Resenha: Linhagens - Eleonor Hertzog


  • Editora: Letra Impressa
  • Páginas: 700
  • Nota: 
  • Skoob
  • Resenha do Cisne

E se você descobrisse que a Terra guarda grandes segredos? E se esses segredos fossem poderosos o suficiente para modificar o rumo de nossas vidas? Laços se estreitam, conflitos irrompem. Erros foram cometidos e o tempo está acabando. Nada é o que parece ser. Segredos emergem de Casas e Linhagens. Peggy corre grandes riscos e as consequências das próximas decisões podem colocar tudo em jogo. Os Melbourne mais uma vez terão que provar sua capacidade de resolver problemas. As consequências de cada decisão afetarão o Universo inteiro. Caberá apenas a Uma geração... Todas as decisões!


Linhagens é continuação de Cisne, portanto esta resenha pode conter pequenos Spoilers, leia a resenha do primeiro livro.

Ao ler Linhagens pude perceber que Cisne é uma grande apresentação do que podemos esperar do segundo livro, que veio com todo vapor, cheio de emoção e aventuras da primeira a última página, em Cisne eu já fiquei fascinada com os acontecimentos, os personagens e tudo que cercava esse maravilhoso mundo, mas sua continuação veio definitivamente para arrebatar nossos corações. Por serem livros grossos, acabamos esquecendo uma ou outra parte, mas não se preocupe a Eleonor pensando nisso nos relembra sempre que um acontecimento é super importante para o decorrer da história.

Outra coisa que acima de tudo fascina nós leitores é que Eleonor faz uma mistura de vários gêneros, a maior parte da leitura é inquietante, mas existem também partes divertidas, que emocionam. Os personagens são mais explorados em Linhagens, conhecemos a fundo suas reais intenções, seus sentimentos. E aqueles personagens que amamos no primeiro livro, podemos odiar no segundo e assim por diante.

Ainda falando dos personagens, eles têm uma personalidade que me lembrou a facção abnegação de Divergente, eles estão sempre pensando mais nos outros do que neles mesmos, abrindo mão de coisas que querem por um bem maior, por assim dizer. E se você parar para pensar, isso é muito bonito. Mas, confesso que é preciso ser muito altruísta para fazer coisas do tipo. Como diria divergente “Eu vou ser minha perdição, se eu me tornar minha obsessão”. Lembrando que Divergente não tem nada a ver com Cisne, é apenas uma colocação sobre o comportamento dos personagens.

A história é a seguinte, o Cisne estava navegando nas proximidades do mar negro, quando Peggy começa a ter uma espécie de premonição, uma sensação ruim vindo de uma ilha para onde o Cisne se dirigia. Nas proximidades houve um ataque, um mistério que vitimou centenas de focas. O pior de tudo é que esse ataque não deixou nenhum rastro que pode ter ocorrido. Mas, um ataque nessa grandeza pode mudar completamente os planos dos Melbourne.

Peggy ganha um super destaque em Linhagens, conhecemos a fundo toda a sua história, desde antes de ser uma Melbourne. A sua ligação com Peter entre outras coisas extremamente importantes para o desenvolver da história. Eleonar é fabulosa, a sua criatividade chega a me espantar, me peguei falando: “Cara, como ela conseguiu pensar nisso?” várias vezes.

Além de mistérios envolvendo a nossa querida Peggy também somos apresentados a diversos novos mundos. Acontece que Peggy - estou com medo de falar demais – é o ponto alvo de toda a história, sua vida está em perigo, na verdade há questionamentos se realmente vale a pena que ela continue viva. A evolução dos personagens é fabulosa, e acima de tudo, Eleonor beira a genialidade, a forma como ela nos instiga, nos leva a querer desesperadamente a ler é fabuloso.

Juro para vocês que não tenho palavras para expressar o quão fabuloso é o livro, escrito de maneira fluida e com um toque maravilhoso de aventura, que nos tira o fôlego e nos deixa completamente extasiados. Várias pessoas haviam dito que Linhagem era melhor que Cisne e sem dúvidas, Eleonor consegue se superar a cada página. O final é fabuloso, QUEREMOS MAIS!!

Bom, não tem como eu falar muito. Vocês precisam ler e surpreender, afinal Linhagens é o típico livro imprevisível, você não tem IDEIA do que pode acontecer ao virar uma página. E é essa essência que vale mais a pena, a curiosidade aguçada a cada palavra. E apesar de ser um livro grosso, não conseguimos parar de ler, mas devo ressaltar que não é aquele tipo de livro que conseguimos ler em algumas horas, pois precisamos estar atentos a tudo, pois cada detalhe irá fazer a diferença. Tudo está interligado, não deixe nada passar despercebido, fazendo isso você absorverá o máximo da história e da criatividade sem limites da autora.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é de extrema importância.
Sinta-se a vontade para deixar sua sugestão, crítica, dúvida, opinião, etc.
Mas lembre-se, seja educado com seus comentários e dispense palavras de baixo calão, pornografias e qualquer outro tipo de preconceito.
Deixe o link do seu blog ou qualquer outro tipo de contato para que eu possa retribuir sua visita.

Obrigada pela visita, volte sempre que puder.
Beijos!

Fonte: http://princesa-descolada-myla.blogspot.com/2013/03/paginacao-numerada.html#ixzz2j39CpByO