Resenha: As Regras da Sedução - Madeline Hunter


  • Editora: Arqueiro
  • Autora: Madeline Hunter
  • Páginas: 272
  • Nota: 
  • Skoob

Lorde Hayden Rothwell chega à casa de Alexia Welbourne sem aviso e sem ser convidado – um homem poderoso e sedutor, movido por interesses obscuros. Sua visita anuncia a ruína financeira da família de Alexia e o fim das esperanças da jovem de um dia conseguir um bom casamento. Para se sustentar, a moça recebe a proposta de ser dama de companhia de Lady Henrietta Wallingford e preceptora de sua filha. O problema é que a oferta vem do sobrinho de Henrietta, ninguém menos que lorde Hayden.
Morando na casa da tia de Rothwell, Alexia descobre que a proximidade com o homem que destruiu sua família pode ser perigosamente irresistível. Num gesto impensado, ela se entrega a ele, e ambos se veem obrigados a se casar. O que Alexia não sabe é que os atos aparentemente arrogantes de seu belo e sensual marido são motivados por uma dívida de honra que pode levá-lo a sacrificar tudo.
Com tantas mágoas e segredos entre eles, o casal tem tudo para se manter afastado. Mas Hayden é um homem apaixonante e Alexia, a tentação que o faz perder a cabeça. Morando sob o mesmo teto, eles acabam se aproximando e, juntos, vão descobrir um jogo de sedução em que cada um faz as próprias regras.

De inicio devo colocar que Madeline escreve da forma mais elegante possível, mas não pense que isso torna a leitura cansativa. A história é completamente envolvente, regada de romance, amor, paixão e muitas intrigas. Uma narrativa gostosa, que flui completamente, tanto que o li em dois dias – pois precisei parar para viver!

Conhecemos neste primeiro livro, a querida Alexia Wellbourne, uma moça que teve muitos problemas financeiros com a família, levando-a assim a morar com seus primos em uma luxuosa mansão. Uma mulher sem esperanças de um dia se casar, mas a vida dá voltas, não é mesmo?

Conhecemos também o sedutor, misterioso e enigmático Lorde Hayden Rothwell. Ele chega à casa de Alexia para anunciar a ruína financeira da família, e acabar com as esperanças de ser feliz da moça. O que não esperávamos era que Alexia fosse se envolver e se entregar ao poder de sedução do Lorde Hayden.

“Inconscientemente” Alexia acaba se entregando ao Lorde Hayden, o que a faz ser obrigada a casar com ele. Hayden é um homem completamente guiado pelas atitudes malévolas do pai, mas apesar das diferenças ele acaba encontrando em Alexia seu porto seguro, sua fuga. E apesar de arrogante e misterioso eles acabam se aproximando e desfrutando de uma vida, onde Alexia descobre o poder do sexo na relação dos dois.

Um romance cheio de altos e baixos, com uma narrativa encantadora, a autora conseguiu nos tele transportar a um tempo onde às pessoas eram ricas, frias, calculista, orgulhosas, viviam de aparências, tradicionais ao extremo e completamente fechadas a tudo que contrariasse suas crenças.

E devo dizer que acima de tudo que o livro é muito bem escrito, cada cena é de tirar o fôlego até dos mais exigentes.

Madeline Hunter é magistral em atrair os leitores para a história e a criar personagens extremamente reais e emoções poderosas.
- Booklist


Sorteio: A Linhagem - Camila Dornas


Para participar é só seguir as regras:
  • Seguir os blog Paixão Literária publicamente via google Friend Connect.
  • Curtir a Fan Page do Livro
  • Compartilhar o Banner no facebook (Link do Banner aqui)
  • Residir no Brasil.
  • Preencher o formulário Rafflecopter abaixo:

a Rafflecopter giveaway


ATENÇÃO!
  • O livro será enviado em até 30 dias após o termino da promoção.
  • O(a) vencedor(a) terá o prazo de 48 horas para responder o e-mail. Caso isso não aconteça, um novo sorteio será realizado.


O sorteio será realizado dia 28/05/2013.
Que a sorte esteja sempre a seu favor.

Resenha: Jesse Chesnutt - Leonardo Faig



  • Autor: Leonardo Faig
  • Editora: Novo Século
  • Nota: 
  • Skoob

Milton, Flórida. 20 de abril de 2012. Uma data fatídica na vida de muitas pessoas. Dentre elas estão os membros da família Kirk, que subitamente sofrem ataques de pessoas que, infectadas por um misterioso vírus, se tornaram criaturas agressivas. Sedentos por sangue, os infectados invadem casas, destroem lojas e causam o caos na cidade. Jesse é um dos sobreviventes deste aterrador acontecimento e consegue fugir dessas criaturas. No caminho, encontra Kevin e Brian, também determinados a sobreviver, e juntos, munidos de armas e uma Ferrari, os sobreviventes partem em busca de respostas e de uma possível cura. Porém, estes acontecimentos podem ser o estopim de algo muito maior que estava para vir. E o misterioso planeta T12 pode ser a grande chave para desvendar este terrível vírus.


