Ler virou modinha?



Oi gente, hoje estou aqui para conversar e saber a opinião de vocês a respeito de algo que eu venho visto MUITO rodando e repercutindo por ai. "Ler virou modinha", "Fulano nem lê, só está entusiasmado com A Culpa é das Estrelas", "Só começou a ler porque virou moda esse livro", “Aí! só vai ler, pois o filme vai sair mês que vem” e por ai vai. 

Ler virou uma farofa e um alvoroço tremendo no mundo literário. Muitas pessoas criticando outras por estarem lendo A Culpa é das Estrelas – ou qualquer outro livro que ficou famoso de repente, muitos dizendo que tal pessoa nem leu, quer apenas aparecer e pagar de Cult.

Obvio que cada caso é um caso, existem sim pessoas que está na cara que não estão lendo, que estão usando tal livro para chamar a atenção nas redes sociais, principalmente no instagram. Agora sair ai julgando todos que leram ACEDE (Sim já falei muitas vezes sobre ele, mas digamos que é o pivô da causa) é outra bem diferente. Digamos que uma pessoa tenha iniciado sua vida literária com esse livro. O que tem de mais nisso? É proibido iniciar uma vida literária com um livro mais popular, com uma narrativa mais fácil? As vezes a repercussão que tal livro teve, chamou a atenção daquela pessoa que nunca quis ler, que nunca se sentiu atraído por nada. É exatamente isso que nós os blogueiros fazemos, resenhamos, comentamos e tentamos chamar a atenção para determinado livro. Então, estaremos errados?

Não estou defendendo esse povo que usa os livros para aparecer – aqueles que a gente já conhece e sabe que não lêem nada. Estou defendendo o direito que todos temos de ler o que bem entendemos. E fico imensamente feliz, de verdade, por existirem pessoas que começaram a ler por causa de ACEDE ou seja lá por qual livro.

Acontece que nos dias de hoje dizer que algo virou modinha, já virou modinha. Algumas pessoas para elevarem seus egos e se sentirem melhores que as outras, saem apontando seus dedinhos e dizendo: “Poser”, “Modinha”, “Não leu”, “Quer pagar de Cult”... Então esse povo que sai por ai dizendo que algo virou modinha, não estão fazendo nada mais que estar dentro da sua própria modinha de dizer que tudo virou modinha – ufa.

Então, vamos parar de julgar fulano por estar lendo ACEDE, Cinquenta Tons de Cinza, A série dos Sullivans, Toda Sua, Harry Potter, Percy Jackson, Crepúsculo, entre outros. Se essa pessoa começou a ler por causa do BOW que o livro fez, pois bem! Estamos no caminho certo, independente do livro - Clássicos, Ficção, Romance, Poesia... Criar o habito da leitura é o essencial... Quanto mais gente ler, melhor o mundo será.

Quero saber a opinião de vocês. Vocês acham que ler virou modinha mesmo?

Resenha: Colin Fischer - Ashley Edward Miller, Zack Stentz


  • Editora: Novo Conceito
  • Páginas: 176
  • Nota: 
  • Skoob

Resolvendo o crime. Uma expressão facial por vez. O ano letivo de Colin Fischer acabou de começar. Ele tem cartões de memorização com expressões faciais legendadas, um desconcertante conhecimento sobre genética e cinema clássico e um caderno surrado e cheio de orelhas, que usa para registrar suas experiências com a MUITO INTERESSANTE população local. Quando um revólver dispara na cantina, interrompendo a festinha de aniversário de uma das garotas, Colin é o único que pode investigar o caso. Está em suas mãos provar que não foi Wayne Connelly, justamente aquele que mais o atormenta, que trouxe a arma para a escola. Afinal de contas, a arma estava suja de glacê, e Wayne não estava com os dedos sujos de glacê…


Colin tem Síndrome de Asperger... “é um transtorno do espectro autista, diferencia-se do autismo clássico pelo portador ter fala compreensível”... “A SA é mais comum no sexo masculino. Quando adultos muitos podem viver de forma comum, como qualquer outra pessoa, entretanto, além de suas qualidades, sempre enfrentarão certas dificuldades peculiares à sua condição. Há indivíduos com Asperger que se tornaram professores universitários (como Vernon Smith,Prémio de Ciências Económicas em Memória de Alfred Nobel de 2002).”

