tudo bom? Estou com uma ótima novidade, um ótimo livro da Fantasy - Casa da Palavra. Vamos saber um pouco sobre Filhos do Fim do Mundo do Fábio M. Barreto?



SINOPSE:
QUANDO AS CRIANÇAS DO MUNDO PARAM DE NASCER, UM REPÓRTER SE PREPARA PARA SUA ÚLTIMA MATÉRIA SOBRE O COMEÇO DO FIM DO MUNDO.
É meia-noite quando a humanidade é surpreendida pela notícia: todas as crianças nascidas nos últimos 12 meses morreram misteriosamente. Descobrem também que plantas e filhotes também morreram. Um repórter responsável por cobrir os eventos preparativos para o fim do mundo, deixa sua esposa grávida em casa, partindo para uma perigosa missão investigativa, em que terá de enfrentar grandes desafios para proteger aqueles que ama.
Em Filhos do fim do mundo, acompanhamos a saga de um repórter tentando se equilibrar entre sua função de pai e jornalista em meio ao caos pré-apocalipse. As catástrofes se misturam com a tensão psicológica do personagem em um envolvente romance que vai encantar os amantes de ficção.

SOBRE O AUTOR:
Fábio M. Barreto é escritor, jornalista e cineasta. Criado nas redações de O Estado de S. Paulo e Jornal da Tarde, dedicou a carreira à indústria do entretenimento. Trabalhou e publicou conteúdo em grandes veículos de imprensa como Sci-fi News, CNN e Brainstorm #9. Entrevistou dezenas de grandes nomes da indústria de Hollywood, de J.J. Abrams a Neil Gaiman, e foi responsável pela criação da JediCon e do SOS Hollywood. Hoje é membro de um dos podcasts de cultura pop mais famosos da internet brasileira, o Rapaduracast. Atualmente, reside em Los Angeles, Califórnia.


Adicione o livro a sua estante no skoob.
Saiba onde compra-lo clicando aqui
Twitter do autor: @soshollywood

Lançamentos de Janeiro (Editora Novo Conceito)

Oi amores *-* tudo bom? 2013 chegou \o/ e adivinha? A Novo Conceito está cheia de novidades para nós, quem quer conferir?

Fonte: http://princesa-descolada-myla.blogspot.com/2013/03/paginacao-numerada.html#ixzz2j39CpByO