De inicio somos apresentados a um caos em Milton, Flórida. Onde um vírus desconhecido se alastrou e várias pessoas foram infectadas, transformando-se em “mortos-vivos”, que são chamados no livro de "Infectados", mas suas características básicas são bem semelhantes as dos conhecidos e queridos zumbis.

Apesar de a cidade estar praticamente toda devastava pelo vírus, ainda podemos encontrar alguns sobreviventes, como: Jesse, um garoto normal que acaba perdendo grande parte da sua família para esse vírus devastador. Tentando sobreviver Jesse encontra Kevin e Brian em uma Ferrari roubada, o garoto se junta e eles em uma espécie de galpão, onde outros sobreviventes se encontram, procurando a cura para aquela “doença” e assim sair da cidade sãos e salvos, o que eles não sabem é que há muito mais mistérios envolvendo essa epidemia.

Os sobreviventes saem do galão periodicamente em busca de comida, remédios e meios básicos para sua sobrevivência, encontrando no caminho diversos “infectados”. A busca pela sobrevivência se torna algo complicado, ainda mais quando Jesse se junta ao grupo, ele é um garoto muito fraco e sem muitos pontos positivos, às vezes faz coisas que prejudicam demais o grupo, talvez por impulso. Está longe de ser um herói, mas aos poucos vamos notando que o mesmo acaba se tornando mais maduro, e a vontade de viver vai falando mais alto.

Leonardo descreve muito bem os cenários e principalmente os infectados, sua aparência amarelada/esverdeada é de dar calafrios. O enredo foi extremamente bem construído deixando os leitores cada vez mais ligados à história. O Desfecho foi fabuloso, fomos inseridos ao planeta T12 de forma majestosa, e tudo começou a fazer sentido, é impressionante como o autor conseguiu criar uma ponte juntando cada parte da história.

Um ótimo livro para pessoas que gostam de ação, e também de uma leitura rápida.

Resenha: Trilogia Fariewalker

Títulos:
1 - Glimmerglass - O Encontro De Dois Mundos (296 páginas)
2 - Shadowspell - O Misterioso Reino de Avalon (280 páginas)
3 - Sirensong - O Perigoso Chamado da Rainha (344 páginas)

Autora: Jenna Black
Editora: Universo dos Livros
Estrelas: 4



 Dana Hathaway ainda não sabe, mas vai acabar se metendo em apuros quando decide que é a hora de fugir de casa para encontrar seu misterioso pai na cidade de Avalon: o único lugar na Terra onde o mundo real e o mágico se cruzam. No entanto, assim que Dana põe os pés em Avalon, tudo começa a dar errado, pois ela não é uma adolescente comum – ela é uma faeriewalker, um indivíduo raro que pode viajar entre os dois mundos e a única pessoa que pode levar magia ao mundo humano e tecnologia a cidade de Faerie. . Não demora muito e Dana envolve-se no jogo implacável da política do mundo da magia. Alguém está tentando matá-la, e todos parecem querer alguma coisa dela, desde seus novos amigos e da família até Ethan, o lindo garoto com poderes fantásticos com quem Dana acha que nunca terá uma chance… Até ter uma. Presa entre esses dois mundos, Dana não sabe bem onde se encaixa ou em quem pode confiar, muito menos se sua vida um dia voltará a ser normal.


Magia, ilusão, ameaças... Dana descobrirá o preço da liberdade O reino de Avalon nunca mais será o mesmo. Um grupo de caçadores bárbaros liderados pelo poderoso Erlking está a caminho do reino e promete causar a destruição total do único lugar em que humanos e feéricos convivem em harmonia. Porém, nem tudo está perdido. Dana Hathaway, uma faeriewalker com a capacidade rara de viajar entre os dois mundos e a única pessoa que pode levar magia ao mundo humano e tecnologia ao reino de Faerie, é obrigada a selar um pacto sombrio com o Erlking, que pode colocar a perder todos os seus poderes, deixando-a vulnerável perante um inimigo sedutor. Magia, sedução e muito suspense estarão presentes na vida de Dana, que nunca mais será a mesma...


Sirensong é o terceiro livro da série Faeriewalker. Neste volume, Dana é convidada a ir a Faerie para ser oficialmente apresentada à Corte Seelie. Porém, Titânia, a rainha, a quer morta. O convite não pode ser recusado e Dana, seu pai e seus amigos rumam a uma viagem cercada de perigos, ataques, ameaça e medo. Será que ela conseguirá vencer esses desafios? Uma saga surpreendente, recheada de aventuras e romance. 


Hoje estou aqui para fazer algo um tanto diferente, essa resenha será sobre os três livros da série Fariewalker, da autora Jenna Black.

A história gira em torno de Dana, uma garota que, para fugir da vida que leva com sua mãe (uma mulher alcóolatra), muda-se para a Inglaterra atrás de seu pai, na cidade de Avalon, ela descobre o quão poderosa é e que o jogo político de lá irá coloca-la em risco.