Algumas características dos portadores da síndrome são:
- Dificuldade de interação social; Durante o livro percebemos nitidamente que os autores ligaram a condição do Colin com essa característica, pois o mesmo tem MUITA dificuldade de interagir socialmente.

- Dificuldades em processar e expressar emoções (este problema leva a que as outras pessoas se afastem por pensarem que o indivíduo não sente empatia); Colin anda com cartões contendo expressões faciais legendadas para que ele consiga processar melhor as emoções das pessoas ao seu redor.

"Interpretação muito literal da linguagem, dificuldade com mudanças em sua rotina, pessoas desconhecidas, ou que não veem há muito tempo, comportamentos estereotipados. No entanto, isso pode ser conciliado com desenvolvimento cognitivo normal ou alto.”

Bom, li um pouco sobre a síndrome antes de começar o livro, não posso dizer que sou expert no assunto, mas pelo pouco que li, pude ver que os autores conseguiram expressar muito bem as condições dos portadores, como vocês puderam checar um pouco acima.

Colin tem 14 anos, odeia azul, anda com alguns cartões com legenda para identificar expressões faciais e ODEIA ser tocado. Os autores conseguiram juntar tudo e fazer com que algumas cenas se tornem bastantes engraçadas por estarem em momentos tão incomuns. O engraçado dessas "restrições", foi a sacada fabulosa de colocar todos esses aspectos na própria capa.

A história gira em torno do nosso querido Colin dando uma de detetive. Durante o aniversário de Melissa um tiro foi dado na cantina da sua escola. E o principal suspeito é Wayne, mas Colin tem certeza da sua inocência e parte em uma jornada para tentar provar que Wayne não é o culpado. Toda essa força de vontade de Colin em provar que Wayne é inocente me deixou emocionada, afinal eles não são amigos, muito pelo contrário o garoto que tem o dobro do seu amanho e sua força sempre perseguiu Colin, sabe aqueles que ficam praticando Bullying com os mais fracos? Então.

E mesmo com as diferenças ele resolve investigar a favor do seu “arqui-inimigo”. 

O enredo é muito envolvente, bem escrito e tem várias tiradas engraçadas que abordam a síndrome de uma maneira mais suave, mostrando que os portadores podem sim ter uma vida normal. Suave e marcante, assim que eu caracterizaria esse livro.

*Alguns trechos sobre Asperger foram retirados do Wikipedia.

Dicas do Fim de Semana #5 - Vamos Comprar.

Oi gente, tudo bom? Nesse fim de semana resolvi fazer um post com todas as boas promoções que estão rolando de livros \o/ vamos conferir? Preparem os cartões.

Corre um monte de livros a partir de R$: 4,90. Isso mesmo, menos de cinco reais, entre eles tem A coleção do Guia do Mochileiro das Galáxias por R$: 4,90 cada. A Estrada da Noite por apenas R$: 8,91. Alguns do Dan Brown por R$: 9,90, coleção Imortais, Hush Hush, Alguns romances como P.S. Eu te amo e Para Sempre... Enfim, tem bastante coisa legal, é só ter paciência e garimpar bem. Confira tudo CLICANDO AQUI.

Também tem a parte dos livros um pouco mais caros, e ainda sim estão com um bom preço. Como por exemplo as edições de capa branca do Harry Potter por 15 reais cada. The Walking Dead, Nicholas Sparks, Cinquenta Tons de Cinza, O Oceano no fim do caminho e um MONTE mais. CLIQUE AQUI e confira.

E agora temos algumas coleções que giram em torno dos 30 reais, como box de Diários do Vampiro por R$ 26,91, alguns livros do John Green por 20 reais, Desastre Iminente por apenas R$ 19,92, Insurgente, Assassin's Creed, Diário de um banana, entre outros. CONFIRA.

