Resenha: De Coração para Coração - Lurlene McDaniel


  • Editora: Novo Conceito
  • Titulo Original: Heart to Heart
  • Nota:
  • Skoob

Da autora best-seller Lurlene McDaniel, De coração para coração fala de perdas, amor e renovação. Fala também da maneira como esses sentimentos tão complexos se entrelaçam, nos momentos mais difíceis, nas relações familiares e de amizade. Elowyn e Kassey são grandes amigas, que dividem tudo. Mas uma coisa Elowyn não contou para Kassey: ao tirar a carteira de motorista, ela marcou a opção “doadora de órgãos”. Kassey descobre esse detalhe da vida da amiga da maneira mais trágica – quando o desejo de Elowyn está prestes a ser atendido. Arabeth nunca teve a sorte de ter uma melhor amiga. Com o coração doente, ela leva uma vida protegida de tudo e de todos. Até que, aos 16 anos, recebe o telefonema que tanto esperava — mas inicialmente ela e sua mãe não sabem a quem devem agradecer. Quando os mundos dessas três meninas e de suas famílias se cruzam, suas vidas se transformam de maneira nunca imaginada. Kassey, especialmente, encara os fatos como uma forma de manter viva a memória de sua querida amiga. Ela passa a compartilhar da nova vida de Arabeth, ao mesmo tempo em que ajuda a aliviar o sofrimento da família de Elowyn e a compreender a sua própria dor.
Kassey, Elowyn, Arabeth... O que essas três garotas têm em comum?

Kassey e Elowyn são amigas há muito tempo, inseparáveis, irmãs unidas por um laço muito mais forte do que o sangue. Todavia, o destino não liga muito para essas coisas e trata de trilhar um caminho bem diferente do que as jovens amigas jamais imaginaram. Um grave acidente muda o rumo de várias vidas e Elowyn acaba falecendo, mas em sua carteira de motorista eles encontram um fato que pode mudar tudo: Elowyn é doadora de órgãos. 

Arabeth é uma jovem que não leva uma vida normal, pois para isso ela precisa de um novo coração. Quando menos espera recebe uma ligação de que um coração perfeitamente compatível está a sua espera. Cheia de felicidade Arabeth parte para cirurgia sem saber quem doou.

Kassey ficou inconformada com a partida da sua melhor amiga, mas é o momento de superar, e talvez se aproximar de Arabeth e assim ficar próxima de Elowyn de alguma forma seja a solução mais viável, será?

O livro é envolvente, com uma narrativa simples e gostosa. Só dei quatro estrelas, pois a autora pecou em algumas partes: O livro era pra ser um “drama” balanceado, e o que houve foram momentos tristes sim, mas que poderiam ter sido mais aproveitados e bem mais melodramáticos, com mais coração. Apesar de o livro ter uma mensagem linda com relação a aprender a superar, amizades verdadeiras, sofrimentos e etc. A autora não soube como levar o drama de uma forma mais verdadeira e emocionante. Os pais de Elowyn mesmo sofrendo com a morte da filha não me passaram tanta dor como realmente deveria ser. E essas partes foram corridas demais.

Porém, as partes felizes como, por exemplo, o reconhecimento e a empolgação dos pais de Arabeth em saber que sua filha terá uma nova oportunidade de levar uma vida como qualquer outra adolescente. O que eu gostei também foi a autora ter feito nos afeiçoarmos pela Elowyn nos primeiros capítulos e depois nos fazer superar sua perda, junto com a Kassey.

Em suma é um bom livro que poderia sem dúvidas ser melhor. 

Um comentário:

Sua opinião é de extrema importância.
Sinta-se a vontade para deixar sua sugestão, crítica, dúvida, opinião, etc.
Mas lembre-se, seja educado com seus comentários e dispense palavras de baixo calão, pornografias e qualquer outro tipo de preconceito.
Deixe o link do seu blog ou qualquer outro tipo de contato para que eu possa retribuir sua visita.

Obrigada pela visita, volte sempre que puder.
Beijos!

Fonte: http://princesa-descolada-myla.blogspot.com/2013/03/paginacao-numerada.html#ixzz2j39CpByO