Eu comecei a ler o primeiro livro (óbvio, né Maria...tu ia começar pelo terceiro???) sem muitas expectativas, era aquele tipo de leitura para passar o tempo e realmente, o livro começou sem algo muito importante que me fizesse ficar interessada logo de cara.
Até porque, a temática é de fadas, e se tem um ser mítico que eu nunca gostei é de fadas, e isso inclui Tinker Bell. Então este foi o primeiro (e único) livro que eu li com esse tema, e até que foi uma boa leitura.


O que eu gostei foi da maturidade de Dana, por ter que cuidar de sua mãe, ela cresceu muito mais cedo que as outras garotas de sua idade e por isso adquiriu tanta responsabilidade, e um certo sentimento de proteção em relação às outras pessoas. É assim que Dana é, uma garota superprotetora para com as pessoas que gosta e isso acaba fazendo com que ela tome certas decisões complicadas.

O que me surpreendeu bastante foi os personagens secundários, a autora soube escrevê-los de forma plausível (mesmo se tratando de um romance sobrenatural), e soube coloca-los e introduzi-los na história no momento certo. Kimber se tornou uma melhor amiga perfeita para a Dana, por ser tão diferente e ao mesmo tempo tão compreensiva e prestativa.
Já seu irmão, Ethan, é o tipo de playboy, conquistador e queridinho por todos que, obviamente, faz todas as garotas suspirarem por ele, e isso não exclui a Dana. Só que, eu já fiquei com o pé atrás com ele. Nos dois primeiros livros eu não fui muito com a cara dele, pelo fato dele ter sido muito....son of a bitch no primeiro livro. (Não é spoiler, isso já tá na cara)

O pai da Dana – Seamus – é tão diferente e ao mesmo tempo tão parecido com o resto dos pais. Ele aparenta ter uns 25 anos, por conta de sua natureza fae, mas é superprotetor, dá ordens à torto e à direita, e parece fazer coisas que não fazem sentido algum para Dana. É um cara poderoso, tanto em Avalon, quanto em Faerie (a terra das Fadas), está totalmente ligado à política e é um dos caras mais estrategistas e espertos que eu conheci, mesmo que nem tudo que ele planeja dê certo, isso em grande parte já é culpa da Dana e sua necessidade quase obsessiva de proteger os outros e esquecer de si mesma.

Já no segundo livro temos a forte presença de Finn, um fae que se torna o guarda-costas de Dana, ele é muito poderoso e não é um homem de muitas palavras, mas é notável que ele se importa com Dana e cuida bem dela. Aparece também, Keane, filho de Finn e seu instrutor de defesa pessoal. Keane tem um estilo um tanto rebelde e após conversar com algumas leitoras, me pareceu que todas acharam que ele seria um adversário de Ethan, e ele realmente é um adversário de Ethan, a divergência e antipatia entre eles é quase palpável, a qualquer momento você acha que eles vão chegar ás vias de fato. Mas toda essa inimizade não é pelos motivos óbvios.

E o Erlking....ou Araw, como prefere ser chamado por Dana. Erlking é um ser mítico a parte, totalmente diferente de tudo que se já viu. Ele é mau, mau mesmo e mata as pessoas a sangue frio, ou pelo menos é isso que todos pensam a respeito dele. Mas é claro que, com Dana, ele é um cara um tanto diferente, ele tem emoções e ações quase humanas perto dela e é impossível você não se perguntar: Qual é a dele?
Minha opinião foi que, a autora deveria ter explorado mais o Erlking, nós terminamos a trilogia ainda sem entender bem o que ele é e porque ele faz o que faz, não sei se era essa a intenção que ela tinha, mas conseguiu me deixar bastante curiosa.

No terceiro livro mais novos personagens são inseridos, como a rainha Titânia, da Corte Seelie, a misteriosa Elizabeth e o egocêntrico e detestável príncipe Henry.
Para mim, o terceiro livro não foi o melhor livro da trilogia, eu fiquei com um gostinho de quero mais e mesmo achando que a autora escreveu as coisas um tanto rápido demais, deu para compreender a história e dar adeus à essa trilogia tão legal.

Neste livro, temos um notório amadurecimento de Ethan (aleluia, Senhor!), ele percebe que aquele cara de antes era muito egoísta, arrogante e prepotente, e com os traumas que arranjou no segundo livro, consegue evoluir para uma pessoa que preste. Era para esse ser o mais triste de todos os três livros, e mesmo tendo partes que parece que tudo está acabado, não foi. Achei as atitudes de Dana muito louváveis e nota-se que ela aprendeu o jogo de política com o pai.

O final não foi um dos convencionais em que todos saem satisfeitos e felizes, mas foi um final bom, que não deixa óbvio o que pode acontecer no futuro deles, estão apenas vivendo um dia de cada vez.

A maior lição que tirei da trilogia é: Não importa o quanto você ama alguém, se ela não quiser, você não pode ajuda-la/salvá-la/muda-la.

