Entrevista Vanessa de Cássia + Falando sobre Batom Vermelho


Olá gente, como vocês estão? Bom, a Vanessa foi uma das primeiras parcerias aqui do blog, então desde o comecinho estou acompanhando sua trajetória, E agora, ela nos trouxe novidades: O seu mais novo trabalho > Batom Vermelho.
A Vanessa querida nos respondeu algumas perguntinhas bem interessantes, vamos conferir?



Kéziah: - Vanessa, conte-nos um pouco sobre a sua pretensão com relação a “Batom Vermelho”.

R: Hoje eu estou bem confiante, tive minhas primeiras vendas esgotadas! Fiquei surpresa quando a Literata me passou isso! Mas de início confesso que fiquei muito receosa com o que meus leitores pensariam sobre esse tema “erótico”, sendo que, na verdade, eu sempre abordei esse assunto e me sentia livre a escrever, mas hoje sei que vão amar e sentirão a Mel da melhor forma possível! Pode apostar, homens se apaixonarão por ela, e mulheres sentirão uma parte da Mel dentro de si. É o que mais quero!

Kéziah: - Suas personagens são na maioria das vezes ruivas, isso tem alguma influencia com relação as suas madeixas incrivelmente vermelhas? Confesso que ao ler seus livros a única imagem que vem na minha cabeça sobre suas personagens é você mesma. Crio várias versões de Vanessa, e adoro isso! 

R: (risos) Na verdade, sim, poxa, tenho que honrar meu vermelho! Mas foi uma mera coincidência, pois já tinha criado a Verônica mega ruivona, mas a Mel, não tinha como não ser ruiva, no dia que tive a ideia do Batom Vermelho, foi uma ruiva que pintou em mente, então fui obrigada, isso mesmo, obrigada a fazer uma ruiva! Não vejo a Mel com outra cor de cabelo, e bem, como todos me conhecem tenho meu mundo vermelho, e como diz a diva Tammy Luciano, minha escrita é vermelha, é minha marca! Mas prometo que daqui pra frente, meus livros terão ruivas, mas não protagonistas... (risos)

Kéziah: - Lendo seus livros posso perceber o quanto você amadureceu na escrita, e como você consegue desenvolver uma história independente do tema, mas o que fez você escrever um livro mais adulto? Teve alguma inspiração?

R: (novamente risos) Quando escrevi meu primeiro livro, eu queria ter ido mais além, mas tive receio, então, quando tive a ideia do BV, que pensei em ir mais além... Mas confesso que, mesmo indo no meu “além”, foi a vinda de tantos livros hots que me libertou a escrever as cenas completas, sem medo do que pensariam de mim. Meu único objetivo foi manter o foco no sensual e não vulgar. Essa é minha escrita, e bem, inspirações? Todo dia tenho inspirações... Sexo é vida. (risos)

Kéziah: - Como você caracterizaria “Batom Vermelho”?

R: Um livro sensual. Um romance que meu objetivo é mostrar a mulher que sexo não é só para o homem, que a mulher tem que se sentir mais mulher, sendo bonita, desejável. Mulher tem que se sentir bem em tudo, não só agradar ao homem. Sem ter medo, parece que ainda existe uma regra na sociedade que sexo é pecado, que coisa, né!! Muitas mulheres se passam por santinhas, e tal, mas eu acho que a verdade, mulher tem que transparecer a todo instante. Mel veio para mostrar todos os lados da mulher, e mostrar aos homens o que é o sexo feminino. No livro tem muitas lições, acho que muitos irão transforma-se depois de Batom Vermelho. Eu me transformei. 

Kéziah: - Você teve medo de não ser aceita da forma como esperava com “Batom Vermelho”? Medo das pessoas julgarem por ser um livro mais adulto? 

