Resenha: Desejos - Alexandra Bullen



Para Olivia Larsen, nada poderia mudar o fato de que sua irmã gêmea, Violet, se foi. Até que um misterioso vestido de festa é deixado à sua porta, e ele é capaz de lhe conceder um único desejo. A única coisa que Olivia quer é ter a irmã de volta. Agora, as garotas têm uma nova chance de viver tudo o que sempre sonharam. De quebra, descobrem que existem mais dois vestidos com o mesmo poder, ou seja, mais dois desejos novinhos em folha! Mas mágica não pode resolver tudo e Olivia precisa confrontar os fantasmas de seu passado para aprender a rir, amar e viver novamente.


Olivia Larsen, nossa protagonista de apenas 16 anos. Com o coração amargurado devido à morte de sua irmã gêmea, além de ter que suportar essa dor visceral, outras coisas estão acontecendo em sua vida, além das brigas e constantes de seus pais, ela não tem amigos com quem contar, e tudo parece estar perdido. Trazer pessoas que morreram de volta a vida parece ser algo inviável, certo? Não em Desejos. Após conhecer uma estranha dona de um ateliê, Olivia é presenteada com um lindo vestido, só que além de lindo, esse vestido é também mágico, realiza desejos... E a única coisa que Olivia quer do fundo de sua alma é ver Violet, sua irmã de volta.

Violet volta a história como o fantasma mais chato que você pode imaginar. Mandona, infantil, fútil e todas essas coisas que depreciam uma moça. Então a dupla de irmãs se torna juntas, as personagens mais sem graças da história da literatura.

Desde o inicio do livro percebemos que a intenção da autora é fazer com que os leitores se emocionem fortemente. Mas, em diversos momentos eu fiquei entediada com tanto “mimimi”. A protagonista é tão autopiedosa que deixa a leitura muito tediosa e sem graça. A autora quis forçar muito a barra em emocionar os leitores que o máximo que ela conseguiu foi nos deixar estressados. Eu não julgo a protagonista por sofrer pela morte da irmã, acontece que você sofrer é uma coisa, agora você querer transpassar a sua dor para que os outros – no caso os leitores – sintam pena, é outra completamente diferente.

E para piorar, temos um “romance” meia boca. Soren aparece para se tornar o príncipe da história – se bem, que ele está longe de ser um príncipe. E esse romance entre eles acaba se tornando tão mamão com açúcar que nada acrescendo.

A proposta da autora é ótima, Eu adoraria ler um livro desse jeito, mas que de certa forma fosse mais bem construído, com personagens mais marcantes, e com outro foco que não seja fazer com que tenhamos tanta, tanta, tanta dó da protagonista. 

O livro é focado ao público juvenil, portanto, pode ser que para pessoas mais jovens – estou bancando de velha – possam gostar mais dessa “releitura” mal feita de um conto de fadas moderno.

Dei três estrelas exclusivamente pelo fato da autora ter criado um final bonitinho e simples. Deu um sentido a mais ao livro, que na minha opinião não valeu muito a pena.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é de extrema importância.
Sinta-se a vontade para deixar sua sugestão, crítica, dúvida, opinião, etc.
Mas lembre-se, seja educado com seus comentários e dispense palavras de baixo calão, pornografias e qualquer outro tipo de preconceito.
Deixe o link do seu blog ou qualquer outro tipo de contato para que eu possa retribuir sua visita.

Obrigada pela visita, volte sempre que puder.
Beijos!

Fonte: http://princesa-descolada-myla.blogspot.com/2013/03/paginacao-numerada.html#ixzz2j39CpByO