Quem quiser ficar sempre por dentro das ofertas de livros é só participar do meu grupo com a querida Fran do blog The Serial Reader. Para participar é só clicar: Ofertas de Livros.

Lembrando que esse post não foi patrocinado pelo Submarino.
Grata!
Boas compras! Lembrem-se: Estante cheia, bolso vazio e coração feliz. 


Lançamentos de Abril - Editora Arqueiro, Sextante e Saída de Emergência

Tem muita coisa boa por ai, vamos conferir?













Vocês podem também fazer o download do pdf completo com todas as informações sobre os lançamentos clicando aqui.

PS: Eu não estava conseguindo fazer os prints, por isso peguei todas as imagens no blog Amores e Livros ;)

Lançamentos de Abril - Galera Record

 

Sinopse:
Para Olivia Larsen, nada poderia mudar o fato de que sua irmã gêmea, Violet, se foi. Até que um misterioso vestido de festa é deixado à sua porta, e ele é capaz de lhe conceder um único desejo. A única coisa que Olivia quer é ter a irmã de volta. Agora, as garotas têm uma nova chance de viver tudo o que sempre sonharam. De quebra, descobrem que existem mais dois vestidos com o mesmo poder, ou seja, mais dois desejos novinhos em folha! Mas mágica não pode resolver tudo e Olivia precisa confrontar os fantasmas de seu passado para aprender a rir, amar e viver novamente.


Sinopse:
Tyrael, agora um ex-arcanjo mortal, parte em uma tarefa impossível: roubar a Pedra Negra das Almas do coração da cidade prateada. Para isso, junta um grupo de guerreiros improvável e reforja a aliança com os Horadrim. Entre os escolhidos estão um guardião da lâmina El’druim, uma feiticieira, um monge de Ivgorod e um misterioso necromante. Deles depende não apenas o futuro de Santuário, como o destino da humanidade e o Equilíbrio entre Trevas e Luz. Conseguirão completar sua missão antes que o Paraíso Celestial se perca para sempre?


Sinopse:
É janeiro, os alunos estão de volta às aulas, e logo chegam as surpresas: alunos novos. Mais que isso, um reitor novo, o Dr. Dresden e seus dois filhos. Isaac e Isla Dresden são a nova sensação do campus, e toda a escola está fervilhando de fofocas. Trabalhos, grupos, intrigas e festas irão fazer o ano ferver. Tudo pode acontecer. Um dos motivos que tornam as séries It Girl e Gossip Girl tão reais é que sua autora, Cecily von Ziegesar, foi criada na alta-roda nova-iorquina e aluna de um dos colégios mais chiques da cidade, convivendo com pessoas tão requintadas, elegantes, fúteis e divertidas como os personagens que criou.


Sinopse:
Em Montauban de 1748, nasce Marie Gouze, criada sob as convenções da França setecentista. Aos 18 anos, mãe e viúva, se vê livre para expressar suas ideias e adota o pseudônimo Olympe de Gouges. Anos depois se muda para Paris, onde participará ativamente da vida política e cultural. Fiel leitora de Rousseau, inspiradas pelas ideias libertárias da França pré-revolucionária, Olympe se dedica intensamente à escrita – atividade que levaria até os últimos dias de sua vida e que a causaria muitos problemas. Conquistou inimizades e escandalizou os mais conservadores, porém jamais deixou de defender seus ideais libertários. Em 1791, redigiu a Declaração dos direitos da mulher e da cidadã, reivindicando a igualdade entre os sexos e o direito ao voto. Com muita beleza, esta graphic novel conta a trajetória de uma mulher que carimbou seu nome na história da Revolução Francesa. Dos consagrados quadrinistas José-Louis Bocquet e Catel Muller, a HQ retrata através de belos traços os incríveis cenários e personalidades da França do século XVIII. • José-Louis Bocquet e Cat Muller são autores da graphic novel Kiki de Montparnasse, também publicada pela Editora Record e vencedora do Grand Prix RTL de Comic Strip e do Essentiel Fnac-SNCF (Angoulême 2008).


