Resenha: Batom Vermelho - Vanessa de Cássia



Mel Folk, a encantadora e fogosa mulher dos olhos verdes de serpente, um ar ingênuo e ao mesmo tempo sedutor. Aquela que traz o brilho e a inocência, mas que no fundo, é um furacão de mulher. Mel não tem vergonha de seduzir, não tem medo de ser o centro das atenções. Não é a “inocente”, ela é a mais perigosa e tentadora das mulheres. Traz em seu olhar o poder de sedução e, em seus lábios, a magia do que conhece. Ela não conhece o amor, conhece apenas o prazer... Uma história onde o prazer não tem limites, o amor é um jogo cruel e a sedução, uma arma indispensável... Conheça o jeito de uma mulher fatal. A obsessão na arte de seduzir e os lábios ardentes envolvidos em “Batom Vermelho”! Descubra quão poderosa pode ser essa arma!


Ai Batom Vermelho, Batom Vermelho. O que dizer? Primeiro quero começar a dizer que sou super suspeita para escrever sobre qualquer coisa que a Vanessa de Cássia produz, sou tão fã dessa mulher que pra mim é uma honra ler qualquer coisa que sai daquela cabeça cheia de cabelos vermelhos bafônicos. Sério, acredito que o dom da Vanessa vai além do que podemos imaginar, ela consegue transformar versos simples em uma obra de arte. Chega da rasgação de seda – não posso evitar – e vamos falar de Batom Vermelho.

A primeira coisa a se notar – se você já leu Entre Amores Cruzados, o primeiro livro da Vanessa – é o amadurecimento da sua narrativa. Em Batom Vermelho ela está mais ousada, mais envolvente.

Mel Folk é uma mulher arrebatadora, cheia de encantos, capaz de deixar qualquer homem aos seus pés, e ela sabe desse seu poder, então usa e abusa disso. Gosta de deixar os homens caidinhos por ela. Mel não conhece o amor, apenas o prazer. E os jogos de sedução são seus favoritos, em matéria de conquista essa mulher dá um show – o livro pode ser considerado didático, pois a quantidade de truques que a Mel ensina não é mole. Ela representa muito as mulheres, pois é tudo que nós gostaríamos de ser, mas não temos coragem por medo de sermos rotuladas. A personalidade dela vai fazer com que muitas se identifiquem e se espelhem, ela nos faz rever muitos dos nossos tabus, nos faz por na balança tudo que achamos ser certo ou errado, aprendi muito com ela, em todos os sentidos.

A Mel é uma mulher fatal, que não tem limites quando o assunto é o prazer. Sua arma de sedução? Os lábios... E claro, seus maravilhosos batons vermelhos. Calma, não pense besteira da pobre Mel, ela tem seus motivos para não acreditar no amor, para viver do prazer. Você não acha estranho que uma linda mulher, sedutora, olhos verdes e no auge de seus vinte e quatro anos, não tenha encontrado um amor? Ou melhor, não tenha vivido algo além do sexo?

Após começar em seu novo trabalho como recepcionista de um prédio. Mel nota algo completamente fora do comum, um homem lindo que a deixava completamente excitada, porém o mesmo nem notava sua presença. Richard é sério, e em nenhum momento deu a entender que Mel o interessava. Mel sempre esteve rodeada dos mais diversos tipos de caras, e ela sempre conseguiu tudo que queria, afinal, nenhum deles conseguia resistir aos seus sedutores lábios vermelhos. Mas com Richard era diferente.

Depois de um tempo Mel é apresentada a Juan, e nesse momento a história começa a pegar fogo, os dois juntos são como uma bomba prestes a explodir. A cada toque de Juan, ela sentia algo diferente, era como se seu corpo todo estivesse em chamas. Como pode alguém causar certos sentimentos apenas ao tocá-la? Apesar da resistência dela, Juan quer de todas as formas conquistá-la. Será que ele consegue?

O que dizer de Juan? Pelo amor de Deus, Vanessa diga-me você conhece um Juan de carne e osso? Preciso de um cara desses. Lindo, inteligente, divertido, e muito – muito mesmo – sensual. É o tipo de homem que transborda sex appeal até ao acordar. E a sua personalidade é forte, igual à de Mel. Nesse exato momento você deve estar falando: “Ah são personagens idealizados, fora da nossa realidade”. Errado meu jovem, Mel e Juan são como nós, humanos propensos a erros e acertos, suas personalidades são tão verdadeiras a ponto de nos imaginarmos como seus melhores amigos.

O Desejo entre eles aumenta a cada toque, a cada conversa, a cada olhar. Mas isso não significa de forma alguma que a Mel vai se abrir ao amor, não assim tão fácil. Juan vai ter que suar para conseguir fazer essa mulher se entregar de corpo e alma, enquanto ele vai tentando, Mel não deixa de dar aquelas investidas básicas no Richard, afinal, como ele pode simplesmente não notar a sua maravilhosa presença? E como nós sabemos, ela não desiste fácil.