Essa é o tipo de série que seria boa se virasse filme, seus acontecimentos são rápidos e a autora sabe lidar bem com as situações, descrevê-las com os detalhes certos e colocar nossas emoções em pauta junto com as da protagonista. Recomendo para qualquer pessoa que goste de livros adolescentes e com a temática sobrenatural.

Jenna Black me surpreendeu com essa trilogia, mostrou ser uma autora completa e que sabe bem aonde quer chegar. Dou quatro estrelas para a trilogia!


 Até a próxima,
Beijos da Mah! *muáh*










Projeto LAN// Divulgando: Denise Flaibam e Gusttavo de Assis


Olá gente, como vocês estão? Hoje vamos conhecer mais dois autores nacionais.
Quero também pedir desculpas pela demora em postar os nossos autores da LAN, eu e as blogueiras estávamos com alguns problemas, mas vamos retornar agora.

Resenha: Feita de Fumaça e Osso

Título: Feita de Fumaça e Osso
Autora: Laini Taylor
Editora: Intrínseca
Páginas: 384
Ano: 2012
Estrelas: 





“Não são só o cabelo azul e as várias tatuagens que fazem de Karou uma garota diferente. Ela são se lembra dos pais e, criada no covil de um demônio, não entende por que uma criança humana foi acolhida ali. Muito menos sabe o verdadeiro motivo por trás das estranhas missões que desempenha para seu protetor, recolhendo dentes ao redor do mundo. Em um instante ela pode estar fazendo rascunhos no Liceu de Arte em Praga e, minutos depois, estar no metrô de Paris, carregando presas de elefante, ou em Marrakech, negociando com um mendigo. Não é exatamente normal, mas em um universo que anjos são seres temidos e o preço da magia é a dor, essa é a única vida que ela conhece. Pelo menos por enquanto.”




É com grande êxtase e prazer – eufemismo, por sinal – que digo que esse foi o MELHOR livro que eu já li.
Feita de Fumaça e Osso foi o primeiro livro que li da autora Laini Taylor e meu único arrependimento foi ter protelado tanto para iniciar a leitura. PER-FEI-ÇÃO.

A autora soube misturar todos os temas que eu gosto: Mocinhas fortes e independentes, mistérios, sobrenatural, guerra e um pouco de fantasia que não faz mal a ninguém. Além disso, ela encheu o livro com belas paisagens, fatos históricos e principalmente: lições. Eu lia avidamente as páginas e me segurava para não pegar um marcador e começar a passar sobre os trechos que eu amava ou me identificava. Eram tantos, e com tanta variedade e eu amava cada um, nem sempre aceitando-os, mas amando-os. E isso tornou-se a maior lição que o livro poderia me dar: Que só porque você não aceita algo, não significa que não o ama; E que, a maior magia de todas, é a esperança. Simplesmente ela, algumas vezes geradas pela dor e outras pela dor. Mas sempre ela.

No começo do livro, vemos Karou, uma garota humana de nome estranho e com algumas características mais estranhas ainda: Seus cabelos são azuis, e não é pelo método da tinta. Seu corpo é repleto de tatuagens, também não feitas pelo método da agulha e ela está dividida entre dois mundos. A jovem de dezessete anos não sabe nada sobre sua existência, com exceção das pessoas que a criaram: demônios, ou quimeras, como preferem ser chamados. E é impossível você não se identificar com os questionamentos de Karou, e seus pensamentos sobre sua vida e o que ela pensa a respeito das coisas.

Percebi que muita gente não gostou de Brimstone, pelo menos no inicio e eu entendo isso, mesmo tendo sido diferente para mim. Através de Karou, eu consegui sentir e presenciar tudo aquilo que Brimstone representava para ela, a figura paterna e a base para a sua existência. E ao final do livro, você realmente vê que Brimstone foi tudo isso. Imperfeito, porém o personagem por quem mais nutri afeto. Bem mais do que Akiva...
Ah Akiva...eu não vou dizer que não gosto dele pois estaria mentindo. Akiva teve uma história linda, considerando tudo o que ele passou. Ele é um guerreiro e um homem com os sentimentos abalados, repletos de magoa e dor. E ele aprendeu a lidar com isso...pelos menos até a chegada de Karou. A partir daí, Akiva teve que aprender a lidar com seus sentimentos conflitantes, e à medida que ele descobre fatos de que nem mesmo o leitor sabia (estou falando isso porque eu sempre descubro a história inteira logo no começo do livro), nós vemos um crescimento nele.

Há tanta divergência entre Akiva e Karou, e ao mesmo tempo, eles se completam de uma forma tão linda, que até mesmo os mais céticos – como eu – passam a acreditar no verdadeiro e imutável amor. Um amor tão profundo, tão verdadeiro, que eu nem tenho a coragem de dizer que achei ele gay. Gay é um adjetivo diminuto demais para comparar este tipo de elemento. Sim...elemento.