Sinopse:
Belly sempre esteve dividida entre os Fisher. Mas isso parecia ter ficado no passado. Assim como os incríveis dias de verão na casa de praia em Cousins Beach. Conrad, seu primeiro amor, se tornou apenas uma recordação. Agora, era Jeremiah quem ela amava, era com ele que Belly imaginava o futuro. Eles resolvem se casar e passar o resto da vida juntos, mesmo que para isso precisem enfrentar as famílias, que desde o início são contra essa decisão. Mas quando Belly retorna à casa de praia e reencontra Conrad, antigos sentimentos vêm à tona. Com o dia do casamento se aproximando, as incertezas só aumentam. Seria possível voltar atrás? Ou melhor, seria o certo a fazer? Mais uma vez ela está na casa de praia, dividida entre os dois únicos meninos que já amou. Neste último volume da série O verão que mudou minha vida, Belly está mais madura e se vê diante de uma importante decisão que mudará sua vida e a dos Fisher para sempre.

Sinopse:


Desde a terrível guerra nuclear que assolou a Terra, a humanidade passou a viver em espaçonaves a milhares de quilômetros de seu planeta natal. Mas com uma população em crescimento e recursos se tornando escassos, governantes sabem que devem encontrar uma solução. Cem delinquentes juvenis — considerados gastos inúteis para a sociedade restrita — serão mandados em uma missão extremamente perigosa: recolonizar a Terra. Essa poderá ser a segunda chance da vida deles... ou uma missão suicida.

Lançamentos de Abril - Novo Conceito


Sinopse:
Alyssa Gardner ouve os pensamentos das plantas e animais. Por enquanto ela consegue esconder as alucinações, mas já conhece o seu destino: terminará num sanatório como sua mãe. A insanidade faz parte da família desde que a sua tataravó, Alice Liddell, falava a Lewis Carroll sobre os seus estranhos sonhos, inspirando-o a escrever o clássico Alice no País das Maravilhas. Mas talvez ela não seja louca. E talvez as histórias de Carroll não sejam tão fantasiosas quanto possam parecer. Para quebrar a maldição da loucura na família, Alyssa precisa entrar na toca do coelho e consertar alguns erros cometidos no País das Maravilhas, um lugar repleto de seres estranhos com intenções não reveladas. Alyssa leva consigo o seu amigo da vida real – o superprotetor Jeb –, mas, assim que a jornada começa, ela se vê dividida entre a sensatez deste e a magia perigosa e encantadora de Morfeu, o seu guia no País das Maravilhas. Ninguém é o que parece no País das Maravilhas. Nem mesmo Alyssa...


Sinopse:
“Nós ganhamos segundas chances todos os dias, mas geralmente não as aproveitamos. E então eu conheci o Bob.” James Bowen é um músico sem-teto que se apresenta nas ruas de Londres para sobreviver. A partir do momento em que ele encontra um gato de rua machucado, com o pelo cor de laranja e grandes olhos verdes, sua vida começa a mudar. Juntos, James e Bob enfrentam o mundo – e vencem. Uma história verdadeira sobre amor e amizade que vai fazer você sorrir muito.


Sinopse:
RESOLVENDO O CRIME. UMA EXPRESSÃO FACIAL POR VEZ. O ano letivo de COLIN FISCHER acabou de começar. Ele tem cartões de memorização com expressões faciais legendadas, um desconcertante conhecimento sobre genética e cinema clássico e um caderno surrado e cheio de orelhas, que usa para registrar suas experiências com a MUITO INTERESSANTE população local. Quando um revólver dispara na cantina, interrompendo a festinha de aniversário de uma das garotas, Colin é o único que pode investigar o caso. Está em suas mãos provar que não foi Wayne Connelly, justamente aquele que mais o atormenta, que trouxe a arma para a escola. Afinal de contas, a arma estava suja de glacê, e Wayne não estava com os dedos sujos de glacê


Sinopse:
Rachel acabou de romper um noivado e está decidindo o que vai fazer da vida. Quando ela se encontra casualmente com Ben, um amigo dos tempos da faculdade, seu coração balança. Na época não rolou, mas agora ele parece tão mais interessante... O problema é que Ben está casado, “fora do mercado”, como se costuma dizer. Ok, hora de partir para outra. Rachel não é nenhuma mocinha ingênua, dessas que se deixam levar pela emoção. O fato de Ben ser lindo, educado, engraçado, nobre e fiel não é suficiente para tirar Rachel do seu eixo. Claro que não. Na verdade, ele é O Companheiro Perfeito. Pena que seja tão fiel! Apaixonar-se pelo melhor amigo é o sentimento mais gostoso do mundo, mas também é assustador.


