Resenha: De Repente, É Ele - Susan Fox


  • Editora: Única
  • Páginas: 384
  • Nota: 
  • Skoob

Quando o destino cruza caminhos improváveis, como resistir?
Jenna Fallon sempre foi uma mulher livre e decidida, que segue apenas uma única regra: ignorar regras. Então, quando seu carro quebra a caminho de Vancouver e ela é obrigada a pegar uma carona com um belo desconhecido, Jenna se encanta ao perceber que ambos possuem a mesma ideologia de vida: não se amarrar a ninguém...
O biólogo Mark Chambers está sempre mudando de um local para outro – assim como nunca fica com uma única mulher. Quando ele e Jenna cruzam a costa do Pacífico acampando, mergulhando e fazendo o melhor e mais quente sexo de sua vida, Mark já não tem certeza se quer se despedir. Será que Jenna será corajosa o suficiente para encarar o desafio de ficar com o cara que pode ser perfeito para ela? De repente, é ele...

 Leia as resenhas dos outros títulos da série: De repente, o amorDe repente, o destino.

De repente, é ele é o segundo livro das irmãs Fallon – como vocês viram, eu não li na ordem. A pergunta que muita gente me faz quando vê que li esses livros é: “Precisa ler na ordem? Vou entender se ler fora dela?” Então, antes de começar a resenha quero avisar que SIM! Pode ser lido fora da ordem, você vai entender tudinho e não vai boiar em nada, mas se você tiver a oportunidade de lê-los na ordem certinha de publicação: De repente, o amor. De repente, é ele. De repente, o destino e De repente, o desejo. Será melhor, pois em algumas partes do livro as outras irmãs serão citadas e lendo na ordem você poderá ficar mais entrosada com a família. Bom, vamos à resenha.

Todos os livros têm a mesma essência, por assim dizer. As irmãs Fallon moram em diferentes partes e todas têm um mesmo destino: Vancouver. Pois a sua irmã mais nova vai se casar. Então, em cada livro acompanhamos a trajetória de uma irmã até chegar ao seu destino. 

Neste conhecemos a Jenna, 29 anos. Diferente das outras irmãs ela é “louquinha” não se prende a homem, trabalho e lugar nenhum, é completamente independente e procura viver a vida da melhor forma possível. Nem preciso dizer que por conta de seu comportamento um tanto quanto nefasto ela é criticada por toda a família. Para ser sincera, de todas as irmãs, Jenna foi a que mais me cativou, adorei o jeito desprendida de ser, sem medo de ser julgada. Ela se joga de cabeça em tudo que faz. Mas, o que não sabíamos é que por trás dessa carcaça de moça forte, tem uma mulher delicada que têm grandes cicatrizes deixadas por um amor problemático do passado. O pior de tudo é que esse amor não deixou apenas cicatrizes internas, mas físicas.

O gato da vez é Mark, um biólogo marinho que nunca se apaixonou verdadeiramente, na verdade ele não tem noção de como funciona essa coisa de amor, não consegue perceber quando a pessoa está na dele.

Adivinha o que aconteceu? No caminho para Vancouver tivemos um pequeno problema, o carro de Jenna quebrou e ao entrar em uma loja ela se depara com ninguém menos que o gostoso do Mark. Nem preciso dizer que a coisa esquentou entre eles. O clima logo brotou, e acabaram descobrindo que ambos iriam para o mesmo lugar. Será apenas coincidência? Jenna – a sem vergonha, que fala tudo que quer – pede para ir junto dele.

Durante a viagem eles têm a oportunidade de se conhecer melhor, trocam confidencias e claro, rola algo a mais entre eles, e vou falar eles tem um fôlego que é de dar inveja. As cenas entre eles são muito bem escritas, intensas, de arrepiar. Durante essa viagem de longos três dias muitas coisas vão acontecer. O comportamento forte da Jenna atrapalha algumas coisas, mas nada que o amor não resolva.

O livro é narrado em primeira e terceira pessoa. A Susan escreve muito bem, e o livro apesar de ser mais voltado pro erótico tem várias cenas engraçadas que te divertem muito. Um ótimo livro, como toda a série. Indico a todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é de extrema importância.
Sinta-se a vontade para deixar sua sugestão, crítica, dúvida, opinião, etc.
Mas lembre-se, seja educado com seus comentários e dispense palavras de baixo calão, pornografias e qualquer outro tipo de preconceito.
Deixe o link do seu blog ou qualquer outro tipo de contato para que eu possa retribuir sua visita.

Obrigada pela visita, volte sempre que puder.
Beijos!

Fonte: http://princesa-descolada-myla.blogspot.com/2013/03/paginacao-numerada.html#ixzz2j39CpByO