R: Foi o que mais me segurou a lançar esse livro, sem dúvidas. Medo de tudo, a sociedade só sabe julgar. E julga sem ao menos conhecer! Algumas pessoas me deixaram tristes na época, dizendo para não publicar esse “tipo” de livro... Eu compreendi, só não queria entender, eu só queria que todos pudessem entender esse meu lado. Se eu aprendi, porque outros não poderiam? Alguns até me julgaram mal, mas hoje eu vejo todo meu esforço e alegria com que eu escrevi. Dediquei-me ao máximo para ser um livro perfeito. Sei que pode não ser para alguns, mas para mim é. Eu me realizei, é meu sonho, e apenas quero respeito por isso. Não desisti por meus leitores fieis, mas um dia, muitos reconhecerão esse meu jeito e serei um bom exemplo, mesmo falando de sexo!




Então gente, como já deu pra perceber, o livro da Vanessa tem essa levada hot que está super em alta. Mas como a própria disse, o livro vai mais pro sensual do que pro vulgar. Vamos conferir a sinopse?

Mel Folk, a encantadora e fogosa mulher dos olhos verdes de serpente, um ar ingênuo e ao mesmo tempo sedutor. Aquela que traz o brilho e a inocência, mas que no fundo, é um furacão de mulher. Mel não tem vergonha de seduzir, não tem medo de ser o centro das atenções. Não é a “inocente”, ela é a mais perigosa e tentadora das mulheres. Traz em seu olhar o poder de sedução e, em seus lábios, a magia do que conhece. Ela não conhece o amor, conhece apenas o prazer... Uma história onde o prazer não tem limites, o amor é um jogo cruel e a sedução, uma arma indispensável... Conheça o jeito de uma mulher fatal. A obsessão na arte de seduzir e os lábios ardentes envolvidos em “Batom Vermelho”! Descubra quão poderosa pode ser essa arma!

Vocês podem conferir vários quotes magníficos do livro, basta curtir a fan page clicando aqui.
E aqueles que estiverem curiosos para sentir "A Marca de um beijo proibido" podem adquirir seus exemplares com a própria autora, atrás do facebook (Vanessa de Cássia) ou por e-mail: vanessinha_cfa@ig.com.br
Outras formas de adquirir são pela Editora Literata ou pelo site da Saraiva.

E claro, não esqueçam de adicionar o livro a estante no Skoob, para dar aquela forcinha básica.

Bom, foi isso gente, o que vocês acharam do livro? Ah e antes de finalizar o post quero falar umas coisinhas sobre a Vanessa...

Primeiramente quero te agradecer imensamente por tudo, pelo apoio desde o inicio com o blog, por confiar suas obras a mim, por me deixar ler seus livros em primeira mão (Momento me achando). Obrigada pelas conversas, enfim... Por tudo! Te desejo todo sucesso do mundo, e sei que esse é mais que merecido. Diva dos cabelos de fogo \o/ Amo essa autora, gente! hahaha

Nova parceria: Natalia Bespaloff

Olá gente, como vocês estão? Estou trazendo uma ótima novidade aqui para vocês. O Paixão Literária fez uma nova parceria, que amor né? A querida Natalia entrou em contato conosco e conversamos um pouco, o livro dela é muito interessante, confiram abaixo e me digam o que acharam.

Atormentada pelas lembranças de uma relação amorosa que acabou mal, Svek, uma jovem de 20 anos e apaixonada por esportes radicais, foge de relacionamentos sérios e abomina tudo o que diz respeito a sentimentos. Enquanto isso, tem sonhos recorrentes e bastante vívidos com uma garota chamada Victória, em cuja pele se vê transportada a cenários de séculos passados, em situações de extremo perigo. Nesse momento de confusão, Svek conhece o enigmático Zac, que consegue despertar nela pensamentos até então inexistentes. Ela acaba descobrindo o amor na figura de uma pessoa estranhamente familiar. Um sentimento transformado em uma maldição que resistiu aos séculos, em que a despedida e a renúncia representam o maior gesto de compaixão e coragem. Invisível ao Toque é uma história intensa, romântica, emocionante e, ao mesmo tempo, divertida, graças à habilidade com que a autora consegue imprimir o seu estilo bem-humorado em diálogos e pensamentos. (www.natbespaloff.com.br)
Interessados no livro? Aqui vocês podem encontrar vários quotes muito legais que vão despertar a sua curiosidade, e também podem adquirir o livro por um precinho bem camarada, além de conhecer um pouco mais da querida Nat > http://www.natbespaloff.com.br