Sinopse:
Um rapaz conhece uma menina e a menina se apaixona pelo rapaz – até aí, nenhuma novidade. Mas, com Sienna e Nick, as coisas não acontecem do jeito que costumam acontecer nas histórias de amor. Tudo bem que ela o achou superparecido com o Jake Gyllenhaal, seu ator preferido. E ele teve o maior frio na barriga quando viu aqueles lindos olhos azuis-escuros no metrô. Nada disso importa quando a gente está fechado para balanço. Ela é frágil... Tem tantos segredos. E ele não está a fim de nada sério. Engraçada e ao mesmo tempo triste, esta é a história de duas pessoas destinadas a não ficarem juntas... mesmo sendo a coisa que elas mais querem no mundo.


Sinopse:
Quando alguém que você ama morre, as pessoas perguntam como você está, mas não querem saber de verdade. Elas buscam a afirmação de que você está bem, de que você aprecia a preocupação delas, de que a vida continua. Em segredo, elas se perguntam quando a obrigação de perguntar terminará (depois de três meses, por sinal. Escrito ou não escrito, é esse o tempo que as pessoas levam para esquecer algo que você jamais esquecerá). As pessoas não querem saber que você jamais comerá bolo de aniversário de novo porque não quer apagar o sabor mágico de cobertura nos lábios beijados por ele. Que você acorda todos os dias se perguntando por que você está viva e ele não. Que na primeira tarde de suas férias de verdade você se senta diante do mar, o rosto quente sob o sol, desejando que ele lhe dê um sinal de que está tudo bem.

Sinopse:
Recém-casados, Holly e Tom se mudam para uma casa grande e confortável, onde ela espera esquecer de vez os fantasmas de sua infância problemática. O destino, contudo, lhe preparou uma surpresa, que se revela depois que Holly encontra um relógio lunar enterrado no jardim. O relógio oferece a imagem de um futuro que é ao mesmo tempo animador e preocupante: a visão de um lindo bebê nos braços de Tom... mas Holly, estranhamente, não aparece na visão. Em pânico diante da previsão, ela teme que um dia precise fazer uma escolha terrível: dar um filho ao marido, sacrificando sua própria vida... ou salvar-se e se esquecer para sempre da filha não nascida – a quem Holly já aprendeu a amar.


 Sinopse:
Se pudesse, Lucius aterrissaria em 1964 para ajudar Anabelle a realizar o grande sonho do seu falecido pai! De quebra, ajudaria a moça a enfrentar alguns problemas muito difíceis, entre eles resistir à violência do seu tio Lino. Claro que conhecer de perto os lindos olhos verdes que ele viu no retrato não seria nenhum sacrifício... Sem conseguir explicar o que está acontecendo, Lucius inicia uma intensa troca de correspondência com a antiga moradora da casa para onde se mudou. Uma relação que começa com desconfiança, passa pelo carinho e evolui para uma irresistível paixão – e para um pedido de socorro...