O livro é forte, diferente de muitos dos que eu já havia lido, é estranho, esquisito, anormal e até um pouco...brutal. E não por conta de violência, mas pelo modo como ele mexe com nossas emoções a tal ponto, que você se torna um espectro. (spoiler, oi?)

Com todos os motivos que eu tinha para ficar triste ou chateada com a leitura, o único que posso listar é que haverá continuação. Mas isso não é bom? Para qualquer outro livro, seria sim. Porém, para Feita de Fumaça e Osso, que me arrebatou tão intensamente, é impossível não ficar angustiada e nostálgica. Ansiosa e nervosa. E mais um misto de emoções que me deixam á flor da pele. Eu não queria continuação, a autora poderia colocar um final e pronto, já estava ótimo para mim. Porém, na sociedade capitalista de hoje, como o mundo é movido pelo dinheiro e nós precisamos dele para saciar nossa curiosidade literária, é obvio que ela irá lançar outro livro. E algo me diz que não será mais um, e sim vários. Porque esta história é tão rica, tão recheada, a autora criou um universo tão perfeito e inimaginável, que é impossível você não querer se estender sobre todas as possibilidades.
Finalizo esta resenha dizendo que tenho orgulho de Karou pelas escolhas dela, que ela foi a ÚNICA mocinha em que eu não me atreveria a mudar qualquer coisa. E que...eu quero ser ela!

Assim que puderem, LEIAM Feita de Fumaça & Osso. É uma leitura fantástica, arrebatadora e o livro mais lindo e perfeito que eu já li desde...sempre.
Dou o infinito de estrelas a ele.

Beijo para o Akiva, Kishmish (segura as lágrimas), e para o melhor cara de todo o livro: Brimstone!








Sorteio: Não Posso me Apaixonar.


Para participar é só seguir as regras:
  • Seguir os blog Paixão Literária publicamente via google Friend Connect.
  • Compartilhar o Banner no facebook (Link do Banner aqui)
  • Residir no Brasil.
  • Preencher o formulário Rafflecopter abaixo:

a Rafflecopter giveaway


ATENÇÃO!
  • O livro será enviado em até 30 dias após o termino da promoção.
  • O(a) vencedor(a) terá o prazo de 48 horas para responder o e-mail. Caso isso não aconteça, um novo sorteio será realizado.


O sorteio será realizado dia 14/05/2013.
Que a sorte esteja sempre a seu favor.

Resenha: A Profecia de Mídria - Denise Flaibam


  • Autora: Denise Flaibam
  • Editora: Novo Século
  • Nota:  
  • Skoob
SERAFINE DELAY ERA UMA GAROTA COMUM... À sua maneira. Sua vida na sossegada Vila do Sol muda bruscamente numa noite, quando sua décima oitava primavera era festejada. Um ataque acaba forçando-a a fugir desesperadamente de monstros sanguinários e imbatíveis. Por algum motivo para lá de insano, tais criaturas queriam sequestrá-la! E enquanto mergulha de cabeça no universo mágico de Warthia e começa a entender a ligação de suas marcas com a história daquele mundo, Serafine descobre-se numa surpreendente situação: seu destino está traçado. Uma antiga profecia clama por seu espírito, e uma difícil jornada deve começar. Na companhia de um belo e rude espadachim, uma simpática garota de orelhas pontudas e um felpudo guerreiro belicoso, Serafine deve ingressar numa viagem de perigos desconhecidos, que se inicia no Norte daquele vasto continente, treinando para derrotar àquela que vem das Trevas para tudo devastar. Os Mistérios de Warthia devem ser desvendados, e Serafine é a única capaz de fazê-lo.
Eu quero morar em Warthia...

De inicio somos apresentados a doce Serafine e a sua vida aparentemente normal, se não fosse por aquelas marcas de nascença, que seus pais adotivos insistiam em esconder, pois ao se morar em Vila do Sol uma cidade completamente cética e que repudia seres sobrenaturais, não há muito que se fazer.

Há muito tempo atrás os pais de Serafine Delay a encontraram na porta de sua casa, somente depois de algum tempo foram perceber que a doce e indefesa criancinha tinha algo de diferente. A aparentemente tranquila Vila do Sol é atacada por seres místicos, os monstros sanguinários que queriam a todo custo levar Serafine com eles, por quê? Qual a ligação de Serafine com os monstros?

A partir dai temos uma história completamente envolvente, mergulhamos no universo mágico e conhecemos Warthia – o melhor lugar do mundo. Aos poucos as coisas vão se ligando e passamos a entender o verdadeiro motivo dos monstros, das marcas, de Serafine ser diferente. Somos apresentados a um universo completamente majestoso, com criaturas de tirar o folego e seres apaixonantes.

Cada personagem foi criado de uma maneira maravilhosa, com sua própria história, seu próprio povo, sua espécie e suas crenças. Denise tem uma grande imaginação para poder criar um universo diferente de tudo e completamente apaixonante.

Serafine é a única que pode desvendar os mistérios que cercam Warthia, mas não pense que ela está sozinha.

