Resenha: A Filha do Louco - Megan Shepherd


  • Editora: Novo Conceito
  • Páginas: 416
  • Nota: 
  • Skoob

Juliet Moreau construiu sua vida em Londres trabalhando como arrumadeira - e tentando se esquecer do escândalo que arruinou sua reputação e a de sua mãe, afinal ninguém conseguira provar que seu pai, o Dr. Moreau, fora realmente o autor daquelas sinistras experiências envolvendo seres humanos e animais. De qualquer forma, seu pai e sua mãe estavam mortos agora, portanto, os boatos e as intrigas da sociedade londrina não poderiam mais afetá- la... Mas, então, ela descobre que o Dr. Moreau continua vivo, exilado em uma remota ilha tropical e, provavelmente, fazendo suas trágicas experiências. Acompanhada por Montgomery, o belo e jovem assistente do cirurgião, e Edward, um enigmático náufrago, Juliet viaja até a ilha para descobrir até onde são verdadeiras as acusações que apontam para sua família.

A filha do Louco é um livro inspirando no clássico “A Ilha do Dr. Moreau” um livro de ficção científica de H.G.Wells lançado originalmente em 1896. Conta a história do Dr. Moreau (Obvio) um médico obcecado em transformar animais em homens através de cirurgias. Praticando também a vivissecção – ato de dissecar um animal vivo.

Juliet Moreau é nossa protagonista, apesar de bastante nova ela já passou por muitas coisas, a que mais abalou sua família e sua vida foi o escândalo envolvendo o Dr. Moreau, seu pai. Depois da morte de sua mãe, aos 16 anos ela trabalha como faxineira na universidade de medicina onde seu pai trabalhava.

Mas, tudo muda quando de repente ela começou a ter pistas a cerca do paradeiro do Dr. Moreau, até então dado como morto. Essa “busca” acaba levando Juliet até o jovem – e bonito. Montgomery. Montgomery era criado da família Moreau, e atualmente está muito bem trajado e com boa aparência. Será que ele tem algo em comum com o sumiço do Dr. Moreau? Juliet parte em uma viagem bem longa com Montgomery, e durante a viagem eles acabam conhecendo o misterioso Edward Prince. O destino desses três? A ilha do Dr. Moreau.

Até esse ponto da leitura a narrativa estava agradável, mas sem grandes acontecimentos, ao chegar à ilha as coisas mudam e diversas situações bem inusitadas começam a acontecer. Surpreendente seria a palavra certa para esse livro. Quando comecei a leitura eu tinha certeza que iria gostar, mas foi mais que isso, é um livro fascinante.

Os personagens são bem trabalhados e as personalidades são bem fortes. Não há como não gostar deles. O livro tem um ar sombrio e misterioso desde a primeira página, Megan sabe como nos deixar curiosos e soube como criar um final digno de um primeiro livro para uma linda trilogia. Fiquei com um desespero danado, esperando por continuação, não vejo a hora de ler o seguinte.

A narrativa da Megan é intensa, em diversos momentos eu pude sentir o cheiro do formol, a dor dos animais, e na minha mente pairou a seguinte pergunta: Crueldade ou Genialidade? Leia e me responda seu ponto de vista.



4 comentários:

  1. Oi Kéziah!

    Estava curiosa para ler uma resenha desse livro, pois a capa me chamou muito a atenção, assim como o título. Gostei muito da premissa e desse mistério da ilha e dos experimentos. O único que me desanima é se tratar de mais uma trilogia. Adorei a resenha.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Keh sua linda! Achei o nome do livro muuuito diferente, o que me chamou a atenção. Essas coisas de experimentos me deixam com uma pulga atrás da orelha hehehehe! Deve ser muito interessante a leitura. Beijooos flor
    http://estoulendoo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Só a pergunta no final já me faria ler o livro! Mas, saber que os personagens são dotados de personalidades fortes e todo fascínio que este livro pode trazer me fez decidir que está será, sem dúvidas, uma de minhas próximas leituras!
    Muito boa a resenha!
    Beijos
    @PollyanaCampos
    entrelivrosepersonagens.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Kéziah!
    Já tinha vontade de ler Afilha do louco, mas a sua resenha me deixou muito mais curiosa, principalmente com essa pergunta no final! Não sabia que era inspirado em outro livro...
    Beijos
    http://sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Sua opinião é de extrema importância.
Sinta-se a vontade para deixar sua sugestão, crítica, dúvida, opinião, etc.
Mas lembre-se, seja educado com seus comentários e dispense palavras de baixo calão, pornografias e qualquer outro tipo de preconceito.
Deixe o link do seu blog ou qualquer outro tipo de contato para que eu possa retribuir sua visita.

Obrigada pela visita, volte sempre que puder.
Beijos!

Fonte: http://princesa-descolada-myla.blogspot.com/2013/03/paginacao-numerada.html#ixzz2j39CpByO