Sinopse:
Axi Moore é uma garota certinha, estudiosa, bem comportada e boa filha. Mas o que ela mais quer é fugir de tudo isso e deixar para trás as lembranças tristes de um lar despedaçado. A única pessoa em quem ela pode confiar é seu melhor amigo, Robinson. Ele é também o grande amor de sua vida, só que ainda não sabe disso. Quando Axi convida Robinson para fazer uma viagem pelo país, está quebrando as regras pela primeira vez. Uma jornada que parecia prometer apenas diversão e cumplicidade aos poucos transforma a vida dos dois jovens para sempre. De aventureiros, eles se tornam fugitivos. De amigos, se tornam namorados. Cada um deles, em silêncio, sabe que sua primeira viagem pode ser também a última, e Axi precisa aceitar que de certas coisas, como do destino, não há como fugir. Comovente e baseado na própria vida do autor, este livro mostra que, por mais puro e inocente que seja, o primeiro amor pode mudar o resto de nossas vidas.
Sinopse:
Todo mundo tem uma amiga que vive procurando defeito em todos os pretendentes. Um é alto demais, o outro é baixinho; um terceiro não é suficientemente bem-sucedido. E tem ainda aquele que é perfeito demais... A expectativa por uma boa companhia é tão grande que a cabeça da mulher se enche de dúvidas: “Ele é a pessoa certa para mim? Ele é O CARA!? Será que existe Príncipe Encantado? Pior ainda: será que fiquei esperando tanto que não reparei quando ele passou por mim?”. Talvez o homem que a sua amiga – ou você, mesmo que não admita – tanto espera não exista. E talvez você nunca tenha pensado nisso. Ninguém é perfeito. Todos têm defeitos — sim, inclusive as mulheres! Mas são justamente as pequenas diferenças que deixam tudo mais interessante.

Resenha: The Walking Dead - A Queda do Governador


  • Editora: Galera Record.
  • Autores: Robert Kirkman e Jay Bonansinga.
  • Páginas: 265
  • Nota: 
  • Skoob


Após conquistar milhões de fãs ao redor do mundo e vender mais de 200 mil exemplares apenas no Brasil, a franquia de zumbis mais celebrada da década está de volta. O terceiro - e último - livro, The Walking Dead: a Queda do Governador, promete contar em detalhes o destino desse que é o personagem mais controvertido em um mundo dominado por mortos-vivos. Com seu senso doentio e muito particular de justiça, ele força prisioneiros a lutarem contra zumbis em uma arena, para delírio dos moradores entediados.
No primeiro volume, A Ascensão do Governador, descobrimos como ele se tornou esse homem e qual a origem de suas atitudes extremas. Já no segundo, O Caminho Para Woodbury, acompanhamos suas interações com os moradores. E do que ele foi capaz para que a cidade murada fosse um local seguro no qual as pessoas pudessem viver em paz em meio ao apocalipse zumbi. E do que um grupo de humanos errantes é capaz para alcançar esse aparente paraíso.
The Walking Dead: a Queda do Governador dá continuação à história de ação e horror. Personagens icônicos das tirinhas que deram origem à série de TV, como Rick, Michonne e Glenn vão finalmente fazer sua estreia no palco do pesadelo zumbi. E fãs poderão vê-los sob uma nova e assustadora luz.


Terceiro volume da querida saga The Walking Dead, neste conhecemos mais pouco do nosso amado Governador, vamos saber o que acontece com ele. E, além disso, outros personagens marcantes da série vêm à tona, como Rick, Michonne e Glenn – sendo que Rick e Glenn tem participações rápidas. Nem preciso dizer que eu amei vê-los na perspectiva do livro.

Nesse livro ainda temos como cenário Woodbury e a história gira em torno do Governador e de Lilly Caul. Acho que quem leu os livros anteriores não deve ter se identificado com a Lilly, falta dois quilos de sal nessa personagem. Não transmite nenhum tipo de sentimento ao leitor. Já o Philip como sempre nos desperta mil sentimentos, desde amor e ódio. É sem dúvidas um dos mais cruéis, mais fabulosos e mais apaixonantes vilões. 

Eu sempre amei a Michonne, ela é uma personagem forte, marcante, guerreira. E nesse livro podemos torcer por ela. Quem assistiu a série sabe da treta com o Philip, né? Nesse livro tudo é apurado e multiplicado. Só de falar já tenho vontade de correr para reler esse livro. 

Qual será o fim de Philip? Eis a questão. Acho que vocês iram se surpreender – ou não. Mas vale a pena a leitura em si, leia sem se prender a série ou aos outros livros para poder aproveitar completamente o enredo. 

