Resenha: Dançando sobre cacos de vidro - Ka Hancock


  • Editora: Arqueiro
  • Páginas: 336
  • Nota: 
  • Skoob

Lucy Houston e Mickey Chandler não deveriam se apaixonar. Os dois sofrem de doenças genéticas: Lucy tem um histórico familiar de câncer de mama muito agressivo e Mickey, um grave transtorno bipolar. No entanto, quando seus caminhos se cruzam, é impossível negar a atração entre eles.

Contrariando toda a lógica que indicava que sua história não teria futuro, eles se casam e firmam – por escrito – um compromisso para fazer o relacionamento dar certo. Mickey promete tomar os remédios. Lucy promete não culpá-lo pelas coisas que ele não pode controlar. Mickey será sempre honesto. Lucy será paciente.

Como em qualquer relação, eles têm dias bons e dias ruins – alguns terríveis. Depois que Lucy quase perde uma batalha contra o câncer, eles criam mais uma regra: nunca terão filhos, para não passar adiante sua herança genética.

Porém, em seu 11° aniversário de casamento, durante uma consulta de rotina, Lucy é surpreendida com uma notícia extraordinária, quase um milagre, que vai mudar tudo o que ela e Mickey haviam planejado. De uma hora para outra todas as regras são jogadas pela janela e eles terão que redescobrir o verdadeiro significado do amor.
Dançando sobre cacos de vidro é a história de um amor inspirador que supera todos os obstáculos para se tornar possível.

Que tal mais um livro daqueles que fazem você chorar? A editora Arqueiro lançou um lindo sick-lit, e aqueles que gostam de sofrer com esse gênero, provavelmente vão amar o livro.

Lucy Houston e Mickey Chandler são nossos problemáticos protagonistas. Lucy tem um histórico familiar cercado de câncer, sua mãe morreu de câncer, sua irmã teve câncer e Lucy tem um câncer que há cinco anos não se “manifesta” – ok, falei câncer demais. Deu pra perceber que a vida de Lucy não é um mar de rosas, mas é Mickey? Mickey é bipolar, e não digo bipolar no sentido de ser uma pessoa que muda de humor constantemente – atualmente está banal caracterizar todo mundo como bipolar – ele tem um transtorno mental, chamado bipolaridade, a doença. Ambos herdaram seus problemas de suas mães – belo presente, não? 

Daí você se pergunta, o que faz duas pessoas propensas a ter uma vida nada convencional se envolverem? Nada mais do que o amor, o amor é cego, surdo, mudo e autista como eu sempre digo, e a paixão entre eles falou mais forte que seus problemas. Acabaram casando e jurando nunca ter filhos, para que as doenças não se propaguem para eles, o que eles não podiam corta era que o destino tinha trilhado algo completamente diferente pra eles. Lucy descobre que está grávida e sua vida dá um giro de 360°.

O que uma criança com uma mãe cujo câncer ameaça voltar diariamente e um pai com sérios problemas mentais e transtornos psicológicos pode esperar da vida? Vários questionamentos pairam na vida de Lucy e Mickey, e na nossa também, não sabemos o que esperar da criança, será que vai herdar as doenças? E se sua mãe de uma hora pra outra perder pro câncer? E se Mickey tiver outra crise e precisar novamente ser internado?

A partir do momento que Lucy descobre a gravidez é que a história começa a tomar rumo. Os personagens são marcantes e nos emocionam com seus traumas, medos e demônios. A narrativa da autora é fabulosa, não tem como parar de ler. Prepare-se! Uma história fabulosa e ao mesmo tempo devastadora.

Um comentário:

  1. Acho que esse vai ser o livro que vou me emocionar quando começar a ler! Adorei o enredo criado nao vejo a hora de poder ler esse livro!


    xx

    ResponderExcluir

Sua opinião é de extrema importância.
Sinta-se a vontade para deixar sua sugestão, crítica, dúvida, opinião, etc.
Mas lembre-se, seja educado com seus comentários e dispense palavras de baixo calão, pornografias e qualquer outro tipo de preconceito.
Deixe o link do seu blog ou qualquer outro tipo de contato para que eu possa retribuir sua visita.

Obrigada pela visita, volte sempre que puder.
Beijos!

Fonte: http://princesa-descolada-myla.blogspot.com/2013/03/paginacao-numerada.html#ixzz2j39CpByO