Resenha: Paixão sem Limites - Abbi Glines


  • Editora: Arqueiro
  • Páginas: 192
  • Titulo Original: Fallen Too Far
  • Nota: 
  • Skoob

Blaire Wynn não teve uma adolescência normal. Ela passou os últimos três anos cuidando da mãe doente. Após a sua morte, Blaire foi obrigada a vender a casa da família no Alabama para arcar com as despesas médicas. Agora, aos 19 anos, está sozinha e sem lugar para ficar. Então não tem outra escolha senão pedir ajuda ao pai que as abandonara. Ao chegar a Rosemary, na Flórida, ela se depara com uma mansão à beira-mar e um mundo de luxo completamente diferente do seu. Para piorar, o pai viajou com a nova esposa para Paris, deixando Blaire ali sozinha com o filho dela, que não parece nada satisfeito com a chegada da irmã postiça. Rush Finlay é filho da madrasta de Blaire com um famoso astro do rock. Ele tem 24 anos, é lindo, rico, charmoso e parece ter o mundo inteiro a seus pés. Extremamente sexy, orgulha-se de levar várias garotas para a cama e dispensá-las no dia seguinte. Blaire sabe que deve ficar longe dele, mas não consegue evitar a atração que sente, ainda mais quando ele começa a dar sinais de que sente a mesma coisa. Convivendo sob o mesmo teto, eles acabam se entregando a uma paixão proibida, sobre a qual não têm nenhum controle. Mas Rush guarda um segredo que Blaire não deve descobrir e que pode mudar para sempre as suas vidas.

Paixão sem Limites é o primeiro volume da trilogia “Too Far”, publicado no Brasil pela editora Arqueiro. Mais um New Adult, será? Sim, mais um, porém posso dizer que um dos melhores New Adults, apesar de ser um livro repleto de clichês do tipo: “Mocinha indefesa que perdeu alguém da família/está sozinha/ se recusa a aceitar ajuda” e “Mocinho que é alérgico ao amor, e que só vive para o sexo” e tcharam: Se apaixonam um pelo outro.

Ok, pode parecer obvio demais, mas Abbi consegue nos envolver com toda a trama, e consegue anexar elementos que deixam a leitura muito mais gostosa. O resultado é uma leitura leve, rápida e extremamente envolvente.

Blaire acaba de perder sua mãe para o Câncer e está sozinha, e sua única saída é recorrer ao seu pai – aquele que anos atrás abandonou Blaire e sua mãe. Como será cair de pára-quedas em uma família nova? A mesma família que seu pai criou após abandoná-la. O pai de Blaire é padrasto de Rush, um bad-boy assumido, que ama baladas, pegação e odeia se quer pensar em relacionamentos firmes e duradouros. Assim que Blaire coloca os pés na “nova casa” é recebida a pedradas pelo seu “irmão postiço”, o que não imaginávamos é que Rush tem razões para não gostar dela. Parte dessas razões será um mistério até o final do livro. Segure-se.

Morar sobre o mesmo teto que um cara irresistível não parece uma tarefa fácil não é? Blaire acaba deixando os sentimentos falarem mais alto e a cada dia está mais caidinha por Rush, e acreditem... É recíproco. E quem devemos culpar por essa Paixão sem Limites? Em minha opinião a culpa é toda do Rush, têm como resistir àqueles músculos definidos, aquela boca maravilhosa, aquele jeito durão, as tatuagens? Não tem. Daí você se pergunta, sim, mas qual o problema? Porque ambos não podem simplesmente viver esse amor? Nem tudo na vida são flores, lembre-se que Blaire é filha do padrasto de Rush e se não fosse o bastante, eles não tem uma boa relação devido a acontecimentos do passado, temos também a adorável –sqn–irmãzinha do Rush, que pra variar não gosta nada de Blaire. E o fato de Rush todo dia desfilar pela casa –pelado– com uma menina diferente não ajuda muito.

Obvio que não podemos controlar nossos sentimentos, portanto... Eles devem se deixar levar por essa paixão? 

A escrita da autora é algo fabuloso, quando comecei a leitura não consegui me desprender dos personagens, da história em si, que apesar de parecer bem fútil e clichê nos mostra que estamos errados e nos surpreende cada vez mais. E o final, ah o final... Juro que queria matar a autora e a editora Arqueiro. A autora por terminar um livro desse jeito, como pode fazer isso com nossos sentimentos? E a editora por nos fazer esperar tanto por uma continuação. Vem logo fevereiro.