Com a ajuda de um lindo espadachim, Jarek – diga-se de passagem, um MUITO LINDO MESMO espadachim – que apesar de ser rude, sarcástico e demonstrar não ter muitos sentimentos, acaba nos surpreendendo. Jarek é capaz de fazer até a mais apaixonada donzela suspirar de amores por ele.

Contamos também com amável Ývela, a garota de orelhas pontudas, parente das lindas sereias que habitam os mais misteriosos mares, Ývela é uma moça muito corajosa e de coração puro, capaz de tudo para proteger quem ela gosta.

E contamos também com a ajuda do fofo – que ele não me veja o chamando assim – Guillian, um guerreiro de aproximadamente um metro, coberto por lindos e macios pelos brancos – com a aparência de um coelho – longas orelhas que chegavam até o chão, mas não se deixe levar pela aparência fof... simpática de Guillian, ele é um grande guerreiro e odeia que o chamem de fofo.

Um ótimo livro, não encontro pontos negativos para falar pra vocês, um cenário impecável, uma narrativa de tirar o folego e um enredo que prende até quem não gosta de literatura. É impossível não se envolver com essa história, com esses personagens.

Mistérios, batalhas, seres sobrenaturais, segredos, marcas... Apenas em Warthia podemos encontrar todos esses elementos.

Resenha: Lonely Hearts Club

Título: Lonely Hearts Club
Ano: 2010
Editora: Intrínseca
Páginas: 239
Classificação: 4/5
Autora: Elizabeth Eulberg







" Eu, Penny Lane Bloom, juro solenemente nunca mais namorar enquanto viver.
Tudo bem, talvez eu reconsidere essa decisão em dez anos, ou algo assim, quando não estiver mais morando em Parkview, Illinois, nem frequentando a escola McKinley, mas, por hora, não quero mais saber de garotos. São todos a escória da humanidade, mentirosos e traidores. 
Sim, todos eles. A essência do mal!
Claro que alguns parecem ser legais, mas, assim que conseguem o que querem, dão o fora em você e partem para o próximo alvo.
Então, cansei.
Chega de namorar.
Fim."



Que livro mais gay!

Lonely Hearts Club é apaixonante, engraçado e inteligente. Um livro que fala sobre quase todos os assuntos que nos preocupam em nossa juventude. A história é narrada por Penny Lanne, uma filha de pais viciados em Beatles e que obviamente foi batizada em homenagem à banda britânica.
No começo ela fala sobre como era sua relação com Nate Taylor, o garoto que ela acreditava ser O garoto, e então o relacionamento acaba e ela fica decidida a não se entregar a mais nenhum deles, pelo menos durante o ensino médio. É aí que surge a ideia do clube, que antes contendo apenas um membro, tornar-se algo tão grandioso que causa consequências enormes.

Penny começa a se relacionar com Diane, uma ex-amiga e essa amizade engata, há perdão, reflexões sobre as escolhas que fazemos em nome dos outros e diálogos maravilhosos. Uma, a uma, as meninas da escola McKinley vão entrando no clube e seguindo à risca suas regras, unindo-se como uma verdadeira irmandade e sendo fieis umas as outras. Não, isso não é uma história de lésbicas.
Há situações que nos arrancam gargalhadas, alguns antagonistas que nos fazem virar a cara e um carinha super fofo chamado Ryan. Fofo mesmo, e eu achei que o relacionamento dele e da Penny se desenvolveu na medida certa, considerando que ele é ex-namorado da Diane.
Penny é uma garota madura, inteligente e tem plena convicção de que seus planos darão certos, ela tem um relacionamento saudável com a família e torna-se uma líder incrível, ajudando todas as garotas do clube a terem confiança em si mesmas e descobrirem que o mundo não gira ao redor dos meninos.

Só achei que no começo a Penny foi muito boazinha, muito...fácil. Não em relação à garotos, mas ela parecia não saber impor sua vontade e falar um “não”. O bom foi que, através do livro, das aventuras com as integrantes do clube e seus pensamentos sobre Ryan e Nate, nós a vimos crescer muito e isso foi gratificante.
O livro em si é maravilhoso. Adorei a proposta da autora, adorei os personagens e adorei o enredo. Só esperava um pouco mais do final, achei que ficou faltando algo, mas isso não é motivo para desanimar a ler. Vale super a pena!


Beijos da Mah!

P.S.: Nem preciso dizer que a história é recheada por Ringo, John, Paul e George, né?



Promoção: O Livro do Amanhã

Olá gente, tudo bom?
Estou aqui apenas para avisar que está rolando uma promoção bem legal lá no face do blog.
Vamos conferir?



Prêmios: Caixa Personalizada + Livro + Moleskine
Regras para Participar: 
A frase mais curtida levará pra casa o kit, então vamos, pensem em uma boa frase, compartilhe e peça para seus amigos votarem em você (Para votar é só curtir o comentário). 

