Entrevista Vanessa de Cássia + Falando sobre Batom Vermelho


Olá gente, como vocês estão? Bom, a Vanessa foi uma das primeiras parcerias aqui do blog, então desde o comecinho estou acompanhando sua trajetória, E agora, ela nos trouxe novidades: O seu mais novo trabalho > Batom Vermelho.
A Vanessa querida nos respondeu algumas perguntinhas bem interessantes, vamos conferir?



Kéziah: - Vanessa, conte-nos um pouco sobre a sua pretensão com relação a “Batom Vermelho”.

R: Hoje eu estou bem confiante, tive minhas primeiras vendas esgotadas! Fiquei surpresa quando a Literata me passou isso! Mas de início confesso que fiquei muito receosa com o que meus leitores pensariam sobre esse tema “erótico”, sendo que, na verdade, eu sempre abordei esse assunto e me sentia livre a escrever, mas hoje sei que vão amar e sentirão a Mel da melhor forma possível! Pode apostar, homens se apaixonarão por ela, e mulheres sentirão uma parte da Mel dentro de si. É o que mais quero!

Kéziah: - Suas personagens são na maioria das vezes ruivas, isso tem alguma influencia com relação as suas madeixas incrivelmente vermelhas? Confesso que ao ler seus livros a única imagem que vem na minha cabeça sobre suas personagens é você mesma. Crio várias versões de Vanessa, e adoro isso! 

R: (risos) Na verdade, sim, poxa, tenho que honrar meu vermelho! Mas foi uma mera coincidência, pois já tinha criado a Verônica mega ruivona, mas a Mel, não tinha como não ser ruiva, no dia que tive a ideia do Batom Vermelho, foi uma ruiva que pintou em mente, então fui obrigada, isso mesmo, obrigada a fazer uma ruiva! Não vejo a Mel com outra cor de cabelo, e bem, como todos me conhecem tenho meu mundo vermelho, e como diz a diva Tammy Luciano, minha escrita é vermelha, é minha marca! Mas prometo que daqui pra frente, meus livros terão ruivas, mas não protagonistas... (risos)

Kéziah: - Lendo seus livros posso perceber o quanto você amadureceu na escrita, e como você consegue desenvolver uma história independente do tema, mas o que fez você escrever um livro mais adulto? Teve alguma inspiração?

R: (novamente risos) Quando escrevi meu primeiro livro, eu queria ter ido mais além, mas tive receio, então, quando tive a ideia do BV, que pensei em ir mais além... Mas confesso que, mesmo indo no meu “além”, foi a vinda de tantos livros hots que me libertou a escrever as cenas completas, sem medo do que pensariam de mim. Meu único objetivo foi manter o foco no sensual e não vulgar. Essa é minha escrita, e bem, inspirações? Todo dia tenho inspirações... Sexo é vida. (risos)

Kéziah: - Como você caracterizaria “Batom Vermelho”?

R: Um livro sensual. Um romance que meu objetivo é mostrar a mulher que sexo não é só para o homem, que a mulher tem que se sentir mais mulher, sendo bonita, desejável. Mulher tem que se sentir bem em tudo, não só agradar ao homem. Sem ter medo, parece que ainda existe uma regra na sociedade que sexo é pecado, que coisa, né!! Muitas mulheres se passam por santinhas, e tal, mas eu acho que a verdade, mulher tem que transparecer a todo instante. Mel veio para mostrar todos os lados da mulher, e mostrar aos homens o que é o sexo feminino. No livro tem muitas lições, acho que muitos irão transforma-se depois de Batom Vermelho. Eu me transformei. 

Kéziah: - Você teve medo de não ser aceita da forma como esperava com “Batom Vermelho”? Medo das pessoas julgarem por ser um livro mais adulto? 

R: Foi o que mais me segurou a lançar esse livro, sem dúvidas. Medo de tudo, a sociedade só sabe julgar. E julga sem ao menos conhecer! Algumas pessoas me deixaram tristes na época, dizendo para não publicar esse “tipo” de livro... Eu compreendi, só não queria entender, eu só queria que todos pudessem entender esse meu lado. Se eu aprendi, porque outros não poderiam? Alguns até me julgaram mal, mas hoje eu vejo todo meu esforço e alegria com que eu escrevi. Dediquei-me ao máximo para ser um livro perfeito. Sei que pode não ser para alguns, mas para mim é. Eu me realizei, é meu sonho, e apenas quero respeito por isso. Não desisti por meus leitores fieis, mas um dia, muitos reconhecerão esse meu jeito e serei um bom exemplo, mesmo falando de sexo!




Então gente, como já deu pra perceber, o livro da Vanessa tem essa levada hot que está super em alta. Mas como a própria disse, o livro vai mais pro sensual do que pro vulgar. Vamos conferir a sinopse?

Mel Folk, a encantadora e fogosa mulher dos olhos verdes de serpente, um ar ingênuo e ao mesmo tempo sedutor. Aquela que traz o brilho e a inocência, mas que no fundo, é um furacão de mulher. Mel não tem vergonha de seduzir, não tem medo de ser o centro das atenções. Não é a “inocente”, ela é a mais perigosa e tentadora das mulheres. Traz em seu olhar o poder de sedução e, em seus lábios, a magia do que conhece. Ela não conhece o amor, conhece apenas o prazer... Uma história onde o prazer não tem limites, o amor é um jogo cruel e a sedução, uma arma indispensável... Conheça o jeito de uma mulher fatal. A obsessão na arte de seduzir e os lábios ardentes envolvidos em “Batom Vermelho”! Descubra quão poderosa pode ser essa arma!

