Resenha: Boneca de Ossos - Holly Black


  • Editora: Novo Conceito
  • Páginas: 224
  • Nota: 
  • Skoob

POPPY, ZACH E ALICE sempre foram amigos. E desde que se conhecem por gente eles brincam de faz de conta – uma fantasia que se passa num mundo onde existem piratas e ladrões, sereias e guerreiros. Reinando soberana sobre todos esses personagens malucos está a Grande Rainha, uma boneca chinesa feita de ossos que mora em uma cristaleira. Ela costuma jogar uma terrível maldição sobre as pessoas que a contrariam. Só que os três amigos já estão grandinhos, e agora o pai de Zach quer que ele largue o faz de conta e se interesse mais pelo basquete. Como o seu pai o deixa sem escolha, Zach abandona de vez a brincadeira, mas não conta o verdadeiro motivo para as meninas. Parece que a amizade deles acabou mesmo...


 Boneca de Ossos foi lançado pelo novo selo da editora Novo Conceito, chamado Irado. Este selo foca em um público alvo, crianças de 8 a 13 anos – se não me engano. Obvio que eu já passei dessa idade, mas o fato do livro ser destinado a esse público não significa que outras pessoas possam desfrutar de seu conteúdo, confesso que sou admiradora de livros infanto-juvenis. Portanto quando comecei a leitura de Boneca de Ossos eu tinha certeza absoluta que iria amar o livro, e adivinhem o que aconteceu? Eu realmente amei.

O livro conta a história de três amigos: Poppy, Zack e Alice. Estes amigos são crianças hiper criativas, que adoram brincar de faz de conta, inventando histórias mirabolantes envolvendo piratas, tesouros, sereias, feitiços, maldições e tudo mais. E que mente férteis esses três tem, é cada história... Durante suas brincadeiras, cada um recebia um personagem... Poppy era uma seria que tentava enfeitiçar a todos dentro do barco. Alice era a ladra mais danada de todas, Lady Jaye. E Zach o pirata William, capitão do barco que eles batizaram de “Perola de Netuno”. Como toda a história que se preze, as crianças inventaram também uma espécie de “vilã” chamada Grande Rainha. Esse papel era feito por uma antiga boneca de porcelana que a mãe de Poppy mantinha presa – pois a mesma acreditava que futuramente poderia vender a boneca por um bom preço – em uma cristaleira. Por mais que as crianças quisessem retirar a boneca de lá, a mãe de Poppy proibia, vai que alguma dessas crianças danifica esse “valioso” artefato?

Nem tudo são flores, e as crianças passam por diversas dificuldades no mundo real, com suas famílias, amigos, adolescência chegando e um monte de fatores que talvez impossibilitem que eles continuem suas grandes aventuras. E para fechar com chave de ouro, eles decidem se aventurar em uma última jornada. Depois que Poppy teve um sonho no mínimo intrigante, os três passam a procurar respostas. Poppy sonhara que a Grande Rainha era uma boneca feita de ossos, mas não quaisquer ossos, e sim restos mortais. E para que eles consigam realmente a paz, precisam encontrar o seu tumulo. Até ai tudo parece bem clichê. Mas se aventurar no desconhecido em busca de algo um pouco diferente os leva a diversas aventuras inimagináveis.

O livro tem aquele terror infantil, feito para deixar as crianças com aquela sensação gostosa de tensão. Essa é a verdade, o livro é todo sombrio e as ilustrações presentes fazem com que esse sentimento seja ainda mais exaltado. A narrativa de Holly nos remete aqueles filmes do Tim Burton, como “A Noiva Cadáver”, “Frankeweenie”... Aqueles filmes estranhos como “O Estranho mundo de Jack”, não diria que causam medo, mas que tem aquele ar mais “assustador”. Explorando um lado mais obscuro. E esse fator já faz com que o livro se torne bem melhor.

Aquelas pessoas que tiveram uma infância regada de tramas e travessuras vão se identificar muito com tudo que a Holly escreveu nestas páginas, em alguns momentos somos capazes de nos imaginar vivenciando aquilo que é narrado de maneira tão verdadeira, tão verdadeira que fica um pouco complicado voltar à realidade.

A narrativa é em terceira pessoa, e assim podemos conhecer melhor cada traço dos personagens, que, diga-se de passagem, estão bem construídos. Ao fechar o livro percebemos que Holly deixou uma mensagem bem legal para os jovens: Amadurecer e abandonar nossos sonhos e nossas vontades são coisas completamente distintas.

É um livro fabuloso, indico para todo mundo. Inclusive é uma boa pedida pra ler com seu filho. 

5 comentários:

  1. eu tbm adorei o livro, gosto de lit. infanto-juvenil e esse livro foi uma grata surpresa pra mim. ^^
    bjs
    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Kéziah estou doida pra ler esse livro, ele está ali na estante me esperando, pois a lista de livros pra ler está gigante, mas meu filho, o Isaías que tem 13 anos já o leu, assim que chegou aqui a caixa da NC ele o pegou e devorou, me disse que é bom demais, mas não quis me contar mais nada...rsrs
    Adoro esses infanto-juvenis, sempre me surpreendem.
    Amei sua resenha

    ResponderExcluir
  3. Oi Kéziah :)

    Esse livro será um dos próximos que irei ler, espero gostar bastante. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ola,
    Estou desenvolvendo meu tcc sobre blogs literários e o seu blog foi um dos selecionados para a pesquisa. Enviei um e-mail para o endereço do blog com o título: "Pesquisa: Blogs literários como ferramenta de mediação de leitura" explicando algumas coisas, assim que poder dá uma olhadinha lá.

    Obrigada e abraços!

    ResponderExcluir
  5. Oi Sedutora!
    Ai, eu AMEI "Boneca de Ossos". É um livro tão <333
    Não esperava gostar tanto da leitura. Mas fui envolvido completamente e concluí a leitura bem rapidinho.
    Fico feliz que tenhas gostado. Espero imensamente poder ler mais livros da autora. Na realidade, quero comprar uma série bem famosa dela. Mas só quero mesmo, porque falta-me dinheiro. ~ crying ~
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir

Sua opinião é de extrema importância.
Sinta-se a vontade para deixar sua sugestão, crítica, dúvida, opinião, etc.
Mas lembre-se, seja educado com seus comentários e dispense palavras de baixo calão, pornografias e qualquer outro tipo de preconceito.
Deixe o link do seu blog ou qualquer outro tipo de contato para que eu possa retribuir sua visita.

Obrigada pela visita, volte sempre que puder.
Beijos!

Fonte: http://princesa-descolada-myla.blogspot.com/2013/03/paginacao-numerada.html#ixzz2j39CpByO