Resenha: O Advogado da Vida - Jean Postai


  • Autor: Jean Postai
  • Editora: Novo Século
  • Páginas: 416
  • Skoob
  • Nota:  

Quando começa o direito à vida? Essa pergunta fica quase impossível de ser respondida quando o médico Arthur Galanidel é preso por supostamente realizar abortos ilegais em sua clínica, inclusive em uma menor de idade. O advogado David é escalado para defender o caso, sofrendo a pressão da imprensa e da sociedade, que discutem se uma mulher tem ou não o direito de abortar e se o médico é ou não um criminoso. Será que David conseguirá convencer os jurados a inocentar o médico? Em quais situações é permitido a uma mãe optar por dar ou não à vida a seu filho? Neste emocionante thriller jurídico, as perseguições, tramas e provas são misturadas a todo momento, criando um romance fantástico, de tirar o fôlego. Tudo isso para, no final das contas, o caso ser julgado por sete jurados que decidirão onde começa e até onde vai o mais fundamental dos direitos: o direito à vida.

Bom, durante o decorrer do livro nos deparamos com Dr. Arthur, um médico conceituado que tem uma clinica de alto nível, porém o mesmo vem fazendo abortos ilegais para pessoas ricas, ele acredita que a decisão sobre o aborto cabe apenas aos pais. 

Ao me deparar a este ponto do livro, pude refletir a respeito do assunto e entender um pouco mais sobre o alvoroço do aborto. Após a leitura continuo com meu ponto de vista centrado, sou completamente contra. Não temos o menor direito de tirar a vida de um serzinho inofensivo, não cabe a nós – ok, não vem ao caso o que eu acho sobre. 

Regidos pelo desejo de uma boa matéria, dois jornalistas – diga-se de passagem, mestres jornalísticos, que tiveram uma tirada de mestre ao arquitetar o plano para desmascarar o médico – passam-se por pais querendo fazer um aborto, e acabam incriminando Arthur, que é preso. O caso do médico que realizava abortos ilegais foi parar na imprensa, causando um grande alvoroço. 

A história começa a ganhar forma quando Arthur contrata o jovem advogado, David. A partir daí contamos com uma história alucinante, cheia de suspense e ação. Será que David conseguira inocentar Arthur? 

O que mais me impressionou no livro, foi a capacidade do autor em escrever um Thriller tão magnífico, abordando um tema tão difícil de ser lidado – que a propósito ele soube como lidar. Durante o livro temos várias tiradas jurídicas, o que enriqueceu drasticamente à leitura, e por consequência tornou-a muito mais interessante. Por vários momentos pude me envolver e acreditar fielmente que estava julgando a conduta do acusado – brincando de advogada – e me envolvendo demais com a trama e os personagens. 

Jean em momento algum quis nos forçar a acreditar em dogmas, ele expôs vários pontos de vista e nos deixou escolher qual queríamos defender. Cada pagina foi construída de maneira majestosa para que tudo fizesse sentido, apesar de agregar uma linguagem mais formal em certos momentos a leitura flui de maneira natural. 

O livro aborda um tema polemico, ou seja, pode não agradar todo mundo, afinal o tema divide as opiniões, muitos são contra e muitos a favor. Mas, se você quiser ler esse livro, aconselho a não ir com nenhuma opinião muito formada, para que você possa aproveitar e extrair o máximo do livro, e ao final da leitura perceber se todos os seus paradigmas foram quebrados. 

E você é a favor ou contra o aborto? Até onde vai o direito a vida? O aborto é decisão do estado, ou da mãe? Abortar é um caso de amor ou covardia? O aborto legalizado pode trazer consequências para nossa sociedade? Se o aborto for legalizado, as mulheres não passariam a usá-lo como um método contraceptivo? 

Quero saber a sua opinião sobre esse tabu.

14 comentários:

  1. Oi amiga!

    A sua resenha está excelente, parabéns!
    Eu estou lendo esse livro, estou gostando bem da leitura. Eu também sou contra o aborto... fico tentando me colocar no lugar de uma mãe que sabe que o bebê está com algum problema já na gestação... e acredito muito em Deus, que Ele pode curá-lo. Nunca tiraria de mim um ser que Deus me deu. E, com certeza.. as mulheres usariam isso como um método contraceptivo... elas já fazem isso hoje em dia, de forma mais comum tomando chás, etc... acho que só quem tira a vida de alguém é Deus... independente do motivo. Não sei, é polêmico demais isso... complicado.