Vocês podem conferir vários quotes magníficos do livro, basta curtir a fan page clicando aqui.
E aqueles que estiverem curiosos para sentir "A Marca de um beijo proibido" podem adquirir seus exemplares com a própria autora, atrás do facebook (Vanessa de Cássia) ou por e-mail: vanessinha_cfa@ig.com.br
Outras formas de adquirir são pela Editora Literata ou pelo site da Saraiva.

E claro, não esqueçam de adicionar o livro a estante no Skoob, para dar aquela forcinha básica.

Bom, foi isso gente, o que vocês acharam do livro? Ah e antes de finalizar o post quero falar umas coisinhas sobre a Vanessa...

Primeiramente quero te agradecer imensamente por tudo, pelo apoio desde o inicio com o blog, por confiar suas obras a mim, por me deixar ler seus livros em primeira mão (Momento me achando). Obrigada pelas conversas, enfim... Por tudo! Te desejo todo sucesso do mundo, e sei que esse é mais que merecido. Diva dos cabelos de fogo \o/ Amo essa autora, gente! hahaha

11 comentários:

  1. awnnn eu sempre fico mega feliz e também (me sentindo a diva) quando vocês me agradam tanto!! ^^ As vezes me pergunto se mereço tanto, e coloco a culpa desse momento na Verônica, na Mel e tantas outras que estão vindo com força total!!
    Eu que agradeço Kéziah por todo seu carinho e respeito ao meu trabalho!!
    Fico orgulhosa por existir pessoas como você, e ainda mais, que nos ajudam e nos apoiam!
    Eu amo você, garotinha! <3

    Um grande beijão vermelho!! hehe
    *-----*

    Vanessinha!! <3
    Vanessa de Cássia

    ResponderExcluir
  2. Oi Amiga!

    A Vanessa é um amor, merece todo sucesso que ela já tem, e muito mais! Adorei a entrevista e Batom Vermelho já é sucesso, sem dúvidas! Já, já vou adquirir o meu, não posso deixar passar! rs

    Beijos,

    Celle
    www.bestherapy.net

    ResponderExcluir
  3. Oi Kéziah, nunca li nada da autora, mas gostei da entrevista. Ela demonstrou uma grande simpatia.
    Beijinhos no coração.

    ResponderExcluir
  4. Adorei a entrevista! Muito bacana!
    A Vanessa é show!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Esse estilo não me atrai, mas desejo sucesso a autora.

    ResponderExcluir
  6. Que bacana essa entrevista. Não conhecia e deu pra pelo menos saber um pouquinho dela. E tem essa coisa de escrever um livro mais adulto e ser olhado de cara feia por algumas pessoas mesmo...fico imaginando, sei lá, os parentes dela ou alguém assim implicando. Isso é meio chato, mas é livro né gente! E sempre é bom.
    Parabéns e sucesso pra autora!

    ResponderExcluir
  7. Não curti o livro, não faz meu estilo de leitura. Mas desejo muito
    sucesso a autora!
    Essas entrevistas são ótimas para conhecermos mais sobre os autores! Gostei bastante!

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Adorei a entrevista! mt fofa! E nossa, o livro parece ser demais! já marquei como desejado! acho que vou adorar esse livro *-*
    beijoos

    http://leitorapaixonada19.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Keh, menina que entrevista magnífica! Eu amei!!!
    Já conhecia a Vanessa do facebook e aqui do PL e não sabia que ela tinha aderido a essa pegada hot.
    Isso só prova o quanto este estilo tem seduzido os autores e se firmado ainda mais entre os leitores.
    Eu admito, adorooo os livros hots e é verdade que por conta desse gosto, seja na leitura ou na escrita, acabamos sendo julgados. Um horror, fazer o que? Mas não dá pra ser igual ou se negar a aceitar que somos humanos e como todo humano, temos necessidades e por mais devasso que seja, sexo é uma delas!
    Apoio 100% à Vanessa com seu livro e a investir neste estilo, se ela curte escrever, com certeza vai encontrar milhões que curtirão ler seus romances mais quentes.
    Sucesso infindável à ela!
    Bjokas procê Keh, amei a entrevista.

    www.lerepensar.com

    ResponderExcluir
  10. Oieee Keh :P
    Eu achei maravilhoso a relação da autora com a personagem principalmente o fato de terem cabelos vermelhos *.* Tudo a ver! Só não imaginava que era assim mais hot!
    Bjoooooooos flor ^^

    Muito legal a entrevista!

    Bjsssssss
    http://estoulendoo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Eu acompanhei o processo de escrita de Batom vermelho pois tenho a Vanessa no facebook ^^
    Mas ainda não li o livro, infelizmente. Assim que possível quero muito ler, fico maluca quando ela fala sobre o livro pois adoro o estilo e o gênero.
    Amei a entrevista, a Vanessa é um doce, muito simpática nas respostas, adorei de verdade.
    Beijos
    Viviane
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir

Sua opinião é de extrema importância.
Sinta-se a vontade para deixar sua sugestão, crítica, dúvida, opinião, etc.
Mas lembre-se, seja educado com seus comentários e dispense palavras de baixo calão, pornografias e qualquer outro tipo de preconceito.
Deixe o link do seu blog ou qualquer outro tipo de contato para que eu possa retribuir sua visita.

Obrigada pela visita, volte sempre que puder.
Beijos!

Fonte: http://princesa-descolada-myla.blogspot.com/2013/03/paginacao-numerada.html#ixzz2j39CpByO