LEMBRANDO que só serão contabilizados as curtidas de pessoas que estiverem curtindo o Paixão Literária. Ou seja, na hora de pedir a curtida, peça também que a pessoa curta a página para validar o voto. 
Essa parte é de extrema importância para que seus votos sejam contabilizados, fique atento a isso.

O resultado sairá dia: 08/05/2013

Portanto, vocês tem um mês para conseguirem votos.

LEMBRANDO NOVAMENTE, que valerão apenas os comentários na postagem da Fan Page (Os comentários aqui não valeram para sua participação).

Dúvidas?

Que a sorte esteja sempre a seu favor.

Resenha + Sorteio: Esperando por Você - Susane Colasanti














  • Autora: Susane Colasanti
  • Editora: Novo Conceito
  • Nota: 
  • Skoob

É hora de iniciar o segundo ano do Ensino Médio, e Marisa está pronta para um novo começo e para seu primeiro namorado de verdade. No entanto, depois do popular Derek convidá-la para sair, as coisas ficam complicadas. Além de seus pais se separarem e de Marisa ter uma briga com seu melhor amigo, Derek ? o amor da sua vida ? a deixa desapontada. As únicas coisas que mantêm Marisa são os podcasts de um DJ anônimo, o qual parece entendê-la totalmente. Mas ela não sabe quem ele é... Ou sabe?


Marisa está no ultimo ano da escola, e não está nada fácil, ela é deprimida e sofre com distúrbios de ansiedade, e para piorar tudo, seus sentimentos estão à flor da pele, e três corações estão envolvidos na trama. Na escola temos alguns acontecimentos tipicamente Americanos, dramas adolescentes que só acontecem por lá. Como por exemplo, um Anônimo que conta tudo sobre a escola em seu Webcast*.

*É a transmissão de áudio e vídeo utilizando a tecnologia streaming media, pode ser utilizada por meio da internet ou redes corporativas, intranet para distribuição deste tipo de conteúdo.

Bom, o livro não me prendeu muito. Digamos que não é o tipo de leitura que eu aprecie, já tentei ler mais de quatro livros do gênero e a temática não conseguiu me prender, acho um saco todo esse drama adolescente, que depois de algumas páginas se torna algo tão intragável e repetitivo.

E obvio que pelo livro ser para um publico juvenil, a autora tenta se igualar a eles, e tenta expressar seus problemas de forma com que todos os jovens possam se identificar com a história – sim, vou velha talvez por isso não me identifiquei com tudo.

Porém a escrita da autora é boa, ela consegue expor todos os seus sentimentos, por esse motivo dei três estrelas, mas a trama em si, não é muito intrigante e muito menos reveladora, é algo muito clichê. Talvez eu tenha criado muitas expectativas no livro, e as mesmas não foram saciadas. Diria que é um livro para descontrair, e se você gosta do estilo, com certeza deve investir no livro.


Vamos ao que interessa, para participar do sorteio é fácil, basta seguir três simples regrinhas e preencher o formulário abaixo da postagem:
  • Seguir o Paixão Literária via GFC.
  • Curtir a nossa Fan Page
  • Curtir a Fan Page da Editora Novo Conceito
Prontinho, você está participando, sem compartilhar, nem comentar em NADA! 
Nem nessa resenha é obrigatório comentar, mas você me faria muito feliz se o fizesse. hahaha'

A promoção vai até dia 05 de Maio.

a Rafflecopter giveaway

Que a sorte esteja sempre a seu favor.

Quotes de Quinta #8


"A grandeza não está em ser forte, mas no uso correto da força... Grande é aquele cuja força conquista mais corações pela atração do próprio coração."
  • Extraordinário - R. J. Palacio

"Isso tudo me serviu de lição: agora sei que esse amor de conto de fadas não é para mim. O preço que se paga por ele é alto demais."
  • Refúgio – Harlan Coben

"Ela o consumia pouco a pouco e, quando abria um sorriso ou ria, Gabriel achava que iria pegar fogo."
  • O Inferno de Gabriel - Sylvain Reynard

"Vou ser expulso do Paraíso amanhã, Beatriz. Nossa única esperança é que você me encontre depois. Procure por mim no Inferno."
  • O Inferno de Gabriel - Sylvain Reynard

“Eu sabia, no segundo em que te conheci, que havia algo em você que eu precisava. Acabou que não era algo em você. Era simplesmente você.” 
  • Belo Desastre - Jamie McGuire

“Não é verdade essa história de que podemos enterrar o passado. De um jeito ou de outro, ele sempre consegue escapar.”
  • O Caçador de Pipas - Khaled Hosseini

"Você veste essas roupas para impressionar - falei, em tom de aprovação.
- Não, Anjo. - Ele se inclinou e mordeu de leve minha orelha. - Eu tiro a roupa para impressionar" 
  • Finale - Becca Fitzpatrick

Você Sabia? #7 Harry Potter Part. 3


Olá gente, venho trazer pra vocês uma listinha com 10 coisas que vocês não sabem sobre Harry Potter. Semana que vem volto com mais curiosidades. Confira a Part. 1 e a Part. 2.