Adicionem também a sua estante do Skoob, para dar aquela força na divulgação: Skoob

Resenha: Terra Ardente - Janice Diniz

Nota: 5/5


Karen tem má fama na cidade. Envolvida com corridas de cavalo, dívidas que podem levá-la à falência e uma vida afetiva que segue a regra dos três encontros e nunca mais, ela não pode fracassar. No seu encalço, dois fazendeiros ambicionando tomarem-lhe a propriedade. Com a vida em risco e sozinha num lugar hostil, ela tenta sobreviver e cuidar da avó e do filho. Se for preciso, seduzirá o delegado de polícia de Matarana para protegê-la – um caubói da lei que se comporta como um xerife durão do velho-oeste americano. Mas Karen não é a única mulher em apuros. A jornalista Nova Monteiro investiga um latifundiário suspeito de aliciar trabalhadores. Abandonou o sudeste para ficar ao lado do homem que ama desde a infância. Um amor que tem tudo para não se concretizar. O que Nova não sabe, porém, é que, segundo boatos, a chuva de cinzas na estação do estio não é somente das queimadas, mas também dos corpos dos forasteiros que se metem com os poderosos da região. Assim, ela faz duas descobertas: que luta pela causa errada e que o amor verdadeiro é um sentimento bruto que pode nascer do medo. Matarana, a cidade das aparências, onde nem sempre o mocinho é bom e o vilão, mau. Um romance country contemporâneo com mulheres fortes, homens destemidos, pistoleiros, matadores de aluguel e paixões devastadoras. A humanidade posta à prova em situações-limite

Não posso começar a falar desse livro sem simplesmente comentar sobre essa maravilhosa capa. E não estou me referindo apenas ao caubói, lindo, sarado, gostoso, sonho de consumo de muitas, maravilhoso, magnifico, sensual, apaixonante, arrebatador, belo, bonito... (Duas horas depois de muitos elogios). O composto em si da capa está maravilhoso, mas não se deixe seduzir apenas pela capa, o conteúdo de Terra Ardente é também uma delicia – em vários sentidos.

Em Terra Ardente conhecemos algumas histórias distintas, Janice criou um mundo com várias personalidades, algumas marcantes, outras nem tanto. O mais apaixonante de tudo é que Janice criou um mundo verdadeiro, cheio de altos e baixos, com pessoas normais assim como nós. Não espere por monstros, bruxas, vampiros, lobos... Espere apenas por seres humanos propensos a erros e acertos.

Conhecemos Maratana, uma cidade fictícia muito bem criada, situada no norte do Brasil, próximo do Pará/ Manaus. Em Maratana, temos vários conflitos entre pessoas que prezam por poder, riquezas e afins. Um típico interior onde o dinheiro fala mais alto. Encontramos nas páginas dos livros muita sensualidade, dramas de famílias e várias disputas. O clima em Maratana lembra muito um velho oeste, além do estilo de vida das pessoas, temos também aquela temperatura sempre alta, com muito calor, onde os caubóis andam com aqueles corpos – sarados – por ai. Aposto que a essa altura, todas as meninas querem ler esse livro. Bom, então prestem atenção; Na cidade existem muitos homens de se babar, e Janice soube como os descrever, mas aposto que vocês iram se apaixonar por ele.

Rodrigo, um caubói da lei, o delegado da cidade. Apesar de parecer durão, muitas vezes Rodrigo deixou transparecer seus sentimentos e me deixou babando de amores por ele.