Em algumas partes do livro eu queria esganar a Mel, como ela pode simplesmente se fechar desse jeito e não perceber que o Juan – maravilhoso – está tão perto, disposto a fazer tudo por ela.

Não pense que o livro é só pegação. A história de Mel é fascinante, seus traumas, seus medos. E o mais legal de tudo, é que ela é uma mulher forte, determinada que não se deixa abater tão fácil. Ela quer curtir o hoje, o agora. E a cada página eu a admirava mais, por sua força, sua coragem, e claro, pelo seu poder imensurável de seduzir um cara com apenas um olhar. A pegada da Vanessa de inserir o erótico a uma história tão bem construída deu super certo.

É engraçado como a Vanessa consegue juntar tantos sentimentos em um único livro, é felicidade, é tristeza, é tesão, é paixão, é amor... Você mulher, que leu esse livro, nunca mais verá o Batom Vermelho como um simples objeto de vaidade, e sim como uma arma poderosa para seduzir. E aos homens, sintam-se marcados pelo batom da Mel, e bem, tomem cuidado onde vão ler o livro - se é que me entendem.

O final foi maravilhoso, não conseguiria pensar em algo melhor. Mel conseguiu o que queria e no final percebeu que a verdadeira felicidade estava onde ela menos imaginava. O livro te faz pensar na vida, será que estamos realmente nos envolvendo com isso tudo? Será que estamos sabendo aproveitá-la da melhor forma? Afinal isso tudo aqui é apenas uma passagem, uma breve passagem.

Outro ponto importante é com relação ao tamanho do livro, que é relativamente grosso, e muitas pessoas acabam ficando com receio, por favor, não se ligue nisso, a narrativa da Vanessa é maravilhosa, você nem percebe que o tempo está passando, quando você se liga já está na página 100... 340 E FIM!! Ficamos com aquele gostinho de quero mais.

Esse livro foi bem diferente do que eu esperava, por ser um livro “erótico”, mas percebemos no decorrer da leitura que ele vai além disso, abordando fatos que podem acontecer no nosso dia a dia, explorando os medos e os desejos mais profundos da nossa alma. Confesso que fiquei com pena de terminar o livro, chega um momento que você começa a dar aquela enrolada básica, um capitulo por dia, com medo de acabar e nunca mais poder desfrutar dos personagens, é como se eles acabassem fazendo parte da nossa vida, se transformando em amigos próximos, aqueles amigos que temos muito medo de perder. Chega a dar aquela dó básica de finalizar o ultimo capitulo, mas quando o fazemos e percebemos o quão maravilhoso foi, tudo vale a pena, e aquela vontade no fundo do peito de reler vem a tona com toda força.

Adoro essa intensidade, essa vontade maluca de recomeçar o livro assim que o fechamos.

Mais uma vez quero parabenizar a Vanessa por ter produzido um livro tão maravilhoso, que vai além do que imaginamos, com mensagens anexadas ao prazer de uma leitura fabulosa.


Don't hate me... Fuck me!
- Mel Folk

14 comentários:

  1. Nossa Mel ensina truques?? hehehehehe Fiquei curiosa!

    Pelo que você disse Keziah esse Juan deve ser maravilhoso, ainda mais para a Mel ficar doida por ele!

    Quais seriam esses traumas da Mel??? Ai Kez, vou te esganar por me deixar tão curiosa!

    Parabéns pela resenha querida! Está linda!

    Beijinhos

    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
  2. Simplesmente amei sua resenha, fiquei ainda mais ansiosa para ler esse livro, sério mesmo. Parabéns.


    beijos!

    livrosobaluzdalua.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Ké, posso dizer uma coisa? Eu fiquei curiosamente apaixonado. Sério! Eu sempre achei que tinha razão quando falava que uma resenha bem escrita tem o poder de fazer um leitor querer ler o livro. Essa resenha prova isso; eu sempre tive interesse em ler algum livro da autora, mas nenhuma resenha me fez ficar tão tão curioso como essa. O livro parece ser ótima - e meu Deus, eu quero conhecer esses lábios vermelhos sedutores KKKKKKK'
    Mais uma grande obra da nossa literatura - claro ou com certeza?! *.*

    Abs
    Ronaldo Gomes
    livrosobrelivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Tenho muita curiosidade em ler eróticos nacionais. Em como aqui no Brasil o erotismo funciona, quais os tabus, quais as vontade se os truques e Batom Vermelho me chamou muito a atenção. Já vi que tem muito conteúdo além do sexo e a descrição dos traumas da Mel me deixaram muito curiosa! Adorei a paixão com que resenhou o livro, me deu ainda mais vontade de lê-lo e de conhecer a autora.
    Beijos!
    http://umaleitorachamada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. não conheço essa autora... parece que a leitura desse livro é bem interessante... a moça da capa me lembrou a cantora Cyndi Lauper rsrs gosto de histórias de femme fatales...