Ah e um lembrete, o nome da coluna não será mais "Curiosidades" a partir de hoje, será "Você Sabia?". Vamos ao que interessa...


21 - O segundo nome de Harry é James, o de Hermione é Jane, o da Gina é Molly (por causa de sua mãe) e o do Rony é Bilius.

22 - O primeiro nome dos fundadores das casas de Grifinória, Lufa-Lufa, Corvinal e Sonserina são, respectivamente: Godric, Helga, Rowena e Salazar.

23 - J.K Rowling e Harry Potter tem a mesma data de aniversário: 31 de Julho.

24 - Magia não pode trazer pessoas mortas de volta para a vida. Portanto, não importa o quanto um bruxo se torne poderoso, ele nunca poderá ressuscitar ninguém.

25 - O animal em que um animago transforma-se é uma reflexão de sua personalidade.

26 - Nick-Quase-Sem-Cabeça foi decapitado por praticar odontologia errado. Ele estava tentando deixar mais liso os dentes de Lady Greeve, mas ao invés, acabou deixando-os com aparência de presas. O executor bateu com seu machado 45 vezes na cabeça de Nick, e ainda assim não conseguiu extraí-la totalmente de seu corpo.

27 - Tom Riddle foi quem matou a Murta Que Geme, pelo basilisco.

28 - Há mais coisas por trás de tia Petúnia do que imaginamos, mas ela não é uma decepção – o fruto de uma família de bruxos que não consegue praticar magia si mesmo.

29 - Uma guerra tomou lugar no mundo mágico ao mesmo tempo da Segunda Guerra Mundial trouxa. O malvado bruxo Grindenwald foi finalmente derrotado por Dumbledore em 1945 – mesmo ano da queda de Hitler.

30 - Uma pena de escrever mágica detecta o nascimento de cada criança bruxa e registra num livro. Depois, Professora McGonagall envia uma coruja a cada criança, quando esta completa 11 anos.

Nova Parceria: Leonardo Faig autor de Jesse Chesnutt

Olá meus amores, tudo bom?
O Paixão Literária firmou parceria com mais um nacional, fiquei muito feliz com o contato do Leonardo, vamos conhecer mais sobre ele e sua obra?


"Leonardo Faig nasceu em São Paulo, em outubro de 1991. Apaixonado por livros e histórias de ficção fantástica, começou a escrever contos amadores aos quatorze anos. Obteve durante o ano de 2007 uma notoriedade na internet em virtude de um de seus contos, Assombração. Na mesma ocasião, escreveu seu primeiro livro, Máfia (não publicado). Além de escrever, Leonardo cursa bacharelado em Tradução e pretende seguir a carreira de escritor."


 Como sou uma fã de contos/livros de assombração, adorei conhecer o Leonardo.


Milton, Flórida. 20 de abril de 2012. Uma data fatídica na vida de muitas pessoas. Entre elas estão os membros da família Kirk, que subitamente sofrem ataques de pessoas que, infectadas por um misterioso vírus, se tornaram criaturas agressivas. Sedentos por sangue, os infectados invadem casas, destroem lojas e causam o caos na cidade. Jesse é um dos sobreviventes deste aterrador acontecimento e consegue fugir dessas criaturas. No caminho, encontra Kevin e Brian, também determinados a sobreviver, e juntos, munidos de armas e uma Ferrari, os sobreviventes partem em busca de respostas e de uma possível cura. Porém, estes acontecimentos podem ser o estopim de algo muito maior que estava para vir. E o misterioso planeta T12 pode ser a grande chave para desvendar este terrível vírus."

Onde Comprar:

Redes Sociais do Autor:

Top Comentarista - Abril





Olá gente, tudo bom? Resolvi fazer um Top Comentarista aqui com vocês, o que acham? E o premio será: O Livro "Lições de Vida - Anne Tyler + Marcador".

Regras:
  • Seguir o blog PUBLICAMENTE pelo GFC (Google Friend Connect); 
  • Curtir a FanPage Paixão Literária
  • Comentar nessa postagem deixando nome de seguidor e e-mail válido para contato.
Esclarecimentos:
  • Comentários que não dizem respeito ao post, ou do tipo: "Gostei" não serão contabilizados;
  • Só serão válidos comentários nas postagens de Abril (01/04 à 30/04);
  • Em caso de empate será feito um sorteio pelo Random.
  • O resultado será divulgado dia 03/05 e o prêmio será enviado em até 30 dias.

Que a sorte esteja sempre ao seu favor.

Tatuagens Literárias #5



Olá gente, bem vindos a mais um Tatuagens Literárias!
Como sou uma adoradora das tatuagens, acho lindo, esse é um dos posts que eu mais gosto de fazer, então aproveitem.
Alguém aqui tem tatuagem? Como é? Deixe nos comentários. E se for literária me envia uma foto, posto no próximo post sobre tattoos.  


Fonte: http://princesa-descolada-myla.blogspot.com/2013/03/paginacao-numerada.html#ixzz2j39CpByO