Se você assim como eu, ama esses romances cheios de altos e baixos, com problemas a serem resolvidos, com bad boys que nos surpreendem e nos encantam a cada página, tenho certeza que vai amar essa leitura. Venha e embarque nessa Paixão sem Limites.

6 comentários:

  1. Ai amiga... bota "extremamente envolvente" nisso!!! rs
    Eu fiquei louca com esse livro. Me arrebatou de uma forma que posso dizer que foi um dos melhores do ano na categoria. Eu fiquei encantada com o romance, com a pegada, com como o Rush pode ser tão fofo... amei, demais!!! rs Perfeito. E o final foi de arrasar com qualquer um mesmo... rsrs

    Beijos flor!

    Celle
    www.bestherapy.net

    ResponderExcluir
  2. Oie :)

    Eu não sou do tipo que gosta de livros coma temática de bad-boys ou coisa parecida mas não negarei que quero ler esse livro o mais rápido possível. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Kéh, você sabe do meu sumiço né? Peço desculpas por essa minha estafa literária que me impediu de postar no RR e de colaborar nas visitas de vocês parceiros, isso me deixa incomodada mas fazer o quê, nada pior que forçar uma situação não é? E eu estava me sentindo péssima pra ficar na internet...enfim
    Estou voltando, aos poucos, mas voltando.
    Esse livro...OMG! É tudo, amo o Rush, amo o jeito tosco e depravado dele, amo o jeito carinhoso dele. Sua resenha está um chuchu de linda, parabéns querida *.*
    Recomendo Paixão sem limites pra todas as meninas que amam hot e romance ^^
    Quero tb desejar feliz ano de 2014 pra você Kéziah, muita paz e saúde ok?
    Beijão
    Vivi
    RR

    ResponderExcluir
  4. Hey
    Ah acho que essa é primeira resenha que leio sobre esse livro!
    Não sabia muito do enredo, só espero que a carga emocional da protagonista não esteja tão elevada durante a história..to correndo de livro de gente que choraminga a cada 3 páginas.
    Mas fiquei curiosa pelo mocinho :P hahahahaha

    Parabéns pela resenha :)

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  5. Eu te amo mais que abelha ama a flor
    Eu te amo com um amor puro e verdadeiro
    Eu te amo e é muito lindo este amor
    Que supera as belezas do mundo inteiro

    Verdadeiramente eu te amo com um amor divino
    Um amor puro real e sincero
    Um amor que fez você marcar o meu destino
    Amar - te eternamente é o que eu mais quero

    Eu te amo com um amor humilde e inocente
    Um amor cego que não enxerga as aparências
    Este amor sublime que nasceu tão de repente
    Capaz de vencer obstáculos e suas consequências

    Eu te amo está escrito nas estrelas
    Este amor é radiante como a luz solar
    As nuvens do preconceito não pode detê-la
    Revelando a verdadeira forma de amar

    Este amor é mais profundo que o mar
    Mais alto que as estrelas no infinito
    Não há nada neste mundo que possa igualar
    As virtudes deste amor tão bonito

    falecom@poetalovenyl.com

    ResponderExcluir
  6. AI MEUS DEUSES, VOCÊ TAMBÉM AMOU COMO EU AMEI PAIXÃO SEM LIMITES!
    SURTANDO AQUI!
    RUSH...PELOR AMOR DOS DEUSES, QUERO UM RUSH PRA MIM!
    Parei com o caps lock
    Muito boa a resenha, Keh.
    Beijos da Mah!

    ResponderExcluir

Sua opinião é de extrema importância.
Sinta-se a vontade para deixar sua sugestão, crítica, dúvida, opinião, etc.
Mas lembre-se, seja educado com seus comentários e dispense palavras de baixo calão, pornografias e qualquer outro tipo de preconceito.
Deixe o link do seu blog ou qualquer outro tipo de contato para que eu possa retribuir sua visita.

Obrigada pela visita, volte sempre que puder.
Beijos!

Fonte: http://princesa-descolada-myla.blogspot.com/2013/03/paginacao-numerada.html#ixzz2j39CpByO