    Beijos,

    Marcelle

    ResponderExcluir
  2. Oie Keh...
    Eu adoro os livros que tratam o aborto.
    Confesso que a capa e a sinopse desse livro nada me chamaram a atenção, mas sua resenha me deixou bem curiosa quanto a ele.
    Adorei!!

    Beijos,
    http://www.segredosentreamigas.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi flor!
    Estou bem curiosa pra ler esse livro. Primeiro porque adoro um thriller, segundo porque a temática é realmente delicada e acho interessantíssimo analisá-la sob vários pontos de vista. Também, adorei seus elogios sobre a habilidade do autor ter sabido como desenvolver a história.
    Eu estou com você, sou completamente contra o aborto. Ainda assim, gostaria de, como já disse, ver a situação por outros ângulos.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. Olá pessoal!
    Adorei a resenha, muito obrigado pela oportunidade.
    E espero que cada vez mais vocês gostem e se encantem pelos Thriller Jurídicos! rsrs

    Um abraço!
    Jean Postai

    ResponderExcluir
  5. Ola, achei o livro e a historia bem interessante.
    É dificil, dizer que leria, pois não faz muito meu gênero.
    Mas é um bom livro. Adorei tua resenha.
    bjs

    ResponderExcluir
  6. A resenha ficou boa, e o livro parece ser bem interessante, mas não me deu vontade de ler. E olha que sou apaixonada por seriados neste estilo!

    Admiro o autor por ter ousado trabalhar com um tema tão polêmico.

    Beijos

    http://sybilspage.wordpress.com/
    http://sakecomsal.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Gostei muito da sua resenha, me deixou louca de curiosidade pelo livro.
    Gosto de livro com temas polêmicos, que podem agradar ou não.
    Beijos

    cocacolaecupcake.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. A capa do livro é muito linda, mas, confesso que não compraria o livro pelo nome. Rsrsrrs'
    Sua resenha está ótima, muito bem elaborada.
    Beijo
    Gabriel - Corações de Neve

    ResponderExcluir
  9. Não vejo a hora de ler esse livro, mas ainda não chegou aqui D:
    Gostei bastante da sua resenha, confirmou a ideia que eu tinha sobre o livro. Gosto de ler livros sobre julgamentos e advogados, sempre fico super entretida com a história!

    Beijos,
    http://pitadadecultura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Quando comecei a ler, logo pensei : O advogado do diabo ¬¬ nãããõoo, é da vidaaa \o/ que maneiro. Muito interessante a sinopse, capa linda. Pena que eu tô sem grana e são muitos na fila para comprar rsrsrs mas adorei.

    Bjinhos
    http://omarcapaginas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Que ótima resenha!
    Esse livro parece muito bom, gosto de livros desse tipo e tenho certeza que iria adorar esse!
    Um beijão
    Lara - Magia Literária

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Julguei o livro pela capa e acho que vou ler.
    Adorei sua resenha, deu vontade de ler.
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Amo livros polêmicos! huahuhuahuahu. É um tema bastante dificil de ser debatido pois geralmente que é a favor ou contra é totalmente inflexível sobre a aceitação da opinião contraria. Eu sou contra desde que não seja em casos extremos como por em risco a vida da mãe e da criança, em casos de estupro, etc... Vai de cada um.
    Tem meme pra você lá no blog!

    @carlosmagno_ecb
    http://cantinadolivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá! Parabéns pela resenha, adorei. Creio que você salientou todos os pontos que chamam a atenção do leitor. Gosto de ler sobre temas polêmicos e um bom triller sempre me atrai. Quanto ao tema, eu respeito os dois lados e opiniões.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Sua opinião é de extrema importância.
Sinta-se a vontade para deixar sua sugestão, crítica, dúvida, opinião, etc.
Mas lembre-se, seja educado com seus comentários e dispense palavras de baixo calão, pornografias e qualquer outro tipo de preconceito.
Deixe o link do seu blog ou qualquer outro tipo de contato para que eu possa retribuir sua visita.

Obrigada pela visita, volte sempre que puder.
Beijos!

Fonte: http://princesa-descolada-myla.blogspot.com/2013/03/paginacao-numerada.html#ixzz2j39CpByO