    :D
    bjs
    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Flor... adorei a sua visita no blog. Sua resenha foi espetacular.. gostei muito e o livro parece-me muito bom e acredite que fiquei com vontade de ler, vou até colocar na minha listinha de desejados rsrsrs. Ah sobre meu endereço não coloquei no blog, porque é meio pessoal e minha mãe me mataria.. vai saber né rsrsrs... Mas qualquer coisa me mande um email que passo meu endereço com o maior carinho ok... Lá no blog tem o link de contato e tem o meu email... Xero flor...

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Não li nada da Vanessa até agora. Entre Amores Cruzados, eu ainda não li nenhuma resenha também, rs.
    Eu fiquei com vontade de ler o livro por ser um hot que não é só sexo sabe, porque eu mesma não curto livros só com sexo.
    Espero ler logo!

    ResponderExcluir
  8. Vermelho assim como os detalhes do seu blog *0*
    É a melhor coisa de acontecer para saber se o livro é bom é querendo ler de novo mesmo.
    Não conhecia o livro, mas fiquei curiosa quanto a história.

    ResponderExcluir
  9. Olá Kéziah!
    Menina que resenha, fiquei super curiosa para ler esse livro! Não tive contato com nenhum livro da Vanessa, mas espero começar por esse! Fiquei doida para saber essas dicas haha.. e claro conhecer esse Juan! Parabéns pela resenha!

    Beijos!
    lovesbooksandcupcakes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Pelo que li na sua resenha, que aliás está mega bem feita, é que a história tem de tudo um pouco no quesito romance perfeito *.*

    Aiaiai, preciso ler urgente, adoro um bom romance e esse aliado ao erotismo bem escrito então... é minha cara :)

    Beijinhos Kéh
    Vivi
    http://vivianeblood.blogspot.com.br/2013/09/se-ligue-lancamentos-novo-conceito.html#comment-form

    ResponderExcluir
  11. Essa temática não me agrada, por isso não tenho interesse nessa leitura.
    Gosto de romance, mas sem essa "pegada".

    ResponderExcluir
  12. Kéziah, você sabe que você é demais, né?
    Preciso te dizer quantas vezes??? haha

    Eu havia deixado um recado imenso aqui, mas não sei como não foi.. =/
    Pois bem, aqui vou deixar meu singelo e humilde Muito Obrigada Por Tudo!!
    Kéziah, você antes de qualquer pessoa sempre acredita em meus sonhos... sempre compartilho isso com você! Mesmo longe, mesmo não nos conhecendo pessoalmente, eu confio e amo sua pessoa! Sempre que irei fazer algo novo, penso em te contar e mostrar a você!! Meus livros são uma espécie de parte de mim, e eu adoro compartilhar isso com você!
    Minhas duas melhores amigas, não sentem tanto quanto você sente com meus livros... Não que elas não gostem, mas acostumaram com isso... Agora, você vibra e me dá uma força que jamais pensei encontrar! Muitas vezes pensei em desistir, mas sempre vinha suas frases de incentivo de: Não desista jamais...
    Então não irei, pois sempre vou me lembrar de você!
    Quero um dia ter a oportunidade de conhecê-la pessoalmente, e quando isso chegar, nosso abraço será único e sincero.
    Amo você, minha leitora, minha amiga, minha confidente, minha leitora BETA, minha consultora, minha querida e eterna inspiração!!!

    Beijinhos carinhos da sua ruiva favorita <3
    Amei de toda minha alma essa resenha!

    ps.: Não me esqueci do video!!! hahaha *Em breve*

    Vanessa de Cássia

    ResponderExcluir
  13. Li o livro há um tempo e ele é tudo o que disse e um pouquinho mais... A Vanessa escreve perfeitamente perfeita... Amo seus livros... Uma leitura q vale muito a pena...
    Ai Juan...

    ResponderExcluir
  14. oi bom dia onde posso encontra esse livro (lidianequixata@hotmail.com) aguardo reposta.

    ResponderExcluir

Sua opinião é de extrema importância.
Sinta-se a vontade para deixar sua sugestão, crítica, dúvida, opinião, etc.
Mas lembre-se, seja educado com seus comentários e dispense palavras de baixo calão, pornografias e qualquer outro tipo de preconceito.
Deixe o link do seu blog ou qualquer outro tipo de contato para que eu possa retribuir sua visita.

Obrigada pela visita, volte sempre que puder.
Beijos!

Fonte: http://princesa-descolada-myla.blogspot.com/2013/03/paginacao-numerada.html#ixzz2j39CpByO