Conhecemos também, Karen e Nova. As duas mulheres distintas, com personalidades diferentes. No decorrer ambas conhecem o avassalador poder do amor.

Uma coisa bem interessante é o nome do livro, que no começo da história não fazia muito sentido, mas conforme as páginas iam passando podemos ligar os pontos e perceber que maravilhoso esse nome é. E como caiu como uma luva para esse maravilhoso livro.

Em Terra Ardente temos ação, humor, romance, conflitos e muito mais. Indico demais, para você que está cansado de historias sobrenaturais, de coisas que não podem acontecer conosco. Leia Terra Ardente e viaje em direção aos mais lindos caubóis da sua vida. E claro, a uma maravilhosa história, construída de maneira esplendorosa.

Resenha: Cinquenta Vergonhas de Cinza - Fanny Merkin


  • Editora: Novo Século
  • Nota: 
  • Skoob

Empurro a porta aberta e tropeço na barra das minhas calças de ginástica largas num movimento rápido e desajeitado. Enquanto tombo na direção do chão, meu corpo, por reflexo, aciona o modo ginasta. Largo a mochila e o notebook, estendo meus braços e viro uma estrela. Com o impulso conseguido com o tropeção, completo três estrelas antes de aterrissar em pé… em cima da mesa do Sr. Grey! Fico tão envergonhada com minha falta de jeito que fecho os olhos. Espera aí. Alguém está… aplaudindo? Abro meus olhos e encaro o Sr. Grey e MINHA NOSSASSINHORA DOS VAMPIROS BRILHANTES, COMO ELE É GOSTOSO!

Se você gosta de filmes de comédia, aqueles "besteirois Americanos" como: Espartalhões,  Os vampiros que se mordam, Todo mundo em pânico e por ai vai. Aqueles que são basicamente uma sátira sem cabimento de algo que se tornou mundialmente conhecido. Provavelmente vai gostar desse livro.

Nesse livro, temos uma sátira bem crazy de Cinquenta Tons de cinza, e quando eu digo crazy, estou falando ao pé da letra. É um livro cheio de passagens malucas, com coisas absurdas que estão ali justamente para criticar e avacalhar com o foco. Não espere um humor requintado, inteligente e cheio de blá blá blá. Em Cinquenta Vergonhas de Cinza, a autora vai direto ao ponto: Divertir sem limites. SEM LIMITES MESMO! - não recomendado para menores de 18 anos, por conter cenas inapropriadas.

Se você é super fã da trilogia Cinquenta Tons, por favor, não leia esse livro, pois você tem 90% de chance de se aborrecer com algumas brincadeirinhas pesadas que a autora faz. Mas se você não gostou do livro, leia e se divirta comigo.

A autora tem uma boa pegada e sabe como nos divertir com essa leitura, a todo momento eu ficava imaginando as cenas como se estivesse assistindo no cinema.

Anna Steele passa a ser Anna Steel, uma jovem desengonçada , desatualizada e completamente sem graça. Ok, até ai elas não são tão diferentes assim. Né? Mas a protagonista da parodia, consegue ter mais atitude do que a própria, e acaba tomando decisões baseadas na sua "Periguete Interior". Isso ai, você leu bem! Anna Steel não tem uma "Deusa Interior" e sim uma "Periguete Interior". Confesso que quando ela citou a tal periguete não aguentei e ri bastante. Inclusive algumas amigas me falaram: "Quem não tem uma periguete interior? Eu tenho!" hahaha

Christian Grey, dá lugar ao Earl Grey... Um homem vaidoso - ao extremo, rico e que não mede esforços para conseguir o que quer, e adivinhem? Ele sente-se atraído por Anna. Earl é um megalomaníaco com grandes delírios de grandeza, capaz de comprar até o oceano atlântico para poder andar de navio - Sério! As loucuras são tantas que Earl é pode comprar o mundo se quiser. Ele consegue ser mais irritante do que o Christian.