A narrativa é indiscutivelmente de tirar o fôlego, fatos sobre fatos fazem com que os leitores se amarrem no livro e não queiram mais parar de ler. A brutalidade dos acontecimentos faz com que o ar que nos cerca cheire a sangue e a zumbis - apesar de que esse livro contém menos "brutalidade" que os anteriores. Além de conhecermos aonde as pessoas chegam nessa luta pela sobrevivência, e claramente percebemos que ao chegar perto da morte os personagens mudam completamente sua percepção de vida – o que é obvio, porém maravilhoso de acompanhar. O lado psicológico é completamente posto a prova. 

Esse livro é indicado a todos que amam The Walking Dead, e para aqueles que não gostam da série também, nas páginas desse livro tudo é diferente e maravilhoso. Corre, vamos todos pegar uma carona com o Governador, com o destino a Woodbury. 


Resenha: A Filha do Louco - Megan Shepherd


  • Editora: Novo Conceito
  • Páginas: 416
  • Nota: 
  • Skoob

Juliet Moreau construiu sua vida em Londres trabalhando como arrumadeira - e tentando se esquecer do escândalo que arruinou sua reputação e a de sua mãe, afinal ninguém conseguira provar que seu pai, o Dr. Moreau, fora realmente o autor daquelas sinistras experiências envolvendo seres humanos e animais. De qualquer forma, seu pai e sua mãe estavam mortos agora, portanto, os boatos e as intrigas da sociedade londrina não poderiam mais afetá- la... Mas, então, ela descobre que o Dr. Moreau continua vivo, exilado em uma remota ilha tropical e, provavelmente, fazendo suas trágicas experiências. Acompanhada por Montgomery, o belo e jovem assistente do cirurgião, e Edward, um enigmático náufrago, Juliet viaja até a ilha para descobrir até onde são verdadeiras as acusações que apontam para sua família.

A filha do Louco é um livro inspirando no clássico “A Ilha do Dr. Moreau” um livro de ficção científica de H.G.Wells lançado originalmente em 1896. Conta a história do Dr. Moreau (Obvio) um médico obcecado em transformar animais em homens através de cirurgias. Praticando também a vivissecção – ato de dissecar um animal vivo.

Juliet Moreau é nossa protagonista, apesar de bastante nova ela já passou por muitas coisas, a que mais abalou sua família e sua vida foi o escândalo envolvendo o Dr. Moreau, seu pai. Depois da morte de sua mãe, aos 16 anos ela trabalha como faxineira na universidade de medicina onde seu pai trabalhava.

Mas, tudo muda quando de repente ela começou a ter pistas a cerca do paradeiro do Dr. Moreau, até então dado como morto. Essa “busca” acaba levando Juliet até o jovem – e bonito. Montgomery. Montgomery era criado da família Moreau, e atualmente está muito bem trajado e com boa aparência. Será que ele tem algo em comum com o sumiço do Dr. Moreau? Juliet parte em uma viagem bem longa com Montgomery, e durante a viagem eles acabam conhecendo o misterioso Edward Prince. O destino desses três? A ilha do Dr. Moreau.

Até esse ponto da leitura a narrativa estava agradável, mas sem grandes acontecimentos, ao chegar à ilha as coisas mudam e diversas situações bem inusitadas começam a acontecer. Surpreendente seria a palavra certa para esse livro. Quando comecei a leitura eu tinha certeza que iria gostar, mas foi mais que isso, é um livro fascinante.

Os personagens são bem trabalhados e as personalidades são bem fortes. Não há como não gostar deles. O livro tem um ar sombrio e misterioso desde a primeira página, Megan sabe como nos deixar curiosos e soube como criar um final digno de um primeiro livro para uma linda trilogia. Fiquei com um desespero danado, esperando por continuação, não vejo a hora de ler o seguinte.

A narrativa da Megan é intensa, em diversos momentos eu pude sentir o cheiro do formol, a dor dos animais, e na minha mente pairou a seguinte pergunta: Crueldade ou Genialidade? Leia e me responda seu ponto de vista.



Fonte: http://princesa-descolada-myla.blogspot.com/2013/03/paginacao-numerada.html#ixzz2j39CpByO