Eu aconselho você a ler Cinquenta Tons primeiro, pois a cada cena você poderá comparar os acontecimentos e se divertirá muito mais. Ah, como todo besteirol Americano que se preze, o livro não faz menção apenas a Cinquenta Tons, mas também a Crepúsculo e outros.

As cenas são tão absurdas que chegam a ser extremamente hilárias. Conforme o tempo passava eu me perguntava: WTF? 

Quem ai ficou interessado em ver Earl Grey dominar a vida de Anna? Literalmente! hahahaha'

Aviso!

Oi gente, tudo bom?
Estou passando simplesmente para avisar vocês de algumas mudanças na minha vida. Estou em processo de mudança de estado, então as coisas aqui estão bem apertadas, com empacotamento das coisas, transferia de banco e afins, peço a compreensão de vocês, pois os posts aqui vão ficar mais apertadinhos, vou tentar esse fim de semana programar alguns para que vocês não fiquem sem conteúdo.

Continuem acompanhando o blog, que breve venho com mais novidades, só quero deixar vocês a par da situação.

Obrigada pela compreensão e carinho de todos!

Feliz dia dos Namorados.

Olá gente, tudo bom? Claro que o Paixão Literária não iria deixar de homenagear os nossos queridos namorados, tanto os de carne e osso, quanto os nossos amores platônicos literários hahaha' E como nada é comum aqui, separei algumas lindas imagens de vários tipos de amores, vamos conferir?

Nova Parceria: Globo Livros

Olá gente, tudo bom? É com muito orgulho que venho apresentar a vocês a mais nova parceria aqui do blog... A editora Globo Livros, vamos conhecer mais?


A Editora possui uma grande grade de gêneros literários, new adult, ficção, romance, biografias... Tem para todos os gostos, Abaixo alguns títulos da editora.

Imagem retirada do blog Razão e Resenhas

Acompanhe a editora nas redes sociais: @GloboLivros

Breve teremos mais novidades com relação a essa parceria. Fiquem aguardando.

RESULTADO Top Comentarista + Top Comentarista Junho

Olá gente, tudo bom? Primeiramente quero pedir desculpas pela demora com o resultado do top comentarista.

E também quero agradecer a todos os participantes, fico bem feliz com os resultados... Confiram a tabela de comentários clicando aqui. Tivemos um empate entre oito meninas.


De novo, peço que não fiquem tristes com o resultado, e continuem tentando. A vencedora da vez foi:


Raquel do Viajando com Livros *-* Parabéns querida. Em até 30 dias o prêmio será enviado.

Vamos ao próximo top?

E o prêmio da vez será o livro: Kit O Momento Mágico + Marcadores Diversos (Incluindo marcadores do blog),



Regras:
  • Seguir o blog PUBLICAMENTE pelo GFC (Google Friend Connect); 
  • Curtir a FanPage Paixão Literária
  • Comentar nessa postagem deixando nome de seguidor e e-mail válido para contato.
Esclarecimentos:
  • Comentários que não dizem respeito ao post, ou do tipo: "Gostei" não serão contabilizados;
  • Só serão válidos comentários nas postagens de Abril (01/05 à 30/05);
  • Em caso de empate será feito um sorteio pelo Random.
  • O resultado será divulgado dia 03/06 e o prêmio será enviado em até 30 dias.

Que a sorte esteja sempre ao seu favor.





Tatuagens Literárias #6


Olá gente, bem vindos a mais um Tatuagens Literárias!
Como sou uma adoradora das tatuagens, acho lindo, esse é um dos posts que eu mais gosto de fazer, então aproveitem.
Alguém aqui tem tatuagem? Como é? Deixe nos comentários. E se for literária me envia uma foto, posto no próximo post sobre tattoos.  


Fonte: http://princesa-descolada-myla.blogspot.com/2013/03/paginacao-numerada.html#